Q

Previsão do tempo

11° C
  • Sunday 11° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 12° C
12° C
  • Sunday 12° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 12° C
12° C
  • Sunday 12° C
  • Monday 15° C
  • Tuesday 12° C

Estacionamento de autocarros no parque junto ao Chafariz das 5 Bicas

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) vai ceder à Câmara Municipal das Caldas da Rainha, durante cinco anos, o espaço que possui junto ao Chafariz das 5 Bicas, para que ali possam estacionar autocarros ao fim de semana, de forma a acabar com o estacionamento caótico destas viaturas na cidade.
Parque do Centro Hospitalar vai ser ocupado por autocarros

A proposta não foi, contudo, do agrado do vereador do PS, Rui Correia, que entende que aquele local precisa de ser dignificado e que colide com a presença das obras joanina e de Ferreira da Silva que integra.

“Considero que a proposta apresentada não traz senão uma irrisória vantagem provisória que não corresponde ao futuro desejável para uma praça que tem um estatuto legal de especial sensibilidade patrimonial e não promove a socialização pedonal de um espaço que o demanda há tantos anos. De nada adianta alardear a criação de rotas temáticas de Ferreira da Silva para logo a seguir escondermos uma das suas mais extraordinárias e extravagantes criações por detrás de seis ou mais autocarros de turismo. Neste sentido, acolhendo com entusiasmo a abertura institucional da administração do CHO, não posso votar a favor desta solução”, manifestou Rui Correia.

A Câmara aprovou a base do protocolo com o CHO e foi elaborado um projeto para obras no local, antes de ser utilizado como estacionamento para os autocarros.

Fazer renascer a Mata

O vereador Rui Correia deu nota da necessidade de “gerar junto da comunidade um verdadeiro ativismo cívico, político e ecológico em redor da defesa da Mata Rainha D. Leonor”.

“Trata-se, antes de mais, de uma questão de vontade política. Este ecossistema constitui um tesouro único, em diversos campos científicos, que poucas cidades possuem, ainda por cima situado em pleno coração residencial”, manifestou.

Segundo apontou, “a concessão, recentemente assinada por este município, do património termal, parece ter tornado prioritário o usufruto e a dinamização do parque D. Carlos I, com notório e desejado envolvimento da população que, finalmente, parece ver-lhe devolvido este espaço”. Assim, “precisamos agora de produzir um verdadeiro renascimento da mata Rainha D. Leonor. O descuido a que a mata tem sido sujeita tem colocado em risco múltiplas dimensões do equilíbrio ecológico deste espaço verde. Proteção da fauna e flora, potencial de investigação científica plural, potencial de socialização e sensibilidade hidrotécnica, são alguns dos vetores de promoção deste espaço que urge estimular e apoiar. A mata está entregue a si mesma e cumpre acabar com esse abandono com urgência”.

“Sinalética, limpeza, arranjo urbanístico, equipamento de lazer, parque infantil, projeto de dinamização científico-cultural e sobretudo a constituição de um centro de interpretação, são obras necessárias que precisamos pôr em execução o mais brevemente possível”, defendeu, considerando que a Câmara “precisa de liderar este desígnio coletivo”.

Francisco Gomes

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

PSP combate criminalidade em bares e ruas no centro das Caldas

Uma operação desenvolvida pela PSP das Caldas da Rainha na noite da passada sexta-feira e madrugada de sábado, tendo como alvo bares no centro da cidade e ruas nas proximidades, com o objetivo de “prevenir a criminalidade violenta e grave ou organizada e aumentar o sentimento de segurança na população”, originou a detenção de quatro homens, com idades entre 21 e 28 anos, pelos crimes de tráfico de droga, posse de arma proibida e condução em estado de embriaguez.

psp1

Lions formaliza entrega de verba de espetáculo solidário

O Lions Clube das Caldas da Rainha fez no passado dia 30 uma entrega formal ao Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) da verba apurada no concerto solidário com o maestro e pianista António Victorino d’Almeida e trio de Pedro Caldeira Cabral....

lions

Desfile equestre apresentou reis do carnaval das Caldas

Luís Ventura, de 47 anos, e Mariana Mortágua, de 22 anos, foram escolhidos para serem os reis do carnaval das Caldas da Rainha, encarnando as personagens Zé Povinho e Maria da Paciência, respetivamente, criações de Rafael Bordalo Pinheiro como caricaturas do povo português.

reis00