Q

Previsão do tempo

12° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 10° C
12° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 10° C
12° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 10° C
Acidente na estrada de Tornada causa duas feridas ligeiras

Moradores pedem semáforos no cruzamento do Campo e Coto

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Duas pessoas ficaram feridas na passada sexta-feira, num acidente que ocorreu pelas 21h15 na Estrada Nacional n. 8, (junto ao restaurante “Os Queridos” no cruzamento do Campo e Coto).
atura capotou na estrada de Tornada, no cruzamento do Campo e Coto

Segundo o comandante do Bombeiros das Caldas, Nelson Cruz, foi uma colisão entre duas viaturas, uma ligeira de mercadorias e uma ligeira de passageiros. A ligeira de passageiros capotou.

Uma senhora foi transportada ao hospital das Caldas e outra recebeu assistência no local. Ambas sofreram ferimentos ligeiros.

A falta de uma rotunda ou de semáforos naquele cruzamento está a indignar os moradores, que há anos esperam uma solução para a zona, que tem ao longo dos anos sido alvo de acidentes.

Depois deste acidente houve alguns moradores que se queixaram ao JORNAL DAS CALDAS da falta de um semáforo ou de uma rotunda no local.

Em 2010 o JORNAL DAS CALDAS publicou um artigo sobre a segurança naquele cruzamento, que já na altura tinha um grande fluxo de trânsito e onde o ex-presidente da Câmara das Caldas, Fernando Costa tinha prometido uma rotunda para aquele local.

O caso já gera alguma impaciência, quer dos habitantes do Coto quer do Campo, que reclamam dos acidentes e do tempo de demora para entrar na Estrada de Tornada. Pretendem uma solução definitiva para acautelar os veículos que passam em grande velocidade. “Quem sai de uma destas estradas secundárias demora uma eternidade para entrar na via principal e o perigo é bastante porque os carros passam em alta velocidade”, adianta Jorge Fonseca, um dos residentes na zona do Coto e utente diário da via. “Em alturas que há mais trânsito é muito difícil virar à esquerda para ir para a cidade das Caldas”, sublinhou.

Outro queixoso é Alexandre Custódio, que diz que o cruzamento é muito confuso. “Por vezes há filas de viaturas, umas do Coto que querem entrar na Estrada de Tornada e outras de veículos que vêm do Campo e que querem entrar na mesma via, é preciso ter muito cuidado”, afirmou, interrogando: “Se não dá para construir uma rotunda qual a razão de não colocar semáforos como fizeram em Tornada?”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Suspeitos de pesca ilegal fogem à GNR

O Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré da GNR apreendeu seis quilos de meixão naquele concelho, no passado dia 24, no âmbito de uma ação de fiscalização levada a cabo com o objetivo de combater a captura ilegal de enguia europeia, vulgarmente conhecida...

meixao 1

Infantis de Óbidos em bom plano

A equipa de infantis do clube Óbidos Criativa competiu, no passado dia 21 na XXX Taça Vale do Tejo, nas piscinas municipais de Alcobaça. Mara Cotrim, Leonor Martins, Leonor Silva, Justin Borges, Tiago Correia e Pedro Capinha foram os jovens que nadaram com as cores...

infantis 2

Óbidos Cycling Team quer ser referência em sub-23

Nasceu a Óbidos Cycling Team sob a égide do Município de Óbidos, concretizando o sonho do diretor e manager da equipa, Micael Isidoro, ex-ciclista profissional licenciado em treino desportivo com especialização na área do ciclismo, pós-graduação e mestrado em alto...

cycling