Q

Previsão do tempo

10° C
  • Thursday 13° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 11° C
10° C
  • Thursday 13° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 12° C
10° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 11° C

Comissão de Proteção de Crianças e Jovens aposta na prevenção

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A CPCJ – Comissão de Proteção de Crianças e Jovens do Cadaval revelou que a evolução dos maus tratos no concelho no período da pandemia “não foi significativa”, apontando que “não têm havido grandes oscilações” em relação aos últimos anos no que diz respeito a situações de maus tratos na infância e juventude.
Carlos Pereira é o responsável da comissão no Cadaval

A CPCJ – Comissão de Proteção de Crianças e Jovens do Cadaval revelou que a evolução dos maus tratos no concelho no período da pandemia “não foi significativa”, apontando que “não têm havido grandes oscilações” em relação aos últimos anos no que diz respeito a situações de maus tratos na infância e juventude.

O coordenador, Carlos Pereira, indicou que a CPCJ do Cadaval acompanha, numa média mensal, trinta processos de promoção e proteção ativos.

“Denunciar, sinalizar e referenciar casos de maus tratos e abusos poderá ser feito através do telefone, por escrito, por correio eletrónico ou presencialmente (esta é sempre a forma mais aconselhada, para esclarecer quaisquer dúvidas). Em qualquer situação, excetuando entidades públicas, o sinalizador poderá sempre fazê-lo privilegiando o anonimato”, explica.

Segundo faz notar, “a aposta deverá ser sempre a da prevenção primária – sensibilizar antes que o perigo aconteça”.

A taxa de execução do plano de atividades de 2021 da CPCJ do Cadaval rondou os 80 por cento, o que, face aos tempos de pandemia, considera “um excelente resultado”.

Foi a 23 de novembro que a CPCJ do Cadaval levou a efeito a última atividade planeada para 2021, integrada na temática da Prevenção Rodoviária e que envolveu as crianças do 1.º Ciclo e Jardim de Infância de Chão de Sapo, com distribuição de “flyers”, sensibilizando os condutores para algumas regras rodoviárias e dando a conhecer, também, os princípios orientadores da CPCJ e incutindo  responsabilidade rodoviária nas crianças. Tratou-se de uma parceria da CPCJ com o Agrupamento de Escolas do Cadaval, GNR – Escola Segura e Junta da União das Freguesias Lamas/Cercal.

 Antes disso, a 17 de novembro, a CPCJ promoveu uma conferência visando a prevenção no capítulo do “Absentismo Escolar”, uma das muitas situações de perigo comunicadas à entidade. Em parceria com o Agrupamento de Escolas do Cadaval, esta atividade foi dirigida aos diretores de turma, aos responsáveis dos estabelecimentos de ensino do 1.º ciclo e jardins de infância e Serviço de Psicologia e Orientação, visando a partilha de conteúdos desta sessão formativa com os seus pares. Sofia Gonçalves, professora e investigadora na Escola Superior de Educação de Coimbra, partilhou algumas das ferramentas passíveis de pôr em prática no combate ao absentismo/abandono escolares, promovendo também o sucesso escolar.

A 30 de outubro, a CPCJ promoveu o 2.º módulo da conferência “Maus Tratos na Infância e Juventude”. Para tal, voltou a contar com a presença e intervenção de Fátima Duarte, psicopedagoga, em representação da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens.

A 25 de junho, a CPCJ do Cadaval organizou, no cineauditório Valentina de Abreu (Cadaval), uma conferência acerca da importância de brincar, que teve como orador o professor catedrático Carlos Neto.

A 26 de abril, a CPCJ do Cadaval reuniu com as designadas entidades com competência em matéria de infância e juventude mais representativas do concelho, visando o despertar de consciências para a importância da prevenção dos maus tratos infantis.

No encontro, realizado ao ar livre, junto à respetiva sede, a CPCJ alertou para o dever/responsabilidade comum na proteção e promoção dos direitos da criança.

A comissão, apesar dos constrangimentos atuais, não deixou de assinalar Abril – Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância. Neste contexto, foram colocados 58 laços azuis nos locais mais emblemáticos do concelho.

A colocação dos simbólicos laços incluiu sedes de junta de freguesia, estabelecimentos de ensino, igrejas paroquiais, entre outros espaços locais.

 Esta iniciativa teve como principal objetivo o alertar de consciências da comunidade em geral para a importância da prevenção dos maus tratos na Infância e para a importância do fortalecimento das famílias no sentido de uma parentalidade positiva.

As atividades consagradas no plano anual já aprovado para 2022, no âmbito da prevenção primária, são atividades para combater três vertentes, divididas em três grupos de trabalho: Negligência (“Eu no meu mundo”; atividade formativa e lúdica, pelo professor Carlos Neto, para esclarecer crianças e jovens sobre a temática); Absentismo Escolar (pintura de mural na escola sede do Agrupamento de Escolas do Cadaval; encontros motivacionais para professores/educadores; jogo familiar); Maus Tratos (colocação de laço azul na Praça da República e nos Paços do Concelho e formação de laço azul gigante pelas crianças; construção da árvore de Natal alusiva ao tema; peça de teatro alusiva ao tema).

 Para além destas atividades, haverá outras transversais a todos os grupos: Prevenção Rodoviária, envolvendo crianças dos estabelecimentos de ensino de Alguber, realização de seminário alusivo à negligência, absentismo e maus tratos, e sessões de esclarecimento sobre o que é a CPCJ.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Câmara prepara intervenção no Skate Parque

O vice-presidente da Câmara das Caldas da Rainha, Joaquim Beato, e o presidente da União de Freguesias de Santo Onofre e Serra do Bouro, Nuno Santos, estiveram, no passado fim-de-semana, no Skate Parque, para ouvir as ideias dos utilizadores daquela infraestrutura desportiva acerca dos melhoramentos necessários.

Concertos da Vila

A primeira edição dos Concertos da Vila, uma iniciativa da Câmara Municipal da Nazaré, que irá decorrer no cineteatro, arranca com quatro noites de música ao vivo, com artistas locais.

Nazaré substitui conduta com mais de 65 anos

Os Serviços Municipalizados da Nazaré começaram a instalar a nova conduta elevatória de águas residuais domésticas da Estação Elevatória de Águas Residuais Norte.