Q

Previsão do tempo

21° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 21° C
21° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
21° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 23° C
Fenadegas – Federação Nacional das Adegas Cooperativas

“Aprecie, Saboreie e Deguste com Moderação”

8 de Agosto, 2018
A Fenadegas – Federação Nacional das Adegas Cooperativas, realizou com sucesso no passado ano a Campanha Vinho Com Moderação, campanha financiada pelo Instituto da Vinha e do Vinho (IVV), no âmbito da medida Promoção de Vinhos e Produtos Vínicos em Mercado Interno.

Tal como está previsto na legislação tem como “objetivo realizar ações de informação e educação, ações essas que promovam o aumento do nível de informação sobre o consumo moderado de bebidas alcoólicas do setor vitivinícola, assim como a divulgação da estratégia da União Europeia para a redução dos malefícios relacionados com o consumo abusivo de álcool”, diz comunicado enviado ao JORNAL DAS CALDAS pela Fanadegas.

Esta aposta, ganha cada vez com mais pertinência, dadas “às campanhas cada vez mais agressivas por parte de vários países da União Europeia e não só, contra o consumo de bebidas alcoólicas (vinho e outras), para além das imposições que pretendem a nível da indicação dos ingredientes, calorias, entre outros”.

Segundo a Fenadegas, o vinho é um produto agrícola, que faz parte de dieta mediterrânea e que deve ser “consumido com moderação”. Por isso o nosso slogan “Aprecie, Saboreie, Deguste com Moderação”.

Com o objetivo de melhorar a estratégia da campanha, para alcançar mais consumidores, mudaram a campanha apostando nas novas tecnologias ao “alcance de muitos”. Foi, segundo a Fanadegas “uma aposta ganha e por isso em 2017, embora não com tanta agressividade continuámos com o nosso website www.fenadegasvinhocommoderacao.pt e com a página www.facebook.com/vinhocommoderação”.

Continuam a apostar na presença em feiras e eventos de norte a sul do país, como meio privilegiado de contato direto com os visitantes e expositores.

Estiveram presentes na Feira de Braga, Ovibeja, Feira de Empreendedorismo em Sustentabilidade em Olivais, Feira Nacional de Agricultura – FNA, ExpoFacic, Festival do Vinho Português e Feira da Pera Rocha, 4ª Agrosemana, Feria do Vinho do Dão e 16º Festival do Vinho Leve – Festa das Adiafas.

O número de visitantes de todas estas feiras está estimado em cerca de 980 mil, pelo que consideram ser uma “ação de grande alcance.”

Apostaram ainda na renovação do stand na Feira nacional de Agricultura, de modo a dar mais impacto á campanha.

Com os resultados obtidos, a Fanadegas considera que foi um sucesso a sua campanha de 2017, “dada a grande diversidade de ações e o número de pessoas alcançadas”.

“O objetivo foi conseguido e esperamos que a mensagem tenha impacto no modo de consumo de vinho e outras bebidas do setor vitivinícola e contamos em 2018 continuar este trabalho tão importante”, apontaram na nota.

A Fenadegas – Federação Nacional das Adegas Cooperativas, FCRL – foi constituída em 22 de junho 1981, por 24 Adegas Cooperativas dos diversos pontos do país.

Atualmente representa 54 Adegas Cooperativas com mais de 20 mil viticultores tendo quase 30 mil hectares em produção no seu conjunto que produzem uma grande variedade de vinhos provenientes de um vasto número de regiões Vinícolas. Estes são produzidos tanto em quantidade assim como em qualidade, (+1500 prémios e distinções, desde 2014).

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Cardeal e ministra nos 75 anos do Centro Social Paroquial

O Centro Social Paroquial do Bombarral (CSPB) encerrou as comemorações do seu 75.º aniversário numa cerimónia com as presenças do cardeal patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, e da ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho.

cardeal

Mobiliário hospitalar renovado

Com o intuito de prestar melhores cuidados aos utentes e de proporcionar melhores condições aos profissionais, o Centro Hospitalar do Oeste (CHO) adquiriu 40 camas elétricas e 130 mesas de cabeceira e leito, traduzindo-se num investimento de 106.177,04 euros.

mobiliario