Q

Previsão do tempo

9° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 12° C
10° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
9° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 13° C

Partidos com extrema vergonha e sem extrema vergonha

Alberto Campos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A propósito das eleições presidenciais temos assistido, sobretudo em alguns canais televisivos, a violentos ataques a alguns candidatos, bem como aos seus partidos.

Noto agora, pensando nesses ataques dirigidos à dita extrema esquerda assim como à dita extrema direita, que não serão suficientes as palavras ofensivas. É preciso demonstrar na prática, no terreno, essas acusações e consequentes ofensas, observando o que todos os partidos e seus políticos fizeram, fazem e permitem que seja feito ao longo das suas carreiras políticas.

Senão, veja-se: – nos tais ditos partidos de extrema direita e de extrema esquerda, por muito que me esforce, não consigo encontrar políticos que sejam arguidos em processos de corrupção, fuga ao fisco, branqueamento de capitais, tráfico de influências, etc.

Também nesses partidos não conheço políticos anteriormente ou agora detidos para cumprimento de penas de prisão efectivas. Porém, é precisamente nos outros partidos, que não os ditos de extrema esquerda e de extrema direita, que encontro com muita facilidade esses arguidos e esses detidos. E até um ex dirigente de um deles acusado de envolvimento num assassinato no Brasil, que em breve, suponho, poderá ser julgado.

Não sou, nem nunca serei defensor de qualquer político ou partido político, sejam eles de direita ou de esquerda, já que nunca tive partido político pela razão de, assim, me sentir completamente livre aquando das eleições, optando por votar naqueles que, em cada um desses momentos, considerar que melhor poderão satisfazer os objectivos que defendo.

Posto isto, julgo ter o direito de pensar que sempre que se falar de partidos de extrema esquerda ou de extrema direita, dever-se-á ter um extremo cuidado em não os catalogar levianamente como tal, face ao extremo respeito devido ao povo português que continua a sustentar uma extrema corrupção que tem contribuído para uma extrema pobreza de parte desse povo português.

E agora pergunto – se, face às circunstâncias apontadas, não seria preferível e mais lógico entender os partidos políticos portugueses como, simplesmente, partidos com extrema vergonha e partidos sem extrema vergonha?

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Mural homenageia a mulher da Nazaré

Está a nascer um novo mural dedicado à mulher nazarena e ao seu papel em diferentes áreas na sociedade local ao longo de décadas.

mural

Candidato do CDS em jornada agrícola

Na passada quarta-feira o candidato do CDS pelo distrito de Leiria, António Galvão Lucas, esteve no Bombarral, onde visitou a povoação de Pó para se inteirar das dificuldades dos produtores de bacelos, com quem conversou, seguindo-se uma visita a fruteiras da região também para saber da situação atual de produção e exportação da pérola do Bombarral, a pera rocha.

galvao

As mudanças na noite em 2022

De dia para dia, caminhamos para uma “morte lenta“ no setor da diversão noturna. A “abertura” que disponibilizaram a este setor não está a ser suficiente para capitalizar, salvar empregos, espaços, gestões e estruturas. É preciso apoio total do governo nacional,...