Q

Previsão do tempo

16° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 20° C
16° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 21° C
16° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 22° C

Verba de praxe solidária entregue ao Centro de Educação Especial Rainha D. Leonor

Francisco Gomes
21 de Março, 2017
O valor recolhido na praxe solidária realizada pela TEV (Tábola Elíptica Veterânica, Comissão de Praxe) da Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha (ESAD.CR) foi entregue na semana passada ao Centro de Educação Especial Rainha D. Leonor (CEERDL) pelos alunos que participaram na iniciativa e pelo JORNAL DAS CALDAS, que foi parceiro do evento, que rendeu 441,41 euros.
Entrega da verba ao CEERDL

Os estudantes mais os seus caloiros andaram pela cidade a vender a edição do JORNAL DAS CALDAS, com o dinheiro angariado a servir para ajudar o CEERDL.

Aos compradores foi pedido que contribuíssem com o valor que quisessem dar. Esta praxe solidária visou, segundo os alunos, “dar um pouco de nós à região Oeste e é também uma maneira dos estudantes se juntarem com os caldenses”.

A “carrasco” Maria Alves, responsável pela TEV, acompanhada de um elemento desta comissão, Elda Crisóstomo, deslocaram-se ao CEERDL para a entrega da verba à direção do centro, representada por Maria João Domingos e Fernanda Bernardino. Em nome da Medioeste, entidade que gere o JORNAL DAS CALDAS, esteve António Salvador, que enalteceu esta iniciativa pela diferença faz à comunidade. “Queremos repeti-la mais vezes”, lançou o repto, aceite pela TEV.

Agradada ficou também a diretora do CEERDL, que confessou ter ficado “surpreendida” com ação e com o fato da instituição ter sido a escolhida para receber a verba. “Isso mostra que temos visibilidade no trabalho que fazemos”, referiu.

Revelou depois que o dinheiro vai ser destinado ao pagamento de metade da despesa com uma marquesa hidráulica, que permite regular de forma manual a altura e a inclinação, e que ajudará a higienização dos utentes. Às representantes da TEV ofereceu pins do CEERDL para colocarem nas capas que envergam.

Maria Alves explicou que a TEV é adepta da “praxe sem humilhação e com interação com a comunidade, para ajudá-la”. “Os caloiros também querem que se faça mais iniciativas de solidariedade, porque é positivo”, afirmou.

No contato com o público a quem foi vendido os jornais obtiveram boas reações. “As pessoas gostaram de saber que os estudantes a fazer este tipo de iniciativas”, disse Maria Alves.

Na ação estiveram envolvidos cerca de oitenta alunos, entre caloiros e elementos da TEV, que inclui semidoutores (2ºano), doutores (a acabar) e veteranos (que já acabaram ou fazem mestrado).

As representantes da TEV tiveram oportunidade de conhecer o Centro de Atividades Ocupacionais, uma das muitas valências que o CEERDL tem na cidade e ficaram fascinadas com o trabalho desenvolvido.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Triatleta de Ferrel vice-campeão júnior

Abel Afonso, natural de Ferrel, Peniche, atleta do Clube de Natação de Torres Novas, sagrou-se vice-campeão nacional de triatlo em juniores na distância olímpica, ou seja, 1500m natação depois segmento de ciclismo com 40 km e de seguida 10km corrida.

afonso