Q

Previsão do tempo

23° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 23° C
23° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 23° C
23° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 25° C

“Bebés na Floresta” a nova atividade na Mata Rainha D. Leonor

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O projeto de cariz social, ambiental e educativo, que se realiza semanalmente na Mata Rainha D. Leonor, em Caldas da Rainha, dinamizado pela Associação Juvenil Biogleba, agora realiza atividades e brincadeiras na floresta para os bebés até aos dois anos.
A atividade arrancou no dia 1 de junho

O projeto de cariz social, ambiental e educativo, que se realiza semanalmente na Mata Rainha D. Leonor, em Caldas da Rainha, dinamizado pela Associação Juvenil Biogleba, agora realiza atividades e brincadeiras na floresta para os bebés até aos dois anos.

O projeto, que é “100% outdoor”, tem como base a metodologia Forest School (escola da floresta), que consiste num ensino não formal ao ar livre, onde as crianças podem ter contacto com o exterior e as aprendizagens são feitas num contexto de floresta ou de jardim, sendo realizadas através de experiências práticas, orientadas pelos coordenadores. Nesse sentido, a associação decidiu alargar o leque de atividades aos mais pequenos, com intuito de “tornar as crianças ainda mais felizes”, sublinhou Joana Oliveira, coordenadora da iniciativa, que conta com a parceria da União de Freguesias de Nossa Senhora do Pópulo, Coto e S. Gregório, que cedeu um espaço na Mata para as suas ações.
Neste momento, o “Bebés na Floresta” está a decorrer todas as quartas-feiras deste mês, entre as 10h30 e as 12h, mas em julho vai interromper para o período de férias, retomando a atividade no início do ano letivo, em setembro. “Durante uma hora e meia de sessão vamos promover a conexão dos bebés com a natureza, incentivando e estimulando a curiosidade, a exploração, a compreensão e, mais tarde, também, a autorreflexão em família”, sublinhou Joana Oliveira, adiantando que “ao agrupar os bebés dos zero aos dois anos, estamos a proporcionar que juntos tenham aprendizagens com diferentes olhares e variadas perspetivas, incentivando assim oportunidades únicas de desenvolvimento”. Também será “uma ótima oportunidade de apoio às famílias/cuidadores, facilitando a conexão com o bebé e a criação de uma comunidade, bem como como uma rede de suporte, sobretudo para partilhar experiências e medos dos pais de primeira viagem”.
As sessões, que atualmente só têm capacidade para receber dez bebés, serão orientadas por um monitor, que juntamente com os pais dão início ao playgroup com uma roda e música de boas vindas. Depois segue-se um momento para apresentação do que será proposto no decorrer da sessão e abre-se espaço para partilha de um tema entre as famílias, num momento de conversa informal, onde “os pais podem falar das suas experiências e dos seus medos”, explicou a coordenadora, adiantando que nas primeiras sessões dar-se-á primazia à observação do grupo.
Depois, em função dos interesses do grupo, o “Bebés da Floresta” promove outras atividades para as brincadeiras ao ar livre e leituras. “Durante as sessões temos diversas estações onde os bebés podem ir em função ao seu interesse, tendo como pontos fixos a leitura, onde vão poder manusear livros adaptados para a idade, mas também boxes com elementos da natureza”, explicou Joana Oliveira, adiantando que “tentamos adaptar as estações a diversas funcionalidades, onde os bebés podem mexer, sentir e ouvir, sendo caixas mais dirigidas”.
O objetivo desta atividade, segundo a coordenadora é promover a “conexão e deixá-los explorar o meio e seguir a estimulação sensorial, sempre com a presença dos pais”.
O “Bebés da Floresta” recebe inscrições através do e-mail info@biogleba.pt ou pelas redes sociais, tendo vagas abertas para o próximo ano letivo.
Além desta atividade, a associação Biogleba continua com os campos de férias para as crianças dos dois aos dez anos, que “este ano já conta com bastantes reservas”, e a realização das festas de aniversário na Mata Rainha D. Leonor.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Estudantes visitam Paul de Tornada

A Associação PATO recebeu duas turmas da Escola Secundária Raul Proença, que realizaram um conjunto de atividades de voluntariado, explorando a Reserva Natural do Paul de Tornada numa visita guiada, contribuíram para o nascimento de um jardim sensorial e efetuaram ainda uma monitorização ambiental na Lagoa de Óbidos com o Projeto Coastwatch, recolhendo muito lixo marinho.

pato

Trio detido por tráfico de droga

O Núcleo de Investigação Criminal de Caldas da Rainha da GNR deteve três homens, com idades entre 25 e 35 anos, por tráfico de estupefacientes, nos concelhos do Bombarral e Caldas da Rainha.

trafico