Q

Previsão do tempo

17° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 27° C
17° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 29° C
  • Wednesday 28° C
17° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 32° C
  • Wednesday 30° C
9ª Jornada CN 1ª Divisão Seniores

Pelicanos no 1º lugar no final da 1ª Volta

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Encontro aguardado com grande expetativa, afinal defrontavam-se os dois primeiros classificados do CN1 – o Caldas e o CR Évora - ambas as equipas com algumas ausências importantes.
Alegria caldense com a vitória

Aos 4 minutos uma iniciativa do 1º centro caldense, Tomas Jacinto, regressado a esta posição, rompeu completamente a defesa do Évora, jogada continuada com um grubber bem conseguido, a solicitar o defesa Diogo Vasconcelos, que acompanhou, recebeu, já nos cinco metros, e devolveu ao “Fuza” Tomás Jacinto que concluiu com eficácia. Pontapé de transformação de Oky D’Amato, difícil, que não resultou. Aos 8 minutos, jogada à mão, a oval a passar por toda a linha de trás, um cross-kick de Jonathan Nolan, bem capturado, à ponta, por Tomás Melo, e novo ensaio. Pontapé eficaz de Oky D’Amato a acrescentar mais dois pontos. Finalmente, aos 15 minutos, os alentejanos a chegarem ao ensaio por António Fonseca. Aos 19 minutos, Filipe Gil iniciou um vigoroso contra-ataque, bem acompanhado pelo médio-de abertura Jonathan “Nilas” Nolan que endossou ao ponta Tomás Melo que, ao fim de cerca de 70 metros, concretizou o seu segundo toque de meta do dia. A transformação, por Oky D’Amato não resultou. Aos 28 minutos, recuperação do 2º centro pelicano, a progredir de imediato para o terreno eborense, e a passar para Alex Vieira que foi placado, sem bola, quando o ensaio estava eminente. Decisão acertada da arbitragem ao conceder o ensaio de penalidade ao Caldas, faltando, talvez, a amostragem do cartão amarelo. 1ª Parte: Caldas RC 24 pts (3E, 1EP, 1T) CR Évora 5pts (1E). Aos 48 minutos um movimento acabou por resultar em ensaio, pelo asa Lourenço Laginha, bem transformado por Francisco Borges. Aos 55 minutos a oportunidade surgiu para libertar Tomás Melo, neste dia exímio a concretizar. O pontapé de Oky D’Amato, difícil, foi infeliz ao bater no poste. Não tardou muito a responder o Évora. Aos 19 minutos uma penalidade jogada, rapidamente, à mão, foi concretizada entre os postes pelo recém-entrado Gonçalo Duarte Silva. Francisco Borges não enjeitou a chance para acrescentar mais dois pontos. Aos 66 minutos uma formação ordenada do Caldas lançou um ataque rápido, que descobriu, mais uma vez, o ponta Tomás Melo, que faturou um póquer. Oky D’Amato, desta feita, foi exímio no pontapé de transformação colocando o marcador em 36-19. Aos 72 minutos, o recém-entrado 2ª linha Luís Carvalho, foi penalizado com 10 minutos no sin bin, por alguma infantilidade na abordagem ao lance nos seus 5 metros. Na sequência da penalidade, jogada à mão, José Leal da Costa concretizou o quarto ensaio alentejano. Francisco Borges não teve dificuldades na transformação. Aos 78 minutos Oky D’Amato aproveitou para pontapear com êxito aos postes. Foi o fim da crença eborense. Resultado Final: Caldas 39pts (5E, 1 EP, 2T, 1P) vs CR Évora 26pts (4E, 3T). Alinharam pelo Caldas RC: Alexandre Vieira, Bruno Martins, Caetano Perez, David Esteves, Diogo Vasconcelos, Duarte Mourão, Filipe Gil, Gonçalo Cordeiro, Gonçalo Sampaio, Jonathan Nolan, Leonardo Ferreira, Luís Carvalho, Luís Gaspar, Oscar d’Amato (2T, 1P), Ricardo Marques (Cap.), Rui Santos, Salvador Cambournac, Tomas Jacinto (1E), Tomás Melo (4E). Treinador: Patrício Lamboglia; Diretor de Equipa: Tomás Lamboglia; Fisioterapeuta: Rodrigo Santos/Physioclem; Comissário de Jogo: António Ferreira Marques Com este resultado o Caldas RC finalizou a 1ª volta do CN1 no 1º lugar, ex aequo, com CR S. Miguel e CR Évora, as três equipas com 39 pontos. Na próxima jornada, dia 21 de dezembro, pelas 15h00, o Caldas RC recebe o Guimarães RUFC, atual 5º classificado.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

SC Braga e AD Pastéis campeões de futebol de praia na Nazaré

O SC Braga é campeão nacional de futebol de praia pela 8ª vez na sua história, ao vencer na tarde deste domingo a Casa do Benfica de Loures por 3-2, na final da competição de elite masculina, que se jogou no Estádio do Viveiro – Jordan Santos, na Nazaré.

futebol1