Q

Previsão do tempo

11° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 14° C
  • Monday 15° C
11° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 15° C
  • Monday 15° C
11° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 15° C
  • Monday 16° C

APAV inaugurou Gabinete de Apoio à Vítima

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima inaugurou no passado dia 10 um novo Gabinete de Apoio à Vítima, no edifício da antiga Câmara Municipal do Cadaval. Esta nova delegação, que disponibiliza apoio emocional, jurídico, psicológico, social e prático, com atendimento e acompanhamento confidencial e gratuito, tem como objetivo “criar uma resposta que apoie as vítimas de qualquer tipologia de crime, familiares e amigos”, face ao crescente número de pedidos de ajuda que vêm da zona do Cadaval.
Técnicas e presidente da APAV, João Lázaro

A APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima inaugurou no passado dia 10 um novo Gabinete de Apoio à Vítima, no edifício da antiga Câmara Municipal do Cadaval. Esta nova delegação, que disponibiliza apoio emocional, jurídico, psicológico, social e prático, com atendimento e acompanhamento confidencial e gratuito, tem como objetivo “criar uma resposta que apoie as vítimas de qualquer tipologia de crime, familiares e amigos”, face ao crescente número de pedidos de ajuda que vêm da zona do Cadaval.

O novo gabinete surge na sequência de um protocolo de cooperação, assinado entre a Câmara Municipal e a APAV que cedeu as instalações à associação, com intuito de ter “todas as condições para realizar uma intervenção de apoio às vítimas de qualquer tipologia de crime, que anteriormente era prestado em outros gabinetes da região, e ainda dar uma resposta qualificada e especializada no território”, sublinhou a gestora da APAV do Cadaval, Patrícia Ferreira.

Para esta abertura também contribuiu o crescente número de pedidos de ajuda à APAV nacional que vêm da zona do Cadaval. “Através dos números registados no Cadaval, conseguimos perceber a necessidade de haver no terreno uma resposta qualificada e humanizada às pessoas vítimas de um crime”, esclareceu a técnica do novo gabinete, adiantando que no ano transato o concelho registou 331 situações de criminalidade registada ao nível da violência doméstica e maus tratos, entre outros.

Essa tendência crescente também é comum na região Oeste, verificando-se “um crescimento nos números desde 2009 até 2020”, no entanto, “não correspondem à verdade”, pois há muitas pessoas que nunca procuraram ajuda e vivem situações que, a partir de agora, serão sinalizadas.

Com este novo serviço, a APAV alarga assim a amplitude da sua rede nacional de serviços de proximidade, que inclui Gabinetes de Apoio à Vítima, Equipas Móveis de Apoio à Vítima, Polos de Atendimento em Itinerância, Sub-Redes Especializadas, Casas de Abrigo, Sistema Integrado de Apoio à Distância e Linha Internet Segura, e também pretende trabalhar de perto com as entidades do território como a GNR, o Centro de Saúde, a Santa Casa da Misericórdia, a Junta de Freguesia, a Câmara Municipal (com quem já há protocolo), as IPSS locais e o Agrupamento de Escolas, bem como realizar ações de sensibilização e de prevenção.

Na inauguração o presidente da APAV, João Lázaro, agradeceu a todas as entidades presentes, sobretudo a parceria estabelecida com a autarquia do Cadaval face a “um objetivo que era comum”. “No vosso caso alargar o espetro e a qualidade de serviço à população, e no nosso caso ter um gabinete no Cadaval, centrado na comunidade e ligado à intervenção e apoio”, frisou João Lázaro, adiantando que “o apoio à vítima faz-se protegendo e em interligação com todas organizações privadas e públicas que estão relacionadas com as vítimas”.

O presidente da Câmara Municipal, José Bernardo Nunes, declarou que “o objetivo foi criar um núcleo que possa permitir apoiar as vítimas e ajudar a quebrar o tabu que ainda existe em denunciar as agressões”. Nesse sentido, “espero que o gabinete venha a dar frutos e que contribua para a diminuição da violência no Cadaval e na região”.

Além da sala de atendimento destinada ao apoio psicológico especializado, que foi pensada e decorada para acolher quem precisa de ajuda, de forma a não haver “um lado de cá e um lado de lá”, o espaço conta com uma “Sala Maria Raquel Ribeiro”, que serve de homenagem à associada fundadora da APAV, Maria Raquel Ribeiro.

O espaço, que disponibiliza o serviço de apoio emocional, jurídico, psicológico, social e prático, com atendimento e acompanhamento confidencial e gratuito, é desenvolvido por uma equipa técnica e voluntários e está aberto às segundas, quartas e sextas-feiras das 9h30 às 13h e das 14h às 19h30, e às terças e quintas-feiras entre as 9h30 e as 13h.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Romance “Trilhos Incertos” na Biblioteca Municipal

Helena Soares Silva esteve no passado sábado na Biblioteca Municipal do Cadaval para o lançamento oficial do seu mais recente romance, intitulado “Trilhos Incertos”. Nascida em Timor-Leste, em 1962, e residente na freguesia do Peral (Cadaval), a autora tem esses locais como fonte de inspiração para a sua escrita.

trilhos

VitiOeste, líder de mercado de plantas para a vinha em Portugal

Poucos de fora do setor saberão que na freguesia do Pó, no concelho do Bombarral, sai para o mercado nacional e internacional entre 60 a 70 por cento da produção nacional de bacelos e enxertos prontos de videira, que dão origem a muitos dos vinhos produzidos e consumidos em Portugal. Este é o culminar de um trabalho de seleção iniciado há 70 anos pelos Viveiros VitiOeste, que anualmente conserva e replica milhares de genótipos de 90 castas nacionais e internacionais, tornando-a líder de mercado de plantas para a vinha em Portugal.

vitioeste