Q

Previsão do tempo

18° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
18° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
19° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 25° C
Olhar JSD

As portas que abril abriu…

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Olhar JSD Abril: mês de liberdade para o povo português, mês de repressão para outros povos, e será que somos livres na nossa plenitude quando na verdade um nosso vizinho se vê repreendido por um regime expansionista? E será que em pleno século XXI é aceitável que partidos portugueses ignorem a vida desta aldeia global […]
Daniel Vieira Secretário Geral Adjunto da JSD Caldas da Rainha

Olhar JSD

Abril: mês de liberdade para o povo português, mês de repressão para outros povos, e será que somos livres na nossa plenitude quando na verdade um nosso vizinho se vê repreendido por um regime expansionista? E será que em pleno século XXI é aceitável que partidos portugueses ignorem a vida desta aldeia global que tanto nos afeta?

O dia 25 de abril de 1974 marca o dia em que Portugal se livrou de uma ditadura em vigor há 40 anos e simultaneamente abriu as suas portas ao mundo. É por este motivo que os amigos camaradas deviam compreender que a repressão de qualquer povo se reflete na nossa repressão.
Não é de todo coerente que, em pleno século XXI, em todas as ações do parlamento português que demonstram solidariedade para com o povo ucraniano, os deputados do PCP não se revejam. A globalização é para estes um “bicho papão” que, no seu ponto de vista, alimenta o capitalismo. Há, no entanto, necessidade de um certo nível de abstração ideológica quando o que está em causa são vidas humanas e a autodeterminação de um povo!
A política tende muitas vezes a fugir ao seu ponto de origem levando ao extremo a ideologia. A prioridade de qualquer político devem ser as pessoas, só assim se alcançará a democracia. Viver em democracia é pormo-nos no lugar de qualquer outro cidadão, de qualquer parte do mundo, e a melhor maneira de o respeitarmos é sermos recetivos e solidários.
Não obstante, esta não é uma atitude que se verifica apenas ao nível do conflito armado. O problema anteriormente referido vai muito além da guerra. Ouvir o outro é um dos valores que qualquer um deveria ter, ainda assim, um político ter uma boa comunicação com quem o elegeu é também fundamental.
A mim é-me especialmente difícil de entender que os órgãos executivos de proximidade metam em primeiro plano a ideologia e quem a ela se associa e só depois as pessoas. A democracia veio abrir portas que até então estavam fechadas, no entanto, parece haver certos executivos da opinião de que a porta se deve manter bem fechada e ignorando as dimensões exteriores que muitas vezes afetam todos nós.
Escrevo estas palavras nunca contra a soberania popular, mas sim contra quem usa este princípio para chegar ao poder sem conhecimento de causa. Um político deve de ter a mesma postura em campanha e depois dela, a dissimulação muitas vezes gera grandes problemas como sendo a abstenção. O povo descredibiliza muitas vezes a atividade política devido à dissimulação e falta de transparência com que muitas vezes se pratica.
Abril abriu-nos portas, no entanto, parece que há quem resista e as queira fechar. Hoje devem, para além de serem abertas, ser ampliadas e mais transparentes que nunca para que assim o eleitorado veja com os próprios olhos a realidade da governação a que está sujeita.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

As festas das aldeias e suas tradições

Com a chegada do verão começa a altura dos arraiais, das festas das aldeias, onde reina o tradicional bailarico e de seguida o dj a fazer o resto da magia.

Novo recorde de maior onda surfada na Praia do Norte

Há um novo recorde mundial de maior onda já surfada na Praia do Norte, na Nazaré, que foi alcançado pelo alemão Sebastian Steudtner, que em 29 de outubro de 2020 atingiu os 26,21 metros, segundo foi anunciado nesta terça-feira pela World Surf League (WSL), organizadora dos Red Bull Big Wave Awards.

onda