Q

Previsão do tempo

19° C
  • Friday 24° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 27° C
20° C
  • Friday 24° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 28° C
21° C
  • Friday 26° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 32° C

Discussão com facada após jogo de futebol vai a julgamento

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Um pedreiro de 35 anos vai responder em tribunal acusado de ter tentado matar um homem de 32 anos com um golpe de faca na sequência de uma discussão após um jogo do mundial de futebol que estavam a ver na televisão num café nas Caldas da Rainha.

A vítima ficou com ferimentos graves e correu perigo de vida.

Agressor e ofendido, ambos brasileiros, viam o jogo entre o Brasil e a Suíça, que estreava a seleção canarinha no campeonato de mundo que decorreu na Rússia e que terminou empatado a uma bola, na noite de 17 de junho do ano passado, quando os desacatos ocorreram.

Segundo a acusação deduzida pelo Ministério Público em exercício de funções no Departamento de Investigação e Ação Penal de Caldas da Rainha, ao arguido é imputada a perpetração, em autoria material, de um crime de homicídio qualificado, na forma tentada.

O Ministério Público descreve que pelas 21h27, no interior de um café situado na Rua Manuel Mafra, no Bairro da Ponte, os dois brasileiros envolveram-se em agressões físicas. O consumo excessivo de bebidas alcoólicas terá estado na origem da rixa.

Após terem sido separados por pessoas ali presentes, o mais novo retirou-se para o exterior e foi então surpreendido e perseguido pelo outro, que com uma faca de cozinha com quinze centímetros de lâmina que trazia escondida no cinto desferiu-lhe um golpe no tórax, tendo de imediato fugido.

A vítima só não morreu dada a rápida e eficiente intervenção de socorro prestada na unidade das Caldas da Rainha do Centro Hospitalar do Oeste, para onde foi transportada numa viatura particular. Os médicos conseguiram estancar o ferimento e o homem foi depois conduzido ao Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde foi operado.

O agressor, residente nas Caldas da Rainha, seria detido pela Polícia Judiciária de Leiria e presente às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório, encontrando-se a aguardar a realização de julgamento com a medida de coação de obrigação de permanência na habitação, com fiscalização através de vigilância eletrónica.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Cantor detido por suspeitas de crimes de cariz sexual tinha faltado a concerto nas Caldas

Não foi por faltar aos concertos marcados, como aconteceu em Laranjeira, nas Caldas da Rainha, no dia 13 de julho, que o cantor Miguel Bravo foi detido no passado sábado pela Polícia Judiciária, mas pelas suspeitas da prática de três crimes de abuso sexual de crianças e de três crimes de pornografia de menores agravados.

bravo

Carros alvo de vandalismo em parque de estacionamento

Cerca de duas dezenas de viaturas foram vandalizadas em dois dias da semana passada num parque de estacionamento público de Peniche, deixando os proprietários indignados e a exigirem que a Câmara instale um sistema de videovigilância e que a PSP intensifique os patrulhamentos.

vandalismo1

Ferido grave morreu no hospital

O homem que no passado dia 16 tinha sofrido ferimentos graves na sequência do despiste da scooter que conduzia junto à rotunda na Rua Leonel Sotto Mayor, na cidade das Caldas da Rainha, acabou por morrer no hospital.

morreu