Q

Previsão do tempo

11° C
  • Tuesday 14° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 10° C
10° C
  • Tuesday 14° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 10° C
10° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 9° C

Rio Maior recua no desconfinamento e Caldas avança

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Rio Maior é um dos quatro concelhos que vai recuar no processo de desconfinamento, regressando às regras da fase anterior (que estiveram em vigor de 15 março a 5 de abril), o que implica o encerramento de esplanadas e o regresso do comércio ao postigo, o fecho de lojas até 200 metros quadrados com porta a rua, de ginásios, museus, monumentos, palácios, galerias de arte e similares, para além da proibição de feiras e mercados não alimentares, e de modalidade desportivas de baixo risco. Ao contrário do que havia sido equacionado, os concelhos em redor não irão sofrer restrições, pelo que, por exemplo, Caldas da Rainha prosseguirá para a fase seguinte.

Em Rio Maior será permitido o comércio automóvel e mediação imobiliária, e o funcionamento de salões de cabeleireiros, manicures e similares, após marcação prévia, de estabelecimentos de comércio de livros e suportes musicais, de parques, jardins, espaços verdes e espaços de lazer, de bibliotecas e arquivos.

É permitido ao ensino secundário e ao ensino superior regressar ao modo presencial.

A circulação entre concelhos só é autorizada com justificação enquadrada nas exceções previstas.

Nesta situação, cujas medidas serão aplicáveis a partir de 19 de abril, estão os concelhos que, pela segunda avaliação quinzenal consecutiva, se encontram com uma taxa de incidência superior a 240 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Para além de Rio Maior, é o caso de Moura, Odemira e Portimão.

Há seis concelhos onde se mantém o atual desconfinamento, sendo um deles no distrito de Leiria – Marinha Grande. Os outros municípios são Alandroal, Albufeira, Carregal do Sal, Figueira da Foz e Penela.

Nesta categoria estão os concelhos que, pela segunda avaliação quinzenal consecutiva, se encontram com uma taxa de incidência superior a 120 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

Permite-se o funcionamento de lojas até 200 metros quadrados com porta para a rua, feiras e mercados não alimentares (por decisão municipal), funcionamento de esplanadas (com a limitação máxima de quatro pessoas por mesa) até às 22h30 nos dias de semana e até às 13h aos fins de semana, prática de modalidades desportivas consideradas de baixo risco, atividade física ao ar livre até quatro pessoas e ginásios sem aulas de grupo, funcionamento de ginásios sem aulas de grupo, e funcionamento de equipamentos sociais na área da deficiência. O ensino secundário e ensino superior regressam ao modo presencial.

Todos os restantes concelhos vão prosseguir com a terceira fase do plano de desconfinamento. Além das medidas em vigor desde 5 de abril, permite-se a abertura de todas as lojas e centros comerciais, restaurantes, cafés e pastelarias (com o máximo de quatro pessoas por mesa no interior ou seis por mesa em esplanadas), até às 22h30 nos dias de semana ou 13h nos fins-de-semana e feriados.

Podem abrir cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos e lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação.

Autoriza-se a prática de modalidades desportivas de médio risco, atividade física ao ar livre até seis pessoas, realização de eventos exteriores com diminuição de lotação (cinco pessoas por 100 metros quadrados), e casamentos e batizados com 25% de lotação do espaço.

“Corrigir comportamentos menos corretos”

Luís Santana, presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, numa comunicação à população, disse que a tendência dos casos de Covid-19 no concelho “é decrescente e pese embora ainda não cumpramos todos os requisitos necessários, estou certo que em breve iremos conseguir fazê-lo”.

O autarca agradeceu “à comunidade que está a fazer um enorme esforço para cumprir com as regras em vigor”.

“É notório, na cidade e no concelho, um maior policiamento e presença das autoridades, e só com uma presença dissuasora das autoridades é possível corrigir os comportamentos menos corretos que alguns vão insistindo em ter”, manifestou.

O presidente da Câmara revelou ainda que tem sido realizada uma grande quantidade de testes à comunidade em geral e nas empresas. Por outro lado, a vacinação decorre em “ritmo normal”.

Nesta quinta-feira, o concelho apresentava 33 casos ativos e 142 pessoas em vigilância ativa. Já foram registados 51 óbitos, 2400 casos confirmados e 2316 recuperados.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Colisão entre dois carros mata duas mulheres e fere outra

Mãe e filha morreram e outra mulher sofreu ferimentos ligeiros num choque frontal entre dois carros, na manhã deste domingo, na estrada onde se localiza a central fruteira Frutalvor, junto ao cruzamento para os Infantes, nas Caldas da Rainha.

acidente

Voleibol feminino de Óbidos em jogo treino

As equipas femininas de voleibol da Associação Desportiva de Óbidos levaram a cabo um jogo treino, na passada quarta-feira, em Óbidos, no Pavilhão Municipal, contra o Sport Operário Marinhense, da Marinha Grande.

voleibol