Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 15° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 27° C
14° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 27° C
14° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C

Suspeito de violência doméstica fica proibido de sair de casa

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Um homem de 51 anos, indiciado da prática do crime de violência doméstica, cometido sobre a sua ex-companheira, de 38 anos, vai ficar a aguardar o desenvolvimento do processo judicial com pulseira eletrónica e proibido de sair da sua habitação, e enquanto tal não acontecer fica em prisão preventiva.

O Ministério Público do Tribunal das Caldas da Rainha apresentou o detido a primeiro interrogatório judicial no dia 27 de fevereiro. O homem é suspeito de ter molestado física, verbal e psicologicamente a sua ex-companheira e mãe dos seus filhos, nas Caldas da Rainha, “perseguindo-a, insultando-a, ameaçando-a de morte, desferindo-lhe bofetadas, um murro e apertando-lhe o pescoço”. As agressões terão sido cometidas a partir de 30 de setembro do ano passado, data em que o arguido saiu da prisão, após o cumprimento de pena pela prática de vários crimes, designadamente, de ofensa à integridade física, ameaça e injúria. Em virtude de não aceitar o fim da sua relação com a vítima, terá praticado algumas agressões “mesmo depois de ter sido confrontado com intervenção policial e constituído arguido no inquérito e quando se encontrava embriagado”. O Tribunal determinou que o arguido aguardasse o processo sujeito à medida de coação de obrigação de permanência na habitação, fiscalizado por meios eletrónicos de controlo à distância, para além da proibição de contactos com a vítima, ficando em prisão preventiva até à implementação da vigilância eletrónica. A investigação é dirigida pelo Ministério Público das Caldas da Rainha, com a intervenção da PSP.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Viatura em barracão foi consumida pelas chamas

Um barracão que servia de arrecadação de uma habitação ficou destruído na tarde da passada quarta-feira, na sequência de um incêndio em Silval, na freguesia de Turquel, em Alcobaça, que consumiu um carro que estava no interior e obrigou um casal, uma mulher de 66 anos e um homem de 69 anos, a ter de ser alojado na casa de um filho, devido aos estragos provocados.

silval

Incêndio destrói carro

Um carro incendiou-se na noite da passada quarta-feira junto a uma zona residencial na Nazaré. As chamas a lavrar com intensidade rapidamente consumiram a viatura, que se encontrava em cima de um passeio na Rua Branco Martins, paralela à avenida marginal da vila.

carro

Arma apreendida a homem que ameaçou companheira

Um homem de 68 anos, suspeito de ter ameaçado de morte a sua companheira, de 71 anos, para além de violência psicológica, foi detido pela GNR no concelho do Bombarral, no passado dia 26, tendo-lhe sido apreendida uma arma de fogo.

arma 1