Q

Previsão do tempo

13° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 15° C
13° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 15° C
14° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 15° C

Sueca viaja à boleia de barco pela Europa

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Sem levar dinheiro ou cartões, Frida Löfqvist, de 36 anos, deixou a Suécia há dez semanas. Está a viajar à boleia de barco pela Europa e passou na passada quinta-feira por S. Martinho do Porto.
Frida Löfqvist, de 36 anos, adorou S. Martinho do Porto

O veleiro “Alexander von Humboldt II”, onde a sueca está neste momento a viajar, é alemão e ficou ao largo da baía de S. Martinho do Porto durante várias horas. Dos 30 tripulantes a bordo, 15 deslocaram-se numa pequenaembarcação para visitar a vila.

Em declarações ao JORNAL DAS CALDAS, Frida Löfqvist, formada em engenharia informática, contou que deixou tudo para trás e decidiu viajar “à boleia de barco” pela Europa. Sem receio de andar no mar, disse que a aventura ainda vai a meio. “Com a minha mochila, saí de Estocolmo e parti à aventura e apanhei a primeira boleia para a Finlândia”, contou. Desde que saiu da Suécia, tem andado no oceano Atlântico, numa ampla rota com paragem na Polónia, Holanda, Alemanha e França.

Em Bremerhaven, uma cidade alemã no estado federal de Bremen, na margem esquerda da bacia do rio Weser, apanhou o veleiro alemão Alexander von Humboldt II até França e depois Portugal. Em território nacional eram para ter parado no porto de Lisboa, junto ao centro histórico e cultural da cidade, mas como não pediram autorização com antecedência não foram autorizados, pelo que o capitão do barco decidiu fazer uma paragem em São Martinho do Porto. Segundo Frida Löfqvist, foi uma agradável surpresa para os tripulantes, que adoraram conhecer a baía. “Gostei muito de S. Martinho e planeio voltar porque há muito para ver na costa”, disse a sueca.

Depois da paragem em S. Martinho do Porto seguiram para Espanha (Cádiz). Aí não sabe onde o destino a levará.

Frida Löfqvist está desempregada, e decidiu que precisava de quebrar a rotina habitual e explorar algo mais por “mim própria”, partilhou, revelando que optou por “viajar sem dinheiro não por necessidade financeira nem para provar que é possível viver sem dinheiro”. “Num mundo onde somos todos os dias bombardeadas com violência e terrorismo queria mostrar que confio no mundo, nas pessoas e na bondade”, sublinhou.

Nas dez semanas que anda à boleia garante que nunca passou fome e arranjou sempre boleia e um local para dormir. Tudo tem seguido ao ritmo da boa vontade e hospitalidade das pessoas que tem encontrado nos portos. “Tenho conhecido culturas diferentes e histórias para contar não faltam”, sublinhou.

A aventura no mar é um sonho antigo até porque tirou o curso de marinheiro e o de patrão local,e quem sabe “até arranjar emprego numa embarcação”. “Tudo tem um sentido, uma razão de ser”, afirmou, sublinhando “a importância de quebrar a rotina e viver os sonhos, mesmo que tenha que deixar a família por algumas semanas”. Admite que esta aventura foi apenas o primeiro passo para muitas outras andanças à vela.

Pretende conhecer a diversidade dos países, povos e culturas e contá-las no seu blogue em língua sueca.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Óbidos volta a ser “Município amigo do desporto”

O Município de Óbidos foi distinguido, pelo quinto ano consecutivo, com o galardão “Município Amigo do Desporto”, atribuído pela Cidade Social, na cerimónia que decorreu no dia 25 de novembro, na Mealhada, e que contou com a presença da vereadora Margarida Reis, com o pelouro do Desporto, Saúde e Bem-estar.

amigo

Dois homens detidos por caça ilegal

O Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Caldas da Rainha da GNR deteve dois homens, de 56 e 57 anos, por caça ilegal em área de proteção, em Alvorninha, no concelho de Caldas da Rainha.

caca

Bebé em paragem cardiorrespiratória socorrida no Bombarral

Uma bebé de quatro meses foi socorrida no Bombarral por se encontrar em paragem cardiorrespiratória, tendo sido mobilizados diversos meios para a ocorrência, que culminou com o transporte da criança para o hospital de Santa Maria, em Lisboa.

bebe