Q

Previsão do tempo

13° C
  • Friday 15° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 16° C
13° C
  • Friday 15° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 16° C
14° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 17° C
Nadadouro

Condenado a pena suspensa de prisão por ter tentado matar jogador após jogo de futsal

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Um indivíduo que tentou matar outro, na sequência de desentendimentos que tinham ocorrido num jogo de futsal no Nadadouro, nas Caldas da Rainha, foi condenado a uma pena de prisão de quatro anos e nove meses, suspensa na sua execução, segundo um acórdão do Tribunal de Leiria do passado dia 27.

Para além da condenação pelo crime de homicídio qualificado na forma tentada, o arguido respondeu também por um crime de injúrias, tendo-lhe sido aplicada a pena de multa de 225 euros ou trinta dias de prisão caso não pague.

A título de indemnização por danos patrimoniais e não patrimoniais sofridos, foi condenado a pagar à vítima a quantia global de 23 mil euros, acrescida de juros, para além dos custos de tratamentos cirúrgicos, exames médicos e análises clínicas, deslocações ao hospital, fisioterapia, consultas de acompanhamento psiquiátrico e consultas de acompanhamento neurocirúrgico, até ao limite de quinze mil euros. Foi ainda condenado a pagar ao Centro Hospitalar do Oeste o montante de 3 099,40 euros em resultado do internamento, cirurgias, exames, consultas e outros meios auxiliares de diagnóstico referentes à vítima.

O caso verificou-se no 18 de junho de 2014, pelas 22 horas, no interior dos balneários da Associação Recreativa do Nadadouro, após um jogo de futsal que ali decorrera. O arguido aproximou-se da vítima, pelas costas, e sem que nada o fizesse prever espetou-lhe por quatro vezes a lâmina de nove centímetros de uma navalha no flanco direito da zona lombar, no braço e na perna direitos.

Em simultâneo, o arguido dizia “vou-te matar” e injuriava-o. Só não prosseguiu com os seus intentos porque foi agarrado pelos outros jogadores que se encontravam nos balneários.

A vítima foi, de imediato, transportada ao hospital das Caldas da Rainha, onde recebeu assistência médica e esteve internada durante cinco dias. Sofreu, entre outras, feridas incisas perfurantes da parede abdominal e região lombar direita.

No despacho de pronúncia, um juiz do Tribunal de Leiria tinha considerado que o arguido “terá atuado determinado por um motivo fútil e com frieza de ânimo ao espetar repetidas vezes a lâmina da navalha no corpo da vítima, agindo com o propósito de lhe tirar a vida, o que não veio a ocorrer por razões alheias à sua vontade”.

O acórdão ainda não transitou em julgado.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Mulher morre atropelada por carro

Um atropelamento ocorrido nesta quinta-feira, às 20h50, na reta do Alto do Veríssimo, em Atouguia da Baleia, no concelho de Peniche, provocou uma vítima mortal e um ferido grave, ambos na casa dos 60 anos.

estrada

Iluminação natalícia desaba

O mau tempo terá estado na origem da queda de postes de iluminação natalícia nas Caldas da Rainha, na noite desta quarta-feira. Um carro sofreu danos assim como os vidros de um prédio.

20221208 001341

Festival das Sopas ajuda jovens

O I Festival das Sopas vai realizar-se no Centro Paroquial de Salir de Matos, nas Caldas da Rainha, no dia 18 de dezembro,pelas 13h. O evento contará com sopa da pedra, sopa de peixe, sopa de legumes e canja. Também haverá petiscos, filhós, café da avó...