Q

Previsão do tempo

17° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 23° C
17° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
18° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 28° C
  • Sunday 25° C

Administração hospitalar alerta para entupimento das urgências

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O excesso de doentes nas urgências do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) levou a administração a alertar os utentes para a possibilidade de serem encaminhados para outras unidades hospitalares. Pediu também para que os casos não urgentes se dirijam aos centros de saúde.
Grande afluência às urgências do hospital das Caldas causa dificuldades no atendimento

O excesso de doentes nas urgências do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) levou a administração a alertar os utentes para a possibilidade de serem encaminhados para outras unidades hospitalares. Pediu também para que os casos não urgentes se dirijam aos centros de saúde.

Nos últimos dias tem-se verificado uma excessiva afluência de doentes aos serviços de urgência e às Áreas dedicadas a Doentes Respiratórios do Centro Hospitalar do Oeste (CHO), que compreende as unidades das Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche.

O aumento das infeções respiratórias, com situações de gripe A, que têm enchido a urgência pediátrica de crianças com sintomas, e ainda a permanência de alguns casos de Covid-19, está a dificultar o atendimento no CHO, a que se junta o problema da falta de recursos humanos, por dificuldade em conseguir preencher as vagas dos lugares de médicos e enfermeiros.

Em consequência a administração antecipou constrangimentos e um aumento da demora no atendimento dos doentes, alertando para a possibilidade de reencaminhamento de alguns deles para outras unidades hospitalares, o que a Comissão de Utentes do CHO também admite para salvaguarda da saúde das pessoas.

“A qualquer momento vai haver um encerramento pontual das urgências, salvaguardando sempre que nunca será colocada em causa a vida das pessoas e que a administração encaminhará os doentes para os outros hospitais”, afirmou Vítor Dinis, da Comissão de Utentes.

Para evitar este cenário, é feito um apelo para que os utentes utilizem as urgências hospitalares apenas em situações realmente urgentes.

Nos outros casos devem contactar a linha SNS 24 (808 24 24 24) ou então recorrer aos Centros de Saúde, uma situação que a Comissão de Utentes encara com alguma preocupação, devido à limitada capacidade de resposta.

“Defendemos que o Estado se deveria preocupar em arranjar uma solução em que os utentes não graves não fossem às urgências sem passar pelos centros de saúde, só que há um senão, porque nós sabemos como estão os centros de saúde, igualmente com falta de pessoal. Até custa apelar para que as pessoas vão aos centros de saúde, quando não há resposta aos utentes”, confessou Vítor Dinis.

A administração garante que adotará as medidas necessárias possíveis para dar a melhor resposta.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Suspeito de esfaqueamento detido pela Judiciária

Um homem de 24 anos que tentou matar outro com uma faca, no ano passado em Rio Maior, foi detido no dia 24 de maio pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária em Ferrel, no concelho de Peniche.

pj

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

almeida 3