Q

Previsão do tempo

17° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 25° C
  • Wednesday 21° C
17° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 26° C
  • Wednesday 21° C
17° C
  • Monday 27° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 22° C

“Óbidos tem focos de pobreza em quase todas as aldeias do concelho”

1 de Agosto, 2017
Estamos em pleno século XXI e em Óbidos continuamos a viver num concelho maravilhoso em termos geográficos e paisagísticos, mas tenebroso em termos da qualidade de vida para a maioria da população. 

Com focos de pobreza em quase todas as aldeias do concelho, com uma população maioritariamente envelhecida e empobrecida, é esta a primeira fotografia do cartaz verdadeiro de Óbidos Maravilha (o outro do municípioé falso).

Ninguém acredita, mas em vários pontos do concelho não existe saneamento básico (em certas zonas da Usseira, da Capeleira, das Gaeiras, da Amoreira, etc. etc.). Até mesmo na proximidade do empreendimento “Praia d’El Rey”, mais propriamente da zona do Vale Benfeito. Neste caso foi prioridade para os empreendimentos de luxo, mas para a população residente há várias gerações a viver no concelho não foi. Tudo para os de fora, nada para os do concelho.

No Vau, em que o município tem encaixado milhões em receitas provenientes dos empreendimentos turísticos, o município laranja nada tem feito em prol desta freguesia e da sua população. Impõe-se investimento na melhoria das condições de vida da população do Vau (como na maioria das aldeias do concelho). Existem doentes crónicos, a maioria idosos, que não têm médico para passar a receita dos seus medicamentos e que interrompem os seus tratamentos. Senhor presidente, está à espera que as pessoas morram todas para depois atuar?

E depois patrocina-se espetáculos que custam milhares de euros, existindo gente no concelho a passar privações e com um dia a dia de sofrimento sem auxílio.

Outra pérola é o “assédio” que esta “geringonça laranja” dirige aos titulares de cargos eleitos noutras forças políticas, aliciando-os com lugares no município em troca de apoios para obter dividendos eleitorais. Peço aos eleitores que castiguem com o voto os “traidores”. Isto é só a ponta do “iceberg”, da autoria do senhor presidente!

Em algumas coletividades titulares de corpos diretivos são simultaneamente titulares de lugares na governança do concelho. Mas que promiscuidade é esta em que entidades privadas que recebem subsídios do município são dirigidas por eleitos com cargos no município?

A nossa “joia da coroa” tão importante do ponto de vista histórico e turístico- a vila medieval (intramuralhas) – encontra-se ao abandono. O lixo é colocado aos “montinhos” nos cantos das ruas onde os turistas se passeiam e nele tropeçam. A rua direita mais parece uma “feira da ladra” com banquetas no meio da rua (em total desrespeito pela utilização do espaço publico), as paredes e as cantarias das casas com escritos vulgares, em total de desrespeito pelo nosso património, a nossa vila transformada num “produto de plástico” sem vida, quase sem habitantes permanentes.

Falar em redução do desemprego, esquecendo-se que os nossos jovens estão a emigrar, que os desempregados que frequentam cursos de formação são excluídos das estatísticas do desemprego, até me dá vontade de rir o disparate de evocarem que reduziram o desemprego em Óbidos.

Carlos Pinto Machado

Candidato do CDS a presidente da Câmara de Óbidos

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Deco Ribatejo e Oeste já é um centro Eusoudigital

A Deco (associação de defesa do consumidor) aceitou o convite do programa Eusoudigital e promove a capacitação dos consumidores da região Ribatejo e Oeste para a transição digital.

deco

VASP desrespeita decisão do tribunal e continua a cobrar taxas aos seus agentes

A Associação Nacional de Vendedores de Imprensa (ANVI) vem divulgar o desrespeito total da VASP - Distribuidora de Publicações, SA, ao cumprimento das ordens do tribunal, providência cautelar de 9 de julho de 2021 e despacho do dia 9 de setembro de 2021, que suspendeu a taxa diária de distribuição.