Q

Previsão do tempo

12° C
  • Wednesday 11° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
12° C
  • Wednesday 10° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
12° C
  • Wednesday 10° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C

“Os Verdes” fazem duas perguntas ao Governo sobre os precários do CHO

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
“Que medidas estão a ser ponderadas para resolver os problemas de precariedade com que se deparam os trabalhadores do Centro Hospitalar do Oeste (CHO)?”, foi a pergunta apresentada no passado dia 15 pelos deputados José Luís Ferreira e Heloísa Apolónia, do Grupo Parlamentar do Partido Ecologista “Os Verdes”, dirigida ao presidente da Assembleia da República para ser remetido ao Governo e em concreto ao Ministério da Saúde.

A outra pergunta que fazem é se se preveem “aberturas de procedimentos concursais para recrutamento de trabalhadores no CHO”.

O Grupo Parlamentar do Partido Ecologista “Os Verdes” reuniu com o movimento dos trabalhadores precários do CHO, tendo recebido informação relativa à petição que apela à integração direta nos quadros do CHO de todos os trabalhadores precários.

“Estes profissionais trabalham nos hospitais de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche e têm ao longo dos anos desempenhado com empenho e profissionalismo as suas funções, independentemente do tipo de vínculo de trabalho com o CHO. Desde outubro de 2016, estes trabalhadores subcontratados têm realizado várias ações com o intuito de solucionar os graves problemas que os afetam, nomeadamente salários e subsídios de férias em atraso mas acima de tudo, pretendem alertar para toda a situação precária a que estão sujeitos. São trabalhadores cuja necessidade permanente do CHO justifica a sua existência nos diversos serviços, como por exemplo Urgência, Medicina, Ortopedia, Maternidade e Cirurgia, fazendo parte integrante de equipas e do quotidiano das unidades hospitalares”, sublinham os deputados.

“Foi recentemente divulgado o relatório sobre a situação dos trabalhadores em precariedade no Estado, no entanto, o mesmo não identifica aqueles que são mediados por empresas de trabalho temporário, como é o caso destes trabalhadores”, referem ainda José Luís Ferreira e Heloísa Apolónia no documento que juntam às perguntas efetuadas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Peão Cavalgante/Arneirense no Torneio de Xadrez Centenário

Realizou-se no Sport Operário Marinhense, na Marinha Grande, no passado dia 29, o Torneio de Xadrez Centenário, onde António Policarpo foi o único representante da Associação Peão Cavalgante/Arneirense, das Caldas da Rainha. Participaram 80 jogadores com o ritmo de...

xadrez

Festival das Sopas

O Sport Clube Escolar Bombarralense vai organizar na sua sede a sexta edição do Festival das Sopas, nos dias 11 de fevereiro, das 18h às 23h, e 12 de fevereiro, das 12h às 16h. Haverá variadas sopas para degustar. As crianças dos 5 aos 10 anos pagam quatro euros e...

Exposição sobre José Saramago no CCC

O STAL - Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, Empresas Públicas, Concessionárias e Afins associou-se ao centenário de nascimento do Prémio Nobel da Literatura José Saramago, através de uma exposição com a chancela da Fundação José...

saramago