Q

Previsão do tempo

18° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 26° C
18° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 27° C
19° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C

Voy vence quinta edição do Tourism Explorers

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A cidade das Caldas da Rainha foi palco pela primeira vez da Final Nacional do Tourism Explorers, que decorreu no passado dia 31 no Museu Leopoldo de Almeida.
Nove projetos turísticos de cinco cidades apresentaram as suas ideias de negócio nas Caldas

A cidade das Caldas da Rainha foi palco pela primeira vez da Final Nacional do Tourism Explorers, que decorreu no passado dia 31 no Museu Leopoldo de Almeida.

Depois da final local em cada uma das cinco cidades participantes (Porto, Coimbra, Caldas da Rainha, Lisboa e Faro), as nove melhores ideias de startups disputaram nas Caldas o título de “melhor startup de turismo”.

O projeto “Voy”, de Marcus Niemeyer e Pedro Savi, naturais do Brasil e residentes em Lisboa e Ourém, venceu a edição de 2022. O objetivo é ajudar os operadores turísticos e promotores de eventos a resolver a formação da procura de clientes para vendas dos seus bilhetes e a falta de entendimento do comportamento da cadeia de consumo, utilizando uma plataforma para ajudar a otimizar vendas e gerar inteligência de mercado, focando no comportamento dos consumidores.

Os projetos Quinze (Caldas da Rainha) e Embaixador (Porto) foram também distinguidos, ficando ambos em segundo lugar. Quinze, da designer caldense Joana Sousa, ajuda os turistas a resolver a dificuldade de conhecer a cidade das Caldas da Rainha, utilizando um conjunto de experiências únicas e uma coleção de produtos identitários portugueses.

A Embaixador – Hospitalidade Profissional, de Lia da Rocha Ferreira e de Inês Fonseca, ajuda empresas portuguesas a resolver a dificuldade e falta de tempo em receber de forma hospitaleira os seus parceiros de negócio, potenciais clientes e convidados especiais, utilizando o desenho e acompanhamento de estadias memoráveis.

Daniel Pinto, diretor da Escola de Hotelaria do Oeste, recordou que foram a Escolas do Turismo de Portugal as entidades que acolheram e dinamizaram o trabalho em parceria com a Fábrica de Startups.

Revelou que as doze Escolas de Turismo de Portugal iniciaram em 2019 um novo modelo de funcionamento com uma grande aposta no incentivo à inovação. “Com o apoio do know-how dos nossos professores esperamos contribuir para o surgimento no país de projetos e soluções inovadoras que transformem o setor do turismo”, apontou.

Conceição Henriques, vereadora da Câmara das Caldas, que fez parte do júri, destacou o facto da organização ter escolhido Caldas da Rainha para a final do programa de aceleração Tourism Explorers, referindo que é “uma cidade com um potencial turístico e também na área da cultura”.

António Lucena de Faria, fundador e diretor executivo da Fábrica de Startups, referiu que são precisos empreendedores para o futuro do país. Segundo este responsável, os nove projetos apresentados nas Caldas da Rainha “se os empreendedores quiserem são todas ideias de sucesso”. “Sucesso significa que são projetos que têm que ser sustentáveis. Têm que gerar mais do que custa para mantê-los a funcionar”, explicou, apelando aos participantes a “não desistirem e a terem persistência”, uma vez que “o turismo vai continuar a ser a atividade principal do país e temos ativos superiores que temos que saber aproveitar”.

O programa Tourism Explorers conta com o apoio do Turismo de Portugal.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Agrupamento Escolas São Martinho do Porto – António Salvador – 17,6 valores

António Salvador, do Agrupamento Escolas São Martinho do Porto, terminou o 12º ano com uma média de 17,6 valores. O jovem de 17 anos entrou na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, no curso de Direito. Apesar das aulas ainda não terem começado, está a “gostar bastante da receção”.

antonio escola sao martinho

Escola Secundária Josefa de Óbidos – Margarida Rebelo Almeida – 18 valores

Margarida Rebelo Almeida, de 17 anos, do 12.º ano do curso de Ciências e Tecnologias, foi a melhor aluna da Escola Secundária Josefa de Óbidos. Terminou o ensino secundário com média interna de 19,1 valores. Nos exames nacionais, obteve 18,0 valores no de Matemática A e 19,1 no de Física e Química A. 

margarida josefa dobidos

Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste – Fábio Romano – 18 valores

Fábio Romano, de 33 anos, aluno da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, do curso de Gestão e Produção de Cozinha, foi o melhor aluno com uma classificação de 18 valores (correspondendo aos dois primeiros semestres. Encontra-se a aguardar a nota de estágio curricular, que irá ainda integrar esta média).

img 6552 2 fabio romano