Q

Previsão do tempo

8° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 13° C
9° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 13° C
8° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 13° C

Aproximar os eleitores dos decisores

Raul Castro, cabeça de lista do PS pelo distrito de Leiria às eleições legislativas

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Posso dizer que conto já com um longo percurso na administração local. São quase duas décadas de experiência autárquica neste distrito, a lidar com as necessidades e expectativas de quem vive no chamado País real. Primeiro enquanto presidente da Câmara Municipal da Batalha, entre 1990 e 1997, e depois à frente da Câmara Municipal de Leiria, ao longo de uma década (2009 a 2019), naqueles que foram os anos mais desafiantes da minha carreira política, perante a missão de recuperar financeiramente uma autarquia profundamente endividada pelo anterior executivo do PSD e ainda assim garantir um futuro para o concelho.

Após conseguirmos uma redução da dívida em 77,7%, de 108,6 milhões de euros, em 2009, para 24,4 milhões de euros, em 2019, hoje Leiria é um exemplo de boa gestão, sendo o 4.º município do país com maior equilíbrio financeiro. A taxa de desemprego situa-se em mínimos históricos de 3,2%, e a dinâmica cultural única da cidade, com mais de 600 eventos anuais, fruto da forte colaboração da autarquia com o associativismo, que culminou na candidatura a Capital Europeia da Cultura 2027. Porém, perante a riqueza cultural do Distrito caracterizado não faria sentido que esta candidatura ficasse circunscrita ao concelho, e foi com a mesma ótica colaborativa de desenvolvimento regional, que foram convidados 25 municípios a juntarem-se ao projeto, sob o nome Rede Cultura 2027.

Enquanto presidente da CIMRL – Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (2013 a 2019), que congrega 10 dos 16 concelhos do distrito, pude constatar que a diversidade do território acarreta também várias assimetrias, sobretudo entre os concelhos situados na zona mais interior face aos concelhos do litoral. Contudo, é sempre possível encontrar soluções, fazendo por conhecer as dinâmicas económicas, sociais e culturais dos territórios. É este conhecimento do Portugal real que falta aos decisores nacionais para potenciar o crescimento do País e reduzir o fosso entre os grandes centros urbanos e as restantes regiões. É essencial promover uma aproximação entre o Governo central com as populações, através de uma colaboração efetiva entre o poder local, com o associativismo e com as empresas, numa espécie de “cooperação ordenada”.

Os bons resultados da gestão do município de Leiria não os consegui sozinho, ninguém conseguiria. São fruto do diálogo constante com as forças vivas do concelho, com a auscultação dos seus anseios e com a procura conjunta de soluções capazes de defender os interesses da população. Foi também esta dinâmica colaborativa e de aproximação às populações que contribuiu para que, há dias, o secretário-geral do PS António Costa anunciasse em Leiria que o Governo já está a trabalhar para garantir que a Base Aérea de Monte Real possa ser aberta ao tráfego civil para servir o Distrito de Leiria e a zona centro do País, e que a requalificação da Linha do Oeste entre as Caldas da Rainha e a Figueira da Foz é uma prioridade para o próximo mandato.

Através da cooperação próxima entre os decisores do Governo e a população, com o debate de ideias com quem melhor conhece a realidade de cada região e melhor representante os interesses das suas gentes, acredito que poderemos operar uma nova revolução por um Portugal próspero e com menos desigualdades.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Museu Nacional Resistência e Liberdade arranca em fevereiro

Tem início em fevereiro a empreitada com vista à instalação do Museu Nacional Resistência e Liberdade na Fortaleza de Peniche, devendo a mesma estar concluída no primeiro trimestre de 2023, de modo a que possa ser inaugurado a 25 de abril de 2023, um ano antes das comemorações do 50º aniversário da Revolução dos Cravos.

museu

Cercina reforça respostas sociais

A Cercina – Cooperativa de Ensino, Reabilitação, Capacitação e Inclusão da Nazaré, reunida em assembleia geral no dia 29 de dezembro, aprovou por unanimidade o Plano de Atividades e Orçamento para 2022.

Eventos com alunos da ESAD.CR

“Descaminho” é o título de uma mostra de performance a ser apresentada nos dias 13 e 14 de janeiro, entre as 20h e as 24h, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.