Q

Previsão do tempo

20° C
  • Wednesday 27° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 25° C
20° C
  • Wednesday 27° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 26° C
20° C
  • Wednesday 29° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 28° C

A minha vida de universitário

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O JORNAL DAS CALDAS recolheu as histórias de treze jovens que acabaram ou estão a concluir os estudos universitários.
Tatiana Plácido, acompanhada da mãe

Pedimos que transmitissem como foi ou tem sido a vida de estudante distante (uns mais do que outros) da área de residência, como foi a experiência, os desafios, as dificuldades iniciais e como se tornou mais fácil. Também quisemos perceber que respostas de alojamento tiveram e como geriram despesas com casa, transporte, alimentação e custos da universidade. Por último, deixaram conselhos para os futuros universitários.

Tatiana Plácido, 18 anos, Caldas da Rainha

“O sol de Coimbra é diferente do sol do resto do mundo”

Estou no 1º ano da licenciatura em Direito, em Coimbra. A minha vontade de ir para longe era grande, o bichinho da liberdade e de viver sozinha atraía-me bastante. Desde que me lembro que queria ir para Coimbra, uma cidade linda, com um espírito académico fantástico. Queria poder dizer que aproveitei a universidade ao máximo e não que tinha sido apenas uma fase na minha vida em que simplesmente passei a viver sozinha.

É sempre difícil mudar de cidade, é um novo começo, pessoas novas, sítios novos e foram muitas as vezes que me senti perdida, no entanto, o fato de ter vindo com amigas e ter partilhado casa com elas facilitou muito a fase de adaptação. Estávamos juntas nisto, não nos sentíamos sozinhas.

Alojamento e despesas:

O processo de alojamento foi fácil, uma vez que eu e as minhas amigas estávamos decididas que queríamos vir para Coimbra, e começámos a procurar alojamento em julho [do ano passado] para conseguirmos boas casas e económicas. Nenhuma de nós escolheu ir para uma residência, já que queríamos viver juntas.

Gerir as despesas mostrou-se uma tarefa mais fácil do que esperava, como recebi bolsa tinha as propinas pagas e ainda sobrava um pouco para a alimentação, porém, onde gastava mais dinheiro era no transporte, uma vez que ia todos os fins de semana a casa e, também, nos materiais, livros e sebentas, os quais, pelo menos nos primeiros meses de cada semestre, levavam-me a mesada. Na verdade, a universidade traz muitas despesas, apesar da oferta de bolsas e de ajudas que existem.

Conselhos para futuros universitários:

O melhor conselho que posso dar é que aproveitem ao máximo a vida de estudante, porque passa a voar, e que a opção não se restrinja apenas a Lisboa só por ser o sítio para onde toda a gente vai. Existem muitas cidades universitárias fantásticas para além da capital. Coimbra, Aveiro, Porto e Évora são alguns dos bons exemplos. Para todos os que pensam em vir estudar para Coimbra é, certamente, das melhores escolhas que podem fazer na vida, é uma cidade mágica, é a cidade da saudade, é a cidade dos amores, é a cidade dos estudantes. Como uma vez li: “Acreditem quando vos digo que o sol de Coimbra é diferente do sol do resto do mundo”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Despiste de mota mortal

Um homem de 44 anos morreu na tarde do passado domingo no Cadaval, na sequência do despiste da mota que conduzia.

Brass Dass animou ruas da cidade

No âmbito do programa de Animação de Verão 2022, promovido pela Câmara Municipal de Caldas da Rainha, em parceria com o Centro Cultural e de Congressos de Caldas da Rainha, decorreu no passado sábado mais uma arruada pela cidade.

anima