Q

Previsão do tempo

9° C
  • Tuesday 10° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 14° C
9° C
  • Tuesday 10° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 13° C
9° C
  • Tuesday 10° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 13° C

Ministra da cultura na estreia de peça do Teatro da Rainha

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A peça “Jogo do Fim”, de Samuel Beckett, encenada pelo Teatro da Rainha, estreou na semana passada e ficou marcada pela presença da ministra da Cultura, Graça Fonseca.
Peça “Jogo do Fim” (foto Margarida Araújo)

“A presença da governante nesta estreia é reveladora da importância do trabalho desenvolvido por esta companhia nos seus mais de 30 anos de atividade continuada”, considera a Câmara Municipal das Caldas da Rainha.

O percurso do Teatro da Rainha tem sido pautado pelos mais variados projetos, alguns fora de Portugal, sendo também a única companhia de teatro profissional no ativo entre Coimbra e Lisboa.

Em o “Jogo do Fim”, num tempo para lá do tempo, quatro personagens são o que sobra da humanidade numa espécie de bunker, refúgio, abrigo ou covil, em torno do qual um mar de cinzas tomou conta da natureza.

Escrita na ressaca da Segunda Grande Guerra, sob a ameaça de um conflito nuclear, o “Jogo do Fim” é o retrato de um espaço e de um tempo possíveis após o apocalipse. A um cessar do tempo corresponde também a claudicação das utopias, a ausência de horizontes, a memória feita detrito, uma espera em que o presente se joga na ausência de qualquer perspectiva acerca do futuro.

Em cena na sala estúdio da companhia até ao dia 21 de novembro, tem encenação de Fernando Mora Ramos e tradução e direção de atores de Isabel Lopes. Ambos fazem igualmente parte do elenco, juntamente com Fábio Costa e Nuno Machado.

O espetáculo pode ser visto de quarta a sábado, com lotação reduzida para se manter o distanciamento. Os bilhetes custam sete euros e meio, sendo de quatro euros para estudantes, seniores e grupos com mais de seis pessoas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Vamos Mudar critica utilização da ampliação da Urgência do Hospital

O movimento cívico independente Vamos Mudar (VM), que lidera a Câmara Municipal das Caldas da Rainha, lamenta e desconhece as razões pelas quais as obras de ampliação do Serviço de Urgência do Hospital das Caldas “não estão a ser ainda amplamente aproveitadas”. O VM questiona se é por “falta de acabamentos, de equipamentos ou de recursos humanos”.

vm 2

Mercado de Santana foi palco do início de campanha do CDS com o líder

A campanha para as eleições legislativas começou para o CDS no concelho das Caldas da Rainha, mais propriamente no Mercado de Santana, em Alvorninha, no passado domingo, com a presença do líder do partido, Francisco Rodrigues dos Santos, acompanhado dos cabeças de lista por Leiria e Santarém, António Galvão Lucas e Pedro Melo, respetivamente, para além de outras figuras, como o candidato em nº4 por Leiria, Paulo Pessoa de Carvalho, que nas últimas autárquicas liderou a coligação na qual constava o CDS, que concorreu à Câmara das Caldas.

cds

Homenagem a Luís “Bicau”

A Oeste Rescue, associação de nadadores salvadores, prestou na tarde do passado sábado homenagem ao Luís Alberto, conhecido por “Bicau”, de 44 anos, que há dias foi encontrado morto nas imediações da Lagoa de Óbidos.

bicau