Q

Previsão do tempo

13° C
  • Friday 17° C
  • Saturday 13° C
  • Sunday 16° C
13° C
  • Friday 17° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 16° C
13° C
  • Friday 17° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 17° C

Rede Cultura 2027 debateu arquitetura e artes plásticas no CCC

Mariana Martinho

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Rede Cultura 2027, que está inserida na candidatura de Leiria a Capital Europeia da Cultura em 2027, organizou no passado sábado mais um Prelúdio de Ideias em nove Andamentos, mas desta vez em Caldas da Rainha, que teve como principal conclusão que a “arquitetura, conjugada com as artes plásticas, pode transformar os lugares, as cidades, as vilas e a vida das pessoas”.
Painel de oradores do Prelúdio de Ideias em Nove andamentos, que realizou-se na Caldas da Rainha, contou coma moderação da jornalista, Ana Isabel Costa

Este encontro, que teve como tema “Arquitetura e Artes plásticas”, juntou mais de cinquenta gentes e agentes culturais, oriundos de vários dos 26 municípios que constituem a Rede Cultura 2027, no pequeno auditório do Centro Cultural e de Congressos de Caldas da Rainha, para refletir e discutir o tema.

Do painel de oradores fez parte a vereadora da cultura, Maria da Conceição, que aproveitou para relembrar a história e a génese do município, bem como a inauguração e a criação de certos espaços de referência da cidade, como é o caso da Escola Superior de Arte e Design. Igualmente enalteceu as várias atividades e eventos que, ao longo dos anos, a cidade tem feito no âmbito das artes e tem conseguido, através deles, projetar-se no estrangeiro.

Como tal, “este encontro é um dos primeiros passos numa caminhada, que se espera seja bem sucedida, e que certamente vai agitar vários agentes culturais e a sociedade civil”. Além disso permite que “possamos encontrar o caminho e delinear algumas estratégias, de modo a que tenhamos uma produção cultural mais viva e mais participada, e sobretudo melhorar a qualidade de vida nas cidades”.

Samuel Rama, membro do conselho estratégico da Rede Cultura 2027, falou sobre as artes plásticas na contemporaneidade, sendo um conceito que nesta candidatura a capital europeia da cultura “poderá ser aquele que criará pontes com o que virá a seguir”. Sublinhou que a definição de arte é “hoje uma proliferação de práticas artísticas, que misturam os vários domínios, como a pintura e a escultura”.

O docente também considerou que o eixo central desta candidatura deverá passar por uma linha condutora que envolva o território, o papel da floresta, da pedra (ou a vida pétrea como a definiu) e da água, bem como os alunos da Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha. Além disso apelou a que essas questões sejam tidas em conta na estratégia que está a ser delineada para esta capital europeia da cultura.

Por sua vez a arquiteta e curadora do projeto “Open House Porto”, Inês Moreira, partilhou a sua experiência na capital europeia da cultura de Guimarães. Igualmente considerou importante o desenvolvimento de projetos culturais como motores de produção de conhecimento.

Na sua opinião também é importante abrir os edifícios à população para que esta possa vivenciar e conviver com o património edificado já existente e ainda ser desperta para vários projetos arquitetónicos diferentes.

Questionada pela jornalista Ana Isabel Costa sobre o património que pudesse servir para identificar a memória coletiva na cidade, a arquiteta respondeu que “há imensos mas como não sou de cá e nem vivo neste território, esse estudo iria sempre implicar um trabalho de campo com as comunidades locais e não só”, pois na maioria das vezes “os espaços mais interessantes não estão disponíveis por questões de heranças”.

O próximo Prelúdio de Ideias, que terá como tema “Cinema e Audio-Visual: Olhares que nos movem, ecrãs e objetivas, lentes que contam de nós”, será em Figueiró dos Vinhos, no dia 4 de maio.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Iluminação natalícia desaba

O mau tempo terá estado na origem da queda de postes de iluminação natalícia nas Caldas da Rainha, na noite desta quarta-feira. Um carro sofreu danos assim como os vidros de um prédio.

20221208 001341