Q

Previsão do tempo

24° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 18° C
24° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 19° C
24° C
  • Sunday 26° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 20° C

Reativar o setor do turismo através da educação e formação

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
É preciso reativar o setor do turismo! É tempo de ação e de aproveitar o esforço prospetivo e de pensamento estratégico desenvolvido na Estratégia Turismo 2027 (ET27).
Daniel Pinto Diretor da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste

É preciso reativar o setor do turismo! É tempo de ação e de aproveitar o esforço prospetivo e de pensamento estratégico desenvolvido na Estratégia Turismo 2027 (ET27).

O desenvolvimento económico, social e ambiental em todo o território, com a ambição de posicionar Portugal como um dos destinos turísticos mais competitivos e sustentáveis do mundo, só é possível com uma aposta clara, firme e decisiva nos caminhos da educação e da formação para o setor do turismo, valorizando as profissões e reconhecendo a existência de talento nas pessoas.

De entre os setores mais afetados pela pandemia de Covid-19, as atividades turísticas foram aquelas que sofreram impactos sem precedentes sendo, por isso, necessário reativar o Turismo e construir o futuro. A promoção de uma sociedade do conhecimento, com elevada qualificação de recursos humanos e inovação empresarial, é a chave do sucesso e o motor do desenvolvimento. Atrair, formar, qualificar, fidelizar! 

A sustentabilidade de um modelo de desenvolvimento turístico deve assentar em três níveis: económico, sociocultural e ambiental. Atente-se, por exemplo, a meta estabelecida na ET27 relativamente às qualificações e habilitações das pessoas que trabalham no turismo: duplicar o nível de habilitações do ensino secundário e pós-secundário de 30% para 60%. Volto a lembrar que o diagnóstico é claro: escassez de recursos humanos qualificados e necessidade de a formação atender mais às necessidades das empresas. É por tudo isto que considero que mais e melhor turismo passa, necessariamente, por mais e melhor formação profissional no setor.

A Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO), situada em Caldas da Rainha e Óbidos, integra a rede nacional de Escolas do Turismo de Portugal desde há 15 anos e afirma-se, desde a data da sua criação em 2006, como uma excelente opção ao nível da oferta formativa e, também, ao nível da sua organização global, tendo já atribuído certificação a cerca de 1.100 alunos desde o início da sua existência.

Com o objetivo de responder ativamente às necessidades expressas por alunos, profissionais e empresários, a oferta formativa da EHTO tem vindo a ser diversificada. Neste momento, oferece cursos de nível IV – dupla certificação profissional e académica para jovens com o 9.º ano concluído, de que são exemplo o curso de técnicas de cozinha/pastelaria, curso de técnicas de restaurante/bar e curso de técnicas de alojamento hoteleiro; mas também, cursos de nível V para quem tem o 12.º ano concluído: gestão de turismo, gestão de restauração e bebidas, gestão e produção de cozinha, gestão e produção de pastelaria.

Além destas opções, a escola apresenta uma oferta de cursos de formação contínua, alguns deles únicos a nível nacional, de que são exemplo o curso de padaria avançada, o curso de escanção – enologia e serviço de vinhos, o curso de turismo de saúde e bem-estar e o curso de turismo literário.

A nossa escola está empenhada em prosseguir a missão de dotar as empresas de hotelaria, restauração e turismo, independentes ou de cadeia, nacionais ou internacionais, com os melhores profissionais. De realçar que, para este propósito, é fundamental trabalhar com os melhores professores e formadores nas áreas técnicas e socio humanísticas e, também, com equipamentos e outros requisitos imperativos para uma formação técnica e profissional de qualidade, desenvolvendo metodologias pedagógicas criativas, mas também exigentes, procurando incutir o espírito de iniciativa, autonomia, grupo e inovação, fatores fundamentais para um correto desempenho profissional.

Quando olhamos o futuro, temos de perceber que o nosso melhor investimento está na educação e na formação.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Crime contra o património de todos denuncia incapacidade de gestão da cousa pública

Mais um incêndio deflagrou no edifício dos pavilhões do Parque D. Carlos I, nas Caldas da Rainha. O edifício emblemático do apogeu da arquitetura de Berquó do século XIX, que nunca foi terminado, resiste perante a ameaça de abandono total e de insistência de vandalismo, na cara das entidades que o gerem e ninguém parece realmente se importar.

mariana calaca baptista

Otimismo: um modo de vida!

Todo o mundo enfrenta obstáculos e dificuldades, mas quando tentamos focar no lado bom das coisas, conseguimos ter mais clareza para resolver os nossos problemas. Pensar positivo não é ignorar os obstáculos e os problemas, é encarar as dificuldades de uma forma mais produtiva, conscientes de que situações negativas são passageiras e não duram para sempre.

miguel