Q

Previsão do tempo

18° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 21° C
18° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 21° C
19° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 23° C

Contratada para dar aulas em escola da cidade

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Professora que posou para a “Playboy” bem recebida em Peniche  Bruna Real, a professora que foi suspensa em Mirandela depois de ter posado nua na revista “Playboy”, começou na passada segunda-feira a dar aulas em Peniche. Foi destacada para a maior escola do primeiro ciclo da cidade e teve uma boa recepção. Ao fim do […]
Contratada para dar aulas em escola da cidade

Professora que posou para a “Playboy” bem recebida em Peniche  Bruna Real, a professora que foi suspensa em Mirandela depois de ter posado nua na revista “Playboy”, começou na passada segunda-feira a dar aulas em Peniche. Foi destacada para a maior escola do primeiro ciclo da cidade e teve uma boa recepção. Ao fim do dia, até uma criança a chamou para lhe dar um abraço. “Fui bem recebida. Os pais falaram comigo com muito respeito pelo que fiz. E o que eu fiz foram fotografias, foi arte. Eu respeito o trabalho das pessoas e só peço que respeitem o meu”, disse, manifestando ao mesmo tempo a vontade de evitar protagonismos e passar despercebida na comunidade escolar. “Não vou falar mais [com a imprensa] e vou é dar aulas normalmente”, declarou a professora, que espera ver terminada a polémica em redor da sua figura, mediatizada por ter sido afastada do contacto com as crianças pela autarquia de Mirandela, que chegou a alegar que a exposição pública da docente estava a perturbar o bom funcionamento das aulas na escola do primeiro ciclo de Torre de Dona Chama. Entendimento diferente tem a Câmara de Peniche, que contratou Bruna Leal. “Apresentou as habilitações necessárias no concurso nacional que lançámos e tem as competências para dar as actividades de enriquecimento curricular na componente de Movimento, Música e Drama”, assegurou Jorge Amador, vereador do pelouro da educação. “Os encarregados de educação têm de perceber que estamos perante uma pessoa que tem habilitações para dar as aulas. Não contratá-la seria uma atitude de discriminação”, afirmou. “Percebemos a curiosidade de algumas pessoas, mas não podemos discriminar ninguém. Para nós o que conta é o registo criminal. Acredito que passado uma semana o assunto fica esquecido, porque estamos perante uma pessoa que tem habilitações suficientes para exercer as funções”, destacou. “É uma mulher com determinadas características, mas na escola felizmente existem outras professoras ‘distintas’, que são bonitas. Mas os professores não são bons ou maus por serem bonitos”, concluiu. Apesar de na cidade piscatória ser o “assunto do dia”, a chegada da professora não parece perturbar os encarregados de educação. Carla Maria, que tem um filho na escola nº1, disse que “não me incomoda, porque estamos a falar de crianças ainda pequenas, se calhar se fosse para o secundário já era capaz de ser incómodo para a professora, por causa das ‘bocas’ que iria ouvir dos jovens”. “A professora é bem-vinda. Desde que seja boa professora, isso é que é importante. Com a sua vida pessoal ninguém tem nada a ver com isso”, desabafou Vânia Zarro, mãe de uma aluna. Opinião partilhada por Cláudia Ferreira, outra mãe. “Não há problema nenhum. Espero que seja simpática”, afirmou. “Acho que a devem encarregar de preparar os miúdos para as animações das festas da escola”, sugeriu João Paulo, tio de um aluno, garantindo que “se alguém mandar bocas foleiras em público acabará por ser censurado pelos outros pais”. “O que interessa é que seja uma boa professora. O que faz fora da escola não nos diz respeito, se é de forma legal. Se me oferecessem dinheiro, eu também não tinha problemas em posar nua, com a crise que está”. O comentário é de Fátima Garcia, mãe de um aluno. Rui Leandro, residente em Peniche, manifestou que “estamos no século XXI e não há razão para levantar problemas”. “As pessoas de Peniche recebem bem quem vem de fora. É típico dos locais turísticos. Sou natural da Nazaré. Se fosse lá, até as nazarenas iriam quer tirar uma foto ao lado da professora”, gracejou.   Animada   O primeiro dia de aulas deixou Bruna Real bastante animada. A docente de música e expressão teatral e plástica comentou apenas que “foi um dia normalíssimo”, indicando que o contacto que teve com os pais e mães das crianças também foi do seu agrado. Chegou vestida com requinte mas sem extravagância. Levava uma mala na mão e usava óculos de sol. À entrada não se encontrava nenhum encarregado de educação e à saída misturou-se discretamente entre os pais e só foi parada por uma aluna, que a chamou para lhe dar um beijo e um abraço, o que deixou a docente com um sorriso.   “É simpática”   O primeiro contacto com as crianças serviu para Bruna Real se apresentar e também conhecer os nomes dos alunos. “Temos uma professora nova. Hoje foi a apresentação”, contava um dos petizes à avó que o ia buscar à escola ao final da tarde. “É simpática”, respondeu o filho de Cláudia Ferreira à pergunta sobre o que tinha achado da professora.   Residência na Nazaré   A professora, que se mudou do Norte do país para passar a viver na região da Nazaré, vai leccionar doze horas semanais na escola nº1, pertencente ao Agrupamento D. Luís de Ataíde, em Peniche. Concorreu em meados de Agosto. O Município procedeu ao apuramento e selecção dos candidatos e o contrato foi assinado na passada quinta-feira.   Nudez fora de questão   Bruna Real não quis prestar declarações e por isso desconhece-se o que faria se tivesse novo convite para posar em nu parcial ou total, para uma publicação. “É uma pessoa muito serena. Julgo que esse tipo de questão não se vai colocar”, manifestou o vereador Jorge Amador.   Francisco Gomes

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Barómetro – Festival de Intervenção Cultural e Artística

O Teatro da Pessoa, numa parceria com a Junta de Freguesia das Gaeiras e o Município de Óbidos, organiza a II edição do Barómetro - Festival de Intervenção Cultural e Artística, que acontecerá no Convento de São Miguel, nas Gaeiras, de 12 a 19 de maio.

Rute Silva apresenta livro

O auditório municipal Casa da Música, em Óbidos, é palco no dia 18 de maio, pelas 17h30, da apresentação do livro “Diário de Hodgkin”, de Rute Silva.

rute