Q

Previsão do tempo

19° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 18° C
19° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 19° C
18° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 20° C

Otimismo: um modo de vida!

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Todo o mundo enfrenta obstáculos e dificuldades, mas quando tentamos focar no lado bom das coisas, conseguimos ter mais clareza para resolver os nossos problemas. Pensar positivo não é ignorar os obstáculos e os problemas, é encarar as dificuldades de uma forma mais produtiva, conscientes de que situações negativas são passageiras e não duram para sempre.

Todo o mundo enfrenta obstáculos e dificuldades, mas quando tentamos focar no lado bom das coisas, conseguimos ter mais clareza para resolver os nossos problemas. Pensar positivo não é ignorar os obstáculos e os problemas, é encarar as dificuldades de uma forma mais produtiva, conscientes de que situações negativas são passageiras e não duram para sempre.

Não sei se é forma de estar na vida, não sei se existe uma predisposição para tal, mas a verdade é que sempre vi a vida com muito otimismo, sempre aprendi a ver o lado positivo das coisas.

Recorrendo ao “dilema do copo”, se ele é preenchido com água até a metade de sua capacidade, eu sou daqueles que responderá sempre está “meio cheio” e nunca que o copo está “meio vazio”.

Define-se otimismo como o estado de confiança relativamente ao futuro em geral ou ao futuro de uma coisa em particular. É tendência ou disposição geral para atender sobretudo ao lado positivo das coisas.

Filosoficamente, o otimismo é uma orientação caraterística do pensamento de Leibnizt, que pode ser resumida na afirmação de que, sendo o universo criado por Deus, nele se torna possível conciliar o máximo de bem e o mínimo de mal, o que faz dele “o melhor dos mundos possíveis”.

Mais tarde, William Godwin foi ainda mais longe que Leibnitz em seu otimismo, ao supor que a sociedade humana tenderia a alcançar um estado em que a razão viria a substituir todo o uso da força e da violência, a mente controlaria a matéria e a inteligência descobriria o segredo da imortalidade. Interessante…

Já no âmbito da psicologia, uma posição pessoal otimista é fortemente vinculada à autoestima, ao bem-estar psicológico e à saúde física e mental. Há estudos que relacionam o otimismo com o funcionamento do sistema imunológico e a resistência ao stress.

Mais recentemente, há uma tendência a associar otimismo e pensamento positivo, baseada na vulgarização da ideia de que a vontade (muitas vezes combinada com a ) pode superar qualquer dificuldade, o que está na origem de muitas religiões e de quase toda a literatura de autoajuda. Mas cuidado! O otimismo irrealista, assim como a autoconfiança excessiva, podem aumentar o comportamento violento e a expressão de raiva. Isto porque acreditar cegamente que tudo vai correr bem pode conduzir à frustração. Nem tudo tem que correr bem. As coisas podem correr mal e vão correr mal. Mas o segredo está no que correu mal, conseguir tirar algo de bom, nem que seja a aprendizagem para estarmos preparados no futuro.

Deixo algumas dicas que não sendo uma receita, podem dar uma ajuda:

Crie o hábito de refletir sobre as dificuldades que enfrentou no passado. O que aprendeu? Como estas experiências podem evitar que repita o mesmo erro no futuro? O que teria feito diferente, se tivesse uma nova oportunidade? Esta prática ajuda a exercitar a inteligência intuitiva, ao mesmo tempo que prepara a focar na busca por respostas sempre que surgir um obstáculo.      

Tente eliminar do seu vocabulário palavras como “sempre”, “nunca”, “não consigo” já que elas raramente refletem a realidade. Aproveite e use adjetivos mais otimistas. Quando alguém perguntar como está, em vez de dizer “bem”, diga “estou ótimo” (digo sempre isto e resulta).

Escute a sua intuição e fique atento a como se sente. Se não se sentir bem, respire fundo e mentalize imagens de tranquilidade como por exemplo o mar, uma floresta, o que faça sentir bem.

Um corpo saudável ajuda a gerar emoções e pensamentos felizes e o otimismo é uma consequência. Dormir mal, maus hábitos alimentares e pouca atividade física afetam diretamente na nossa energia. Priorize a saúde física, emocional e mental para abrir espaço para pensamentos mais equilibrados e positivos.

A gratidão está diretamente ligada à sensação de bem-estar e otimismo, com efeitos de longa duração. Todos os dias, escreva ou diga em voz alta duas a três coisas pelas quais sente gratidão, principalmente nos dias ruins.

Reconheça o que pode ou não controlar. Por exemplo: ficar desempregado é algo que não podemos controlar, mas começar a procurar um novo trabalho, assim como se manter saudável no processo, é algo que podemos fazer. E relembrar sempre que tudo é uma fase, passa. Comemore as pequenas vitórias do dia a dia, independentemente da distância que esteja o seu objetivo final. Pequenas vitórias são o caminho para o sucesso e sucesso gera otimismo. 

Cerque-se de pessoas positivas. Isso não quer dizer para se livrar de amigos e familiares mais pessimistas, mas sim ficar mais atento e se proteger diante de críticas e comentários negativos. Sempre que possível, cerque-se de pessoas que estão mais focadas na solução do que nos problemas e não nas que potencializam os mesmos.

Dê mais tempo a nutrir o seu espírito. Se gasta seu tempo a cuidar do seu corpo, o espírito também tem que ser nutrido. Leia mais, medite mais, tire um tempo do seu dia para relaxar e conectar-se com seu eu interior. Se souber fazer essa escuta ativa do que vai “dentro de si” verá que irá obter bons pensamentos, boas intuições que ajudarão a resolver os problemas do dia a dia.

Em forma de conclusão, não existe uma receita para ser otimista e encarar a vida de forma positiva. Até porque infelizmente vivemos num mundo onde o mal prevalece sobre o bem e por conseguinte temos de nos adaptar constantemente a esse ambiente. O segredo não está em ser perfeito, mas ser um pouco melhor em cada dia na certeza que nada dura para sempre e como tal todas as fases menos boas acabam por passar. Depois de passarem, refletir. Há sempre uma aprendizagem, uma estratégia que ficou, que vai permitir superar melhor numa próxima vez. Ser otimista é isto, encarar o futuro com um sorriso na certeza de um amanhã melhor, porque será melhor… mesmo que não seja o mundo, que seja eu!

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Crime contra o património de todos denuncia incapacidade de gestão da cousa pública

Mais um incêndio deflagrou no edifício dos pavilhões do Parque D. Carlos I, nas Caldas da Rainha. O edifício emblemático do apogeu da arquitetura de Berquó do século XIX, que nunca foi terminado, resiste perante a ameaça de abandono total e de insistência de vandalismo, na cara das entidades que o gerem e ninguém parece realmente se importar.

mariana calaca baptista

Quem destrói a nossa democracia

Um livro recente de Larry M. Bartels, Democracy Erodes from the Top: Leaders, Citizens and the Chalenge of Populism in Europe (Princeton), confirma que quem destrói a democracia são as elites e não o povo. Até porque, diz Bartels, o povo e a correlacionada vocação iliberal e antidemocrática é elucubração de especialistas. O óbvio ganha sempre outro peso quando é afirmado por um cientista político como este ilustre catedrático da Universidade Vanderbilt.

francisco martins da silva