Q

Previsão do tempo

14° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 19° C
14° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 20° C
13° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 20° C

Regeneração urbana – obras de 20 milhões?

Mário Pacheco Eng. Civil Sénior
25 de Setembro, 2019
Assinei a exposição e acompanhei um grupo de vizinhos que esteve presente na sessão da Assembleia Municipal no dia 17/09/2019, na qual também intervim, levantando mais algumas questões, sobre as consequências das obras da 2ª fase, integradas no projeto de regeneração urbana.
Devia ser criado um parque subterrâneo de 3 pisos, com 270 a 300 lugares, nas traseiras do Chafariz das 5 Bicas

Para que não existam confusões, ninguém do grupo, está contra as referidas, o que está em causa é a sua planificação e o “timing”, coincidindo algumas com a época do natal.

Na minha intervenção, procurei ir mais longe e alertar para problemas futuros resultantes das mesmas, dado que não foram previstos novos lugares de estacionamento em locais nas proximidades que colmatem os que vão ser suprimidos. Também na altura me solidarizei com os argumentos de outro interveniente, sobre a degradação do local e da obra mais emblemática do grande Ferreira da Silva.

Senhor Presidente Tinta Ferreira, não se entende um plano desta envergadura, que prevê tratar as artérias sem tratar do coração, e por esse motivo escrevo no sentido de sensibilizar os caldenses e levá-lo a emendar a orientação do referido, sugerindo que se reflita sobre a solução que apresento a seguir:

1 – Criar um parque subterrâneo de 3 pisos, com 270 a 300 lugares, nas traseiras do Chafariz das 5 Bicas

2 – Acabar no local com o estacionamento à superfície, alterando o espaço para uma grande Praça, realçando a obra de arte, reconstruindo ainda como apontamento, parte do aqueduto que abastecia o Chafariz.

3 – Transformar o piso térreo e talvez uma parte, em cave e rés-do-chão, do edifício e quintal, do Posto de Turismo, criando uma ligação fluída à nova praça e também um acesso direto ao novo parque de estacionamento subterrâneo.

Nota: Será possível encontrar soluções muito interessantes, tirando partindo das desníveis existentes.

4 – Na zona referida, no início do espaço, referenciado com o nº 4, será possível estudar, também um novo espaço para a Praça do Peixe, dado que como todos sabem, as duas praças, Fruta e Peixe, devem ser complementares e não localizadas em locais diferenciados.

Isto são as ideias e na minha modesta opinião, parece-me ser um contributo para o projeto que as Caldas precisa, voltando a reanimar espaços que nos são queridos e que neste momento se encontram em declínio, não basta um ou dois dias de funcionamento regular, para justificar que tudo está bem, como por vezes se procura iludir.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

FOLIO recebeu 20 mil visitantes ávidos de conhecer novos autores

Após um ano de interrupção, devido à pandemia, o FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos voltou a ter casa cheia, para assistir a tertúlias, apresentações de livros, workshops, concertos e outras iniciativas, que atraíram cerca de 20 mil visitantes, ávidos de conhecer novos autores e assistir a espetáculos. O evento literário, que envolveu 469 oradores e dinamizadores de atividades, regressa no próximo ano, entre 6 e 16 de outubro, sob o tema “O Poder”.

balanco folio

Torneio de Abertura nas Piscinas Municipais

Realizou-se no passado fim de semana, nas Piscinas Municipais de Caldas da Rainha, o Torneio de Abertura em natação, o primeiro da época 2021/2022 e também o primeiro com público desde que surgiu a pandemia.