Q

Previsão do tempo

12° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 10° C
12° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 10° C
13° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 10° C

Baleia com 15,5 metros na Praia da Almagreira

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Uma baleia com quinze metros e meio de comprimento deu à costa na Praia da Almagreira, em Ferrel, no concelho de Peniche, na passada quarta-feira, provocando uma grande surpresa.
Especialistas e populares a observarem a baleia

Foi ainda vista viva no mar na véspera, acabando por arrojar no areal da praia. Apresentava ligeiras escoriações mas nenhuns sinais evidentes que pudessem indicar a causa da morte.

“Já vi uma baleia há alguns anos dar aqui à costa, mas não pensava que fosse tão grande. Não traz um anzol, nem corda amarrada nem rede, deve ser doença”, comentava um popular.

“Vim passear e deparei-me com isto. É pena porque são animais tão grandes e gostamos é de vê-los no mar e não na praia assim”, manifestou outra pessoa que assistia às operações com máquinas da Câmara de Peniche, que puxaram a baleia mais para o interior do areal para evitar que a maré a levasse.

Para os banhistas e surfistas que frequentam a praia foi uma enorme surpresa. “Observámos algo na água, porque os pássaros estavam por cima e com a maré a baleia veio para o areal e viemos cá vê-la. Estou surpreendida, é uma grande baleia, nunca tinha visto uma, ainda mais na praia onde eu ia tomar banho”, relatou uma turista alemã.

Especialistas estiveram no local a recolher elementos para apurar as causas da morte. Segundo Élia Costa, do Centro de Reabilitação de Animais Marinhos/Ecomar, a baleia-comum macho pesaria entre 15 a 20 toneladas

“Pela observação do animal dá para perceber que tem escoriações provocadas pela agitação marítima e também pelo sol, que faz com que a pele seque mais rapidamente e tenha partes mais degradadas”, revelou, sublinhando que só após a necropsia e análises laboratoriais é que poderia ser possível estabelecer a causa da morte.

No dia seguinte a baleia foi cortada para ser retirada por meios da câmara municipal, uma vez que não era possível removê-la por inteiro, dado o difícil acesso a esta praia do concelho de Peniche. O destino final seria um aterro, onde ia ser enterrada, explicou o responsável municipal da Proteção Civil de Peniche e comandante dos bombeiros, José António.

Golfinhos mortos

No mesmo dia do arrojamento da baleia os especialistas do Centro de Reabilitação de Animais Marinhos/Ecomar tinham estado na Praia do Norte, onde apareceu um golfinho morto. Na mesma semana foram detetados golfinhos mortos na Praia da Consolação e na prainha do Carreiro de Joannes, em Peniche. Nesse último caso estava decapitado, presumindo-se que tenha ficado preso em redes de pesca e sido cortado.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Suspeitos de pesca ilegal fogem à GNR

O Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré da GNR apreendeu seis quilos de meixão naquele concelho, no passado dia 24, no âmbito de uma ação de fiscalização levada a cabo com o objetivo de combater a captura ilegal de enguia europeia, vulgarmente conhecida...

meixao 1

Infantis de Óbidos em bom plano

A equipa de infantis do clube Óbidos Criativa competiu, no passado dia 21 na XXX Taça Vale do Tejo, nas piscinas municipais de Alcobaça. Mara Cotrim, Leonor Martins, Leonor Silva, Justin Borges, Tiago Correia e Pedro Capinha foram os jovens que nadaram com as cores...

infantis 2

Óbidos Cycling Team quer ser referência em sub-23

Nasceu a Óbidos Cycling Team sob a égide do Município de Óbidos, concretizando o sonho do diretor e manager da equipa, Micael Isidoro, ex-ciclista profissional licenciado em treino desportivo com especialização na área do ciclismo, pós-graduação e mestrado em alto...

cycling