Q

Previsão do tempo

17° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 22° C
17° C
  • Saturday 27° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 22° C
17° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 23° C

Centros de Alto Rendimento disponíveis para atletas ucranianos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os diversos Centros de Alto Rendimento do país, incluindo os de Caldas da Rainha, Peniche, Nazaré e Rio Maior, foram disponibilizados para acolher atletas e técnicos ucranianos de alto rendimento que desejem prosseguir a preparação desportiva em condições de paz e segurança.

Os diversos Centros de Alto Rendimento do país, incluindo os de Caldas da Rainha, Peniche, Nazaré e Rio Maior, foram disponibilizados para acolher atletas e técnicos ucranianos de alto rendimento que desejem prosseguir a preparação desportiva em condições de paz e segurança.

A capacidade dos Centros de Estágio fica à disposição dos atletas e técnicos que escolham Portugal para dar continuidade à preparação, sendo que o prazo de permanência decorrerá pelo tempo que for necessário. A operação será feita em articulação com os municípios, de forma a garantir as condições de treino, de alojamento, alimentação e apoio logístico.

A comitiva olímpica ucraniana nos últimos Jogos de Tóquio contou com 157 atletas, divididos por 25 modalidades, tendo conquistado 19 medalhas (uma de ouro, seis de prata e 12 de bronze).

Na região estão disponíveis os centros de alto rendimento das Caldas da Rainha (badminton), Peniche e Nazaré  (surf, bodyboard, longboard [potencial para integrar jetski e motas de água, canoagem, remo e vela (kitesurf)], e Rio Maior (natação).

Até à passada sexta-feira o Instituto Português do Desporto e Juventude tinha recebido pedidos de acolhimento de cerca de vinte atletas e técnicos ucranianos de cinco modalidades, nomeadamente natação, badminton, xadrez, atletismo e ténis de mesa, pelo que os centros de alto rendimento de Caldas da Rainha e Rio Maior estão entre os primeiros a serem ativados para o efeito.

A federação ucraniana de badminton apelou aos patrocinadores das federações e atletas russos e bielorussos para cessarem o apoio, revelando que muitos atletas ucranianos em vez de estarem a treinar e a participar em torneios, estão com armas nas mãos a proteger a Ucrânia.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Suspeito de esfaqueamento detido pela Judiciária

Um homem de 24 anos que tentou matar outro com uma faca, no ano passado em Rio Maior, foi detido no dia 24 de maio pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária em Ferrel, no concelho de Peniche.

pj

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

almeida 3