Q

Previsão do tempo

16° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 24° C
16° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 24° C
16° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 26° C

Candidatos do PSD por Leiria queixam-se de “negligência” na linha do Oeste

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os candidatos do PSD a deputados pelo distrito de Leiria nas próximas eleições legislativas viajaram na passada segunda-feira pela Linha do Oeste e queixaram-se de “negligência, desleixo e atraso na solução de problemas de uma via estruturante para o distrito”.
Os candidatos a deputados pelo distrito de Leiria, Paulo Mota Pinto e Hugo Oliveira, na estação das Caldas

Os candidatos do PSD a deputados pelo distrito de Leiria nas próximas eleições legislativas viajaram na passada segunda-feira pela Linha do Oeste e queixaram-se de “negligência, desleixo e atraso na solução de problemas de uma via estruturante para o distrito”.

A comitiva, liderada por Paulo Mota Pinto, cabeça de lista por Leiria, foi de comboio do Bombarral ao Louriçal, demorando cerca de três horas, mais do dobro do tempo que leva o autocarro. “Com esta ação, entendemos que a Linha do Oeste é um exemplo que caracterizou a ação do governo central, no distrito, ao longo dos últimos anos”, sublinhou Paulo Mota Pinto.

No que diz respeito à requalificação da Linha do Oeste, o líder da lista do PSD pelo distrito disse que “a modernização para o sul está em projeto para ser adjudicada, mas com uma velocidade demasiado lenta”. Face a isso considera que “deveria ter havido cuidado em aumentar as velocidades para tornar o comboio concorrencial com a Rodoviária”.

Segundo Paulo Mota Pinto, “a obras de requalificação para o sul das Caldas estará pronta em quatro anos, mas para o norte só em 2030”.

O candidato voltou a criticar a falta de aumento de velocidade dos comboios de modo a tornar a linha “concorrencial com o autocarro, que era fundamental para que a população que se desloca diariamente das Caldas a Lisboa pudesse utilizar o comboio como um meio de transporte mais amigo do ambiente e mais confortável”.

Caso for eleito Paulo Mota Pinto promete que irá debater a aceleração da modernização da linha e o aumento da velocidade dos comboios, para que a linha possa “ser um elemento estruturante do distrito”.  

Em declarações ao JORNAL DAS CALDAS apelou que “não se repetisse a confusão entre as funções de governante e candidato que se tem registado nos últimos tempos, com visitas a centros de vacinação, hospitais, entre outros”. “Isso não correu bem nas autárquicas e espero que evitem que tenhamos que fazer uma queixa formal”, sublinhou.  

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

premio 1

VMER volta a ter mais saídas para situações de trauma

A Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) das Caldas da Rainha no serviço de urgência do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) voltou à situação “normal” de seis a sete saídas por turno de oito horas, número que havia reduzido nos dois últimos anos de pandemia. No dia 15 de maio foi celebrado o 20º aniversário da VMER.

vmer 1