Q

Previsão do tempo

16° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 21° C
17° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 21° C
17° C
  • Sunday 26° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 23° C

Jovens empreendedores recebem prémios

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Na 4ª Edição da Academia de Empreendedores da Região Oeste, uma iniciativa realizada entre a Associação Industrial da Região Oeste (AIRO) e a Câmara Municipal de Caldas da Rainha, os mais jovens viram os seus trabalhos premiados, mas faltou-lhes, além do prémio monetário, um incentivo mais impulsionador do que propriamente o dinheiro que ganham simbolicamente […]
Jovens empreendedores recebem prémios

Na 4ª Edição da Academia de Empreendedores da Região Oeste, uma iniciativa realizada entre a Associação Industrial da Região Oeste (AIRO) e a Câmara Municipal de Caldas da Rainha, os mais jovens viram os seus trabalhos premiados, mas faltou-lhes, além do prémio monetário, um incentivo mais impulsionador do que propriamente o dinheiro que ganham simbolicamente nesta iniciativa. Alguns pais presentes no auditório, apesar de não terem falado desta possibilidade para a plateia, concordam que o prémio deve ser uma percentagem do dinheiro que cada projecto pede para se iniciar ou um local onde estes projectos se pudessem desenvolver, tendo em conta que das ideias apresentadas, a sua totalidade ou a grande parte fica esquecida e não são aproveitadas pelos próprios. Esta ideia surge após as palavras de Luís Ribeiro, presidente da mesa da Assembleia Municipal das Caldas, que foi membro do júri e que aconselhou um grupo de jovens a registar a marca de perfume que criaram, sob pena de serem vítimas do oportunismo de algum empresário. No meio da plateia havia também empresários, tendo um deles desafiado um jovem a ir à sua empresa para discutir o seu projecto. Segundo a organização, a iniciativa tem tido um sucesso crescente e foi desenvolvida junto de oito escolas e divulgada a alunos dos 2º Ciclo, 3º Ciclo e Ensino Secundário, no ano lectivo 2009/2010. “É com enorme satisfação que recebemos planos de negócio de cerca de duas centenas de participantes, dos quais foram seleccionados para a final, treze projectos”. Esta iniciativa insere-se na Academia de Empreendedores da Região Oeste, onde se desenvolvem “O meu 1º Cêntimo” – 2º Ciclo, “O meu 1º Euro” – 3º Ciclo, “O meu 1º Milhão” – Ensino Secundário, sendo o objectivo a promoção de aeminários de estímulo ao empreendedorismo em estabelecimentos de ensino da região. O vencedor do prémio “O meu 1º Cêntimo” foi o projecto “Cintilante”, que foi elaborado por Carolina Santos, aluna do 5º A da EBI de Santa Catarina, que apresentou um candeeiro reciclável que fornece luzes de várias tonalidades com o objectivo de iluminar o quarto de bebés, acalmando-os. O segundo classificado foi o projecto “CostAlmeidaeSantos, lda”, de Miguel Felizardo, António Costa e Diogo Santos, alunos da EBI de Santa Catarina do 5º C, que apresentaram Eco pontos com sistema de trituração e condutas de ligação a centrais de reciclagem. O terceiro classificado foi o projecto “Pantufas Relaxantes”, concebido por Ana Carolina Rocha, Joana Isabel Gomes e Pedro Félix, alunos do 5º C do Colégio Rainha Dona Leonor, com pantufas que servem para relaxar os pés, possuindo um sensor que quando activado por um comando começa a massajar os pés dos utilizadores.  Em quarto lugar ficaram os projectos “Carro Solar – Solcar” e “M&B”. O primeiro projecto, de um aluno do 5º A da EBI de Santa Catarina, foi concebido por Miguel Caetano, que idealizou um carro que funciona a energia solar, com a particularidade de ter um GPS que permite introduzir as coordenadas do local de destino e um sensor que detecta a proximidade de outros veículos ou obstáculos evitando uma colisão. A viatura tem navegação automática, não necessitando de condutor. O outro projecto, realizado por Beatriz Barros e Mariana Rebelo, do 6º A da EBI de Santa Catarina, consiste num dossier com vários compartimentos para guardar material escolar, servindo de mochila composta por alças almofadadas. Os vencedores do programa “O meu 1º Euro”, foram os projectos “Ginásio Eco-eficiente”, seguido dos projectos “CAFER” e “Poupe Água”. Em terceiro lugar ficaram dois projectos – “Renascer” e “Eco-Flame, lda”. O vencedor foi o aluno Pedro Santos, do 8º C do Colégio Frei Cristóvão, que no negócio “Ginásio Eco-eficiente”, destaca-se pela adaptação de um gerador de energia através da utilização dos equipamentos existentes no mesmo. A ideia é conceber um ginásio eficiente que permita a incorporação de um sistema que capte a energia transferida pelos equipamentos e a transforme em energia útil para o próprio edifício. O “CAFER”, concebido por José Cunha, aluno do 9º C da Escola Secundária Raul Proença, pretende realizar a recolha de borras de café, que normalmente são lixo residual em estabelecimentos comerciais tais como pastelarias/restaurantes/bares, etc. As borras de café seriam utilizadas na produção de fertilizantes (elevadas quantidades de nitrogénio e potássio) e repelentes biológicos (a cafeína repele algumas pragas). O projecto “Poupe Água”, das alunas Samanta Correia e Ana Inácio, do 7º E do Colégio Rainha D. Leonor, pretende criar um sistema em que não se desperdice água fria enquanto se aguarda a saída de água quente, quando abrimos uma torneira. Para poupar água criar-se-ia um depósito de armazenamento com um termómetro no ralo do equipamento a utilizar e, quando a água aquece a válvula da água fria, fecha-se, passando a sair só água quente. Os alunos Tiago Franco, Catarina Fernandes, Stephanie Bernardino e Luís Coito, do 7º da Escola Secundária Raul Proença, apresentaram “Renascer”, que é a criação de uma empresa de lazer, na Mata das Mestras (Carvalhal Benfeito e Santa Catarina), onde se poderão organizar passeios guiados a pé ou de bicicleta, visitas de estudo, acampamentos, entre outros, reabilitando assim os espaços verdes.  “Eco – Flame, Lda”, concebido por Pedro Beato e Danilo Medeiros, alunos do 7º D da Escola Secundária Raul Proença, quer produzir acendalhas ecológicas, compostas por óleo vegetal e detritos de cortes e desbastes de pinhais e eucaliptais. Os projectos a concurso para “O meu 1º Milhão” foram três – Classic Wave SurfCamp, SNIFF e Economicaixa, Lda. O vencedor foi o SNIFF, um negócio criado por Filipa Alexandra Jorge, Filipa Lages Paulo, Filipa Paulo Franco, Joana Pinho e Luís Ribeiro, alunos do 12º CT4 da Escola Secundária Raul Proença, que criaram e apresentaram uma fragrância emanada por cada cliente e a sua personalidade, procurando criar um perfume personalizado com o aroma ideal. A personalização não passa só pelo perfume em si mas também pela criação de frascos e do logótipo. Em segundo lugar ficaram os alunos do 10º – 1º TG, Jessica Vasco, Joana Alves, Marta Costa e Soraia Sousa, da Escola Técnica Empresarial do Oeste (ETEO), que criaram um recipiente de armazenamento de águas utilizadas. A base desse sistema é separar as águas do lavatório, banheira ou duche para posterior aproveitamento na descarga da sanita. Em terceiro lugar, John Robin Clark e Nuno Limão, do 10º – 1º G, da ETEO, apresentaram um Surf Camp ecológico com habitações em madeira, equipadas com painéis solares, equipamentos de surf e bodyboard, professores qualificados e transporte próprio para várias praias ao longo da costa portuguesa. Foram ainda atribuídos dois prémios às escolas ETEO e Colégio Frei Cristóvão, o primeiro por ser a escola mais criativa e a segunda por ser a mais empreendedora.   Carlos Barroso

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Condutor de motociclo morre em colisão com trator

Um homem de 63 anos morreu após a colisão entre o motociclo que conduzia e um trator na EN8, no cruzamento para o Casal Pardo, na freguesia de Alfeizerão, nesta sexta-feira, pelas 19h35.

estrada 1