Q

Previsão do tempo

20° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 22° C
20° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 23° C
20° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 24° C
  • Wednesday 25° C

Greve Climática Estudantil pinta mural “Pela Ferrovia, a todo o Vapor”

Mariana Martinho

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os jovens da Greve Climática Estudantil Caldas da Rainha apresentam na próxima sexta-feira um mural na Avenida 1º de Maio, nº 31A, relativo à necessidade de requalificação da Linha do Oeste.
Os jovens a pintar o mural na Avenida 1º de Maio, nº 31A

Essa iniciativa, intitulada “Pela Ferrovia, a todo o Vapor!” conta com a colaboração da artista plástica Cláudia Pedro, que procurará fundir a arte de rua e a luta por “justiça climática”.

“Sabemos que os próximos anos são vitais para asseguramos a manutenção de condições para a vida humana. Mas tal só será possível se agirmos agora”, lê-se num comunicado da Greve Climática Estudantil Caldas da Rainha.

Igualmente refere que “a mobilidade sustentável é um eixo vital para resolver a crise climática. Temos menos de sete anos para cortar 50% das emissões globais de gases com efeito de estufa, de forma a não ultrapassar o limite indicado pela ciência como ponto de não retorno”.

“A nível de mobilidade, a ferrovia é a solução para tal e ela vem a todo o vapor trazer soluções do futuro para os problemas do presente”, sublinha o comunicado, adiantando que a ferrovia apresenta “inúmeros benefícios”, pois “contribui apenas em 1% para as emissões a nível de transportes mundiais, é mais eficiente a nível energético e não necessita de infraestruturas enormes responsáveis pela destruição de habitats e áreas verdes”.

Para além disto, “com o correto investimento, tornar-se-á o meio de transporte mais acessível a todas as pessoas, com mais paragens por viagem, garantindo novos postos de trabalho e contribuindo para a coesão social a nível regional, nacional e internacional”.

Contudo, o movimento apontou que “a nível local, há muita luta a fazer. É necessário que nós, como habitantes da zona do Oeste, exijamos soluções para os problemas que afetam a nossa comunidade e o planeta”.

Destacou ainda que “numa luta urgente por mobilidade sustentável, exigimos a requalificação imediata da Linha do Oeste. Sem mais atrasos, sem mais promessas vazias”.

Face a isso, “a partir do dia 23 de abril, a nossa cidade ficará marcada com esta exigência”. “Tornar os espaços públicos, por onde passamos todos os dias, locais de reflexão, empoderamento e espaço de palavra, é vital. Com este mural, queremos tornar permanente na nossa cidade a mensagem por uma transição energética justa”, justificam os elementos.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Quatro pessoas assistidas em acidente aparatoso

Um acidente envolvendo dois carros na Avenida Barata Feyo, junto ao hipermercado E.Leclerc, nas Caldas da Rainha, ocorreu neste domingo de manhã, levando quatro pessoas a serem assistidas pelas equipas pré-hospitalares dos bombeiros.

despiste1