Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 25° C
  • Wednesday 21° C
18° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 26° C
  • Wednesday 21° C
18° C
  • Monday 27° C
  • Tuesday 27° C
  • Wednesday 22° C

A essência do espiritismo

José Lucas
12 de Agosto, 2015
O espiritismo (ou doutrina espírita ou ainda doutrina dos espíritos) foi compilado por Allan Kardec em meados do século XIX, apontando-se a data de 18 de abril de 1857 como a do aparecimento do espiritismo, por coincidir com a data do lançamento de "O Livro dos Espíritos", que contém a parte filosófica do espiritismo, sendo a base para o seu entendimento
Divaldo Franco, o maior conferencista espírita mundial da atualidade

Allan Kardec nas suas 20 obras que deixou ao mundo (12 volumes de “A Revista Espírita”, “O Livro dos Espíritos”, “O Livro dos Médiuns”, “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, “A Génese”, “O Céu e o Inferno”, “Obras Póstumas”, “O que é o Espiritismo” e “Viagem Espírita em 1862”) definiu o espiritismo como uma ideia universal e universalista, com uma abrangência muito maior do que as religiões ou grupos sectários.

Na sua obra “O que é o Espiritismo”, no prólogo, define que “o espiritismo é, ao mesmo tempo, ciência experimental e doutrina filosófica. Como ciência prática, tem a sua essência nas relações que se podem estabelecer com os espíritos. Como filosofia, compreende todas as consequências morais decorrentes dessas relações”.

Pode ser definido assim: “O espiritismo é uma ciência que trata da natureza, origem e destino dos espíritos, bem como das suas relações com o mundo corporal”.

Convém fazer aqui um parêntesis, que o espiritismo é aquilo que Allan Kardec legou à humanidade e não o que muitas vezes os espíritas dizem do espiritismo, que pode coincidir ou não com a essência do espiritismo que Kardec compilou.

Uns tentam entendê-lo, outros tentam fazer da doutrina espírita mais uma religião, alguns utilizam o espiritismo para fins obscuros, outros ainda, alterando a definição de Kardec, trocam o termo “consequências morais” por “consequências religiosas”, adulterando lamentavelmente a essência do espiritismo.

Pesquisando os factos mediúnicos, encontra-se toda uma filosofia, que está assente na moral ensinada por Jesus de Nazaré, como sendo a maneira do homem mais rapidamente se espiritualizar e assim se aproximar de deus.

Ciência, filosofia e moral, é o que não se cansa de demonstrar ao mundo, Divaldo Pereira Franco, exemplificando no seu quotidiano, deixando um rasto de luz para que amanhã possamos segui-la nas nossas vidas.

Divaldo Franco

Divaldo Franco, espírita, o maior conferencista mundial da atualidade, médium, foi condecorado no dia 6 de agosto pela Assembleia Legislativa da Bahia, Salvador, Brasil, com a mais alta condecoração (Comenda 2 de julho), pelo trabalho feito em prol dos pobres, sua educação e reintegração social.

Relembrando os ensinamentos dos espíritos – “fora da caridade não há salvação” – vemos no trabalho de Divaldo Franco o eco desta frase espírita, em que passando pela pesquisa, pela análise e divulgação filosófica, vive toda uma vida servindo os mais desfavorecidos da sociedade brasileira.

Neste tríplice aspeto, “ciência, filosofia e moral”, como apresentou Allan Kardec, encontramos o ponto de encontro na caridade, para connosco e para com o próximo.

Não só a caridade material, mas principalmente a caridade interior, ao nível do sentimento, do pensamento e das atitudes.

O Espiritismo propõe a caridade que entende, que compreende, que não repudia, que não ostraciza, sem ser obviamente conivente com o erro.

O Espiritismo propõe a caridade que silencia, que não escandaliza, que não se impõe, que exemplifica, que é paciente.

Entendendo quem somos, de onde viemos e para onde vamos, bem como a causa das dissemelhanças entre nós, assente na mais pura justiça divina (justiça-Amor), chegaremos mais rapidamente a Deus, no nosso processo de espiritualização, vivendo de acordo com o conselho “fora da caridade não há salvação” (isto é, sem a prática da caridade não evoluímos, estagnamos, e demoramos mais tempo a evoluir, quando optarmos pela caridade no quotidiano).

Esta é a essência do espiritismo.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Presidente da Câmara dá pelouros ao PS para garantir governação

Decorreu na passada sexta-feira a cerimónia de tomada de posse dos novos órgãos municipais em Peniche. Um acordo entre o presidente da Câmara e o PS foi a forma encontrada para garantir uma governação estável, por existirem quatro forças diferentes eleitas para a autarquia.

peni

Hospital retoma curso de preparação para futuras mamãs

O Serviço de Obstetrícia do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) retomou na semana passada as sessões presenciais do curso de preparação para o parto e parentalidade, suspensas desde abril de 2020 no âmbito das medidas de combate à pandemia de Covid-19.

parto1

Eleitos do Município do Cadaval tomaram posse

Realizou-se no passado dia 11 a cerimónia de instalação dos órgãos municipais do Cadaval para o mandato 2021-2025. Para além da tomada de posse, teve lugar a eleição da mesa da Assembleia.

cada