Q

Previsão do tempo

21° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 21° C
21° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
22° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 23° C

Tornada celebra Festa de S. Brás com comunidade paroquial renovada

João Polónia
3 de Fevereiro, 2016
“Hoje fizemos um bom trabalho. Graças a Deus muitos colaboraram com sacrifício para que esta festa seja assim, bonita. É muito emocionante caminhar com o santos numa comunidade fortalecida pela fé, vivendo a experiência forte de Deus na nossa vida. Que Deus por intercessão de S. Brás melhore a condição dos doentes e que as nossas famílias possam sempre caminhar na verdade, no amor e na fidelidade”, manifestou o padre Samuel Pulickal Joseph, no final da celebração eucarística, a 31 de janeiro, que pela primeira vez presidiu em Tornada.
Eucaristia solene

Na homilia, o sacerdote, baseado na liturgia dominical, afirmou que Jesus passou por uma “experiência violenta de rejeição”, mas “em silêncio e sem desistir”, diante da multidão seguiu o seu caminho. “Nós na mesma situação, discutíamos, entrávamos em polémica; Jesus não é um homem de conflitos, o evangelho não entra em conflito, apenas transmite a sua mensagem pela paz e nunca desiste”, reforçou. Segundo o responsável da paróquia, profeta “não é um animal extinto dos séculos passados, é de hoje”; cada um dos cristãos tem a vocação de ser profeta, porque através do batismo, “somos eleitos por Deus, somos consagrados e enviados a levar e a viver a sua mensagem”.

“Esta Igreja de Tornada deve mostrar o nosso coração; quando um coração vive o evangelho, estará sempre assim, sempre bonito, e desafia-nos a aceitar o caminho do profeta, sem desistir, mesmo perante as rejeições deste mundo”, declarou o padre, intercedendo ao padroeiro, conhecido popularmente como protetor da garganta, pelos familiares, conterrâneos e doentes da localidade, que não puderam participar na festa secular. “S. Brás deixa-nos um exemplo forte, através do discernimento da profundidade do mistério e vocação confiadas por Deus”, concluiu.

Desafiados pelo jovem pároco a viver interiormente a semana de preparação para a festa do seu padroeiro, em comunidade, com trabalho, esforço e oração, concentrados no essencial do Evangelho em pleno Ano da Misericórdia, os paroquianos responderam alegres e fortalecidos no final do dia solene. Ao JORNAL DAS CALDAS alguns paroquianos qualificaram o seu novo pároco, nos primeiros quatro meses ao serviço da paróquia, como um “jovem humilde, dedicado, próximo das pessoas, interessado pelo património da paróquia, e com um desejo profundo de construir uma comunidade renovada, marcada pela formação do Evangelho”.

Durante os preparativos da festa, a população envelhecida, após dezenas de anos, viu a Cruz regressar ao seu local de origem junto do altar mor, diante do sacrário agora mais visível. A formação bíblica realizada durante a semana no Centro Pastoral, conduzida pelo sacerdote missionário do Verbo Divino Joaquim Domingos, participada por cristãos de Tornada, Salir do Porto, Coto e Salir de Matos; e o auxílio permanente do padre Samuel durante os trabalhos, na decoração e ornamentação litúrgica da Igreja Matriz, são os momentos realçados pelos paroquianos, caracterizando como “pequenos gestos mas de grande significado”.

Samuel Pulickal Joseph é o primeiro padre indiano formado em Portugal, pelo Seminário dos Olivais, ao serviço do Patriarcado de Lisboa. Depois de estar como coadjutor nas paróquias de Caldas da Rainha e Coto, em apenas um ano, assume a sua primeira experiência pastoral de pároco, desde outubro de 2015, na comunidade interparoquial de Tornada e Salir do Porto, com o auxílio do padre Filipe Sousa. A caminho do segundo ano de ordenação sacerdotal, o jovem sacerdote mostra-se feliz pelo acolhimento dos seus paroquianos, e de continuar a poder ajudá-los a aprofundar a vida comunitária de fé.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Isabel Ricardo apresenta livros infanto-juvenis

A escritora Isabel Ricardo, com vários livros publicados para crianças, jovens e adultos, vai estar nas Caldas da Rainha, nos dias 28, 29 e 30 de outubro, a fim de apresentar os seus recentes livros: O Dragão Trapalhão, destinado a crianças entre os 6 e os 8 anos, e Os Piratas da Falésia, da coleção Os Aventureiros, dirigido a um público entre 9 e os 12 anos.

isabel

Mobiliário hospitalar renovado

Com o intuito de prestar melhores cuidados aos utentes e de proporcionar melhores condições aos profissionais, o Centro Hospitalar do Oeste (CHO) adquiriu 40 camas elétricas e 130 mesas de cabeceira e leito, traduzindo-se num investimento de 106.177,04 euros.

mobiliario