Q

Previsão do tempo

19° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 25° C
  • Wednesday 27° C
19° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 26° C
  • Wednesday 27° C
19° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 30° C

Internato de 75 novos médicos em hospitais do Oeste

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) acolheu 75 médicos internos, que escolheram as unidades das Caldas da Rainha e de Torres Vedras para completarem o seu processo de formação médica.
Hospital das Caldas da Rainha

Desde o passado dia 4 que o CHO recebe 64 médicos da formação geral e 11 de formação especializada em pneumologia (1), ginecologia/obstetrícia (1), ortopedia (1), medicina interna (4), cirurgia geral (2) e pediatria (2). Comparativamente ao ano anterior, em 2021 regista-se um aumento no número de médicos internos (mais 14) que escolheram o CHO para realizar o internato médico.

Devido à atual situação de pandemia, a cerimónia de acolhimento promovida pela direção do internato médico do CHO decorreu em formato online e contou com as intervenções do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Sales, do presidente do Conselho Nacional do Internato Médico, João Ribeiro, do Bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, e do médico intensivista, Gustavo Carona.

O conselho de administração do CHO considera que o aumento do número de internos que escolheram o CHO “representa o reconhecimento da qualidade da capacidade formativa da instituição”.

O internato médico realiza-se após a licenciatura/mestrado integrado em medicina e corresponde a um processo de formação médica especializada, teórica e prática, que tem como objetivo habilitar o médico ao exercício tecnicamente diferenciado na respetiva área de especialização.

No primeiro ano, designado por formação geral, os médicos passam durante nove meses pelos serviços hospitalares de medicina interna, pediatria e cirurgia geral. Os restantes três meses são dedicados à especialidade de medicina geral e familiar e à saúde pública, nos centros de saúde do Oeste. No que respeita à formação especializada, pode ter a duração de quatro a seis anos, dependendo da área de especialidade.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Rui Gonçalves é candidato a presidente da distrital do Chega

Rui Gonçalves, das Caldas da Rainha, é candidato a presidente da distrital de Leiria do partido Chega, estando as eleições marcadas para 9 de julho, na sequência de irregularidades detetadas pelo Conselho de Jurisdição Nacional, no anterior ato eleitoral.

rui

Inaugurado centro de residências artísticas

Um centro de residências artísticas situado na cidade de Alcobaça é dado a conhecer a partir desta sexta-feira, com a inauguração da exposição de um de cinco artistas ucranianos que se encontram alojados temporariamente no espaço, num projeto criado por uma equipa que inclui um elemento formado em artes plásticas na Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha.

central1

Ciclista de equipa de Ribafria ganha título nacional

Decorreram no passado fim-de-semana, em A-do-Barbas, no concelho de Leiria, os campeonatos nacionais de contrarrelógio individual e fundo master´s. Em competição estiveram cerca de 300 atletas nas nove categorias, nas quais foram atribuídas as respetivas camisolas de campeão nacional.

ribafria 1