Q

Previsão do tempo

10° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 14° C
10° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 14° C
10° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 14° C

PSD apresenta “um programa ambicioso e detalhado” com 160 propostas

Mariana Martinho

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Partido Social Democrata apresentou na passada sexta-feira “um programa completo e um guia para os próximos quatro anos”, com 160 propostas ligadas aos “três problemas crónicos que entravavam o concelho em 2013 - o Hospital Termal, a Lagoa de Óbidos e a Linha do Oeste”, bem como iniciativas relacionadas com a agricultura, comércio, cultura, educação, desporto e juventude, com o intuito de “colocar Caldas em primeiro”.
O candidato do PSD apresentou o programa eleitoral

A apresentação do programa eleitoral do PSD, que “compromete-se a imprimir uma nova dinâmica para o nosso concelho”, decorreu na sede do partido, em Caldas da Rainha, com a participação do candidato à Câmara Municipal, Tinta Ferreira.

Para colocar “Caldas Primeiro”, o partido propõe 160 propostas, que “resultam em grande parte da ação já existente da autarquia e de planos estratégicos em curso”, frisou o candidato do PSD.

Nesse sentido, o partido preparou “um programa completo e que será o guia para os próximos quatro anos, deixando ainda documentos e projetos para os anos seguintes”. Esse guia, “que terá seguramente efeito na próxima década”, será “um programa ambicioso, detalhado e extenso”, mas que revela muito daquilo que o PSD pretende fazer. Das 160 propostas, o atual presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha destacou 20, que considera como estruturantes da atividade, mesmo que não sejam novidades ou que tenham impacto financeiro, mas que revelam qual a linha que o partido quer seguir.

Além de dar continuidade aos “três problemas crónicos que entravavam o concelho em 2013 e que são a questão do Hospital Termal, o assoreamento da Lagoa de Óbidos, o atraso e lentidão da Linha do Oeste”, o partido também apresenta propostas complementares ao que está em marcha.

No que diz respeito ao Hospital Termal pretende a conclusão da segunda e terceira fase das respetivas obras e iniciar a projeção de um novo Balneário Termal. “Vamos seguramente projetar aquilo que é a execução de um novo Balneário Termal, que seja complementar”, explicou o candidato do PSD, adiantando que também “será decisiva a questão dos pavilhões do Parque D. Carlos I, na perspetiva que o hotel de cinco estrelas seja concretizado, sendo a salvação dos mesmos”.

Por outro lado, as matérias relacionadas com a investigação, a formação termal e novos produtos serão “também naturalmente desenvolvidas”.

Relativamente à Lagoa de Óbidos, o partido defende a necessidade de reavivar novamente os canais que estão mais próximos da aberta, bem como será “importante adquirir uma draga em conjunto com o Município de Óbidos”. “A dragagem da Lagoa é importante, mas sem a reabilitação lagunar e marítima da Avenida do Mar e do cais, que acompanham a Lagoa, com todos os equipamentos, o projeto ficará incompleto”, frisou Tinta Ferreira.

Na Linha do Oeste, em que o concurso para a reabilitação e eletrificação está em curso, o PSD vai exigir a sua rápida adjudicação, conclusão da obra e início para norte. Contudo, será “importante garantir que a execução da obra criará pontos de apoio necessários para que a linha se desenvolva”, e nesse sentido irá focar-se no alargamento da Rua da Estação, na nova via pedonal, entre outros aspetos.

Saindo da visão de 2013, o PSD vai manter “uma defesa intransigente” quanto ao novo hospital, nomeadamente “pela reversão do modelo de organização do hospital atualmente existente e que haja um novo hospital com permanência em Caldas da Rainha, sendo uma questão de que não abdicamos”, afirmou o candidato do PSD.

Dentro das iniciativas estruturais constam a criação da loja do munícipe, a desmaterialização de processos e informações, uma gestão documental digitalizada, a valorização profissional dos trabalhadores municipais para proporcionar uma melhor resposta aos cidadão e empresas, e reforçar as delegações de competências às Juntas de Freguesia, em que “vamos continuar com esse processo de descentralização”.

Na área da agricultura, o candidato do PSD considera relevante voltar a realizar a Feira da Fruta no Parque D. Carlos I, bem como apoiar a valorização da atividade hortícola e frutícola da região. Paralelamente irá promover em parceria com a ACCCRO-Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste, uma nova incubadora de empresas em Caldas da Rainha, no sentido de “atrair mais jovens no concelho”, a construção de um centro de apoio ao empresário com a AIRO- Associação Empresarial da Região Oeste no loteamento de empresas de base tecnológica e a conclusão dos projetos e início de infraestruturação das áreas empresarias de Santa Catarina, Vidais, São Gregório e Santa Cecília, sendo “zonas industriais fundamentais para a criação de riqueza na nossa região”.

Na vertente do turismo, Tinta Ferreira pretende apoiar o turismo rural e de natureza, visto que “todas as pessoas já sabem o que estamos a fazer em termos de valorização do nosso turismo e o que tem sido a procura das Caldas da Rainha nos últimos anos”. Nesse sentido propõe o estabelecimento de um protocolo de parceria com o Estado, de modo a poder intervir na revitalização da Mata das Mestras, com a construção de uma pista de BTT e um centro de trilhos, bem como o aproveitamento da Barragem de Alvorninha.

Relativamente à saúde salientou a “requalificação do Centro de Saúde das Caldas da Rainha, em que não é uma novidade em termos de ideia, mas é decisiva no ponto de vista dos cuidados de saúde primários”, como também irão ser “mais proativos naquilo que é a promoção dos estilos de vida saudáveis, adequados hábitos alimentares e apoiar a saúde mental”. Contudo, garantiu que “a novidade para o próximo mandato” será a questão da prática dos transportes alternativos, com ampliação da rede de ciclovias e uma ecovia, “que ajude a ligar a cidade à Lagoa”.

Na área social, o candidato do PSD destacou o aumento da rede social, com a aquisição de fogos para a habitação social ou casas de transição, pois “infelizmente começámos a ter mais pessoas com dificuldades a esse nível”, e ainda “uma maior dedicação ao apoio dos mais carenciados”, com a criação de um gabinete de apoio à família.

Ao nível da educação, o programa pretende continuar as requalificações das escolas, promoção da educação para saúde e da escola de pais, com a formação parental. Também salientou a ampliação e a requalificação do Museu da Cerâmica, que será a “obra deste mandato do ponto de vista da cultura”, assim como o Museu do Humor, com a criação de um “cluster novo”, e a criação de uma bolsa criativa na cidade.

O PSD pretende requalificar o skate park, com “um projeto que o torne novamente um dos principais recintos do país a este nível”, bem como projetar um pavilhão comunitário de desportos de rua, planear uma pista de Triatlo Sprint junto à Lagoa de Óbidos, criar um espaço de co working para o uso de estudantes e trabalhadores, e a reabilitação urbana nas sedes das freguesias rurais. Por fim, “iremos continuar a ser o concelho com os impostos mais baixos do Oeste, com a fatura de água mais barata, e a promover uma política de rigor e gestão orçamental, para que possamos ser o concelho da região que cobra menos aos seus concidadãos“.

Para o candidato do PSD, “este é o programa que não só destaca aquilo que é mais estrutural, como também apresenta ideias e projetos novos à comunidade”.

Já o presidente da Comissão Política Concelhia do PSD das Caldas da Rainha, Daniel Rebelo, referiu que “este é um projeto que vincula o PSD não só às eleições autárquicas, como também ao mandato autárquico, que irá até 2025”. Além desta iniciativa, o partido vai realizar no dia 5 de setembro uma “cerimónia única, onde irá apresentar todos os candidatos”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Associação comercial reduz pegada ecológica

A ACCCRO – Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste vai realizar no dia 3 de dezembro uma ação de sensibilização e de distribuição de árvores, para que estas sejam plantadas em locais a selecionar pelas juntas de freguesia.

dsc 0488

Almoço pedagógico

O polo de Peniche da Escola Profissional Alda Brandão de Vasconcelos realizou um almoço pedagógico no Restaurante BrisaMar, no Hotel PinhalMar Peniche, confecionado e servido pelos alunos do Curso Profissional Técnico de Cozinha/Pastelaria.

solidario

Professor caldense concorre às eleições legislativas

Carlos Ubaldo, de 57 anos, professor na Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, em Caldas da Rainha, é o nº 3 na lista do Bloco de Esquerda no distrito de Leiria nas próximas eleições legislativas, depois de ter sido o candidato à Câmara Municipal das Caldas da Rainha nas últimas eleições autárquicas.