Q

Previsão do tempo

9° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 12° C
9° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
8° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 13° C

Teatro da Rainha com intensa atividade em dezembro

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Nos dias 3 e 4 de dezembro, às 19 horas, o Teatro da Rainha leva o “Discurso sobre o Filho da Puta”, de Alberto Pimenta, com Cibele Maçãs, Fábio Costa, Marta Taveira e Nuno Machado, e direção de Miguel Azguime e Fernando Mora Ramos, à sala do O’Culto/Miso Music Portugal, na Travessa das Zebras, paralela à Calçada da Ajuda, em Lisboa.
Espetáculo “Discurso sobre o Filho da Puta”

Nesses dois dias, pelas 21h30, o Teatro da Rainha acolhe na sua sala-estúdio o espetáculo “Pela água”, de Tiago Correia, criação da companhia portuense A turma. Centra-se no desencontro que uma situação amorosa envolvendo dois homens e uma mulher provoca.

No dia 9 de dezembro, pelas 21h30, tem lugar a primeira leitura das peças de Daniel Keene “Terra Natal e Chuva”, tradução e encenação de Luís Varela, com Isabel Lopes, Lavínia Moreira, Matilde Fialho, Vicente Soares, e Nuno Machado. A cenografia é de José Serrão.

No dia 12 de dezembro, a partir das 15 horas, o Teatro da Rainha promove a quarta edição do seu colóquio anual “Espaço vazio e democracia”, sobre a estruturação de uma política teatral específica, que incidirá sobre os ensaios do livro “Quatro ensaios à boca de cena”, editado pela Livros Cotovia.

Coordenado por Fernando Mora Ramos e com ensaios de Américo Rodrigues, atual diretor geral das Artes, à época diretor do Teatro Municipal da Guarda, de Manuel Portela, professor universitário, à época diretor do Teatro Académico de Gil Vicente, e de José Luís Ferreira, então diretor do Teatro Municipal de São Luís, neste momento programador na Fundação da Casa de Mateus.

Dele disse o filósofo José Gil que o prefaciou: “Acredito que este livro abrirá uma oportunidade para um vasto debate, a nível nacional, sobre o presente e o futuro do teatro no nosso país”.

No dia 15 de dezembro, pelas 21h30, e em resultado de uma solicitação dirigida ao poeta e ensaísta Henrique Fialho, será feita na sala-estúdio uma primeira leitura de “Na cama com Ofélia”, peça para apresentação como espectáculo em 2021.

“Na cama com Ofélia” explora os “desentendimentos” situados entre a realidade e a ficção na relação amorosa de Pessoa com a famosa Ofélia.

No dia 16 de dezembro, pelas 16h30, será apresentado o resultado do trabalho do Ler Cenas, projeto dedicado à leitura em cena, com a participação dos elementos do teatro da Universidade Sénior de Caldas da Rainha e que este ano consta da leitura de “Farsas Medievais”, de autores anónimos. Este trabalho é orientado por José Carlos Faria.

No dia 17 de dezembro apresentar-se-á, pelas 21h30, a performance teatral com texto do jovem dramaturgo e encenador moçambicano Venâncio Calisto, “O alguidar que chora ou as pedras que falam”, que integra na sua ação cénica as atrizes Marina Campanatti, brasileira de ascendência italiana, e Vânia Luz, cabo-verdiana. Este exercício cénico, que conta com a colaboração nos figurinos da luso-botswana Marisa Bimbo, tem música do moçambicano Nandele Maguni e resulta de uma residência que desenvolve a sua fase final na sala-estúdio do Teatro da Rainha.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Icónico edifício da Secla vai ser reabilitado

Depois de vários anos ao abandono e já em estado de degradação, o edifício icónico sede da Secla, nas Caldas da Rainha, vai finalmente ser totalmente reabilitado e valorizado.

secla

Candidato do BE luta “por uma linha do Oeste que responda aos desafios atuais”

O candidato do Bloco de Esquerda pelo distrito de Leiria às próximas eleições legislativas, Ricardo Vicente, viajou no passado dia 12 de comboio na Linha do Oeste, de Leiria para Caldas da Rainha, para assinalar a necessidade de requalificar da linha integralmente, e de garantir velocidades de deslocação competitivas com o transporte rodoviário, contrariamente aos resultados previstos pelo Governo para a requalificação no troço de Meleças até Caldas da Rainha.

bloco