Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 20° C
16° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 21° C
16° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 22° C

Vamos ajudar os quatro patas a arranjar famílias de acolhimento

19 de Maio, 2015
No nosso país, um pouco por todo o lado, proliferam associações, grupos e canis. A grande maioria destes espaços está lotada ou perto de atingir os limites máximos. Porquê? Porque o abandono de animais continua a ser uma realidade no nosso país! Aqui fica a história do Carnaval, um patudo que já foi de alguém e que só conheceu o que era viver num abrigo depois de ficar idoso.
O abandono de animais continua a ser uma realidade no nosso país

“O meu focinho está mais branco de dia para dia. Quando o tempo está mais húmido as minhas pernas ressentem-se. Vejo frequentemente pessoas entrarem e saírem do abrigo, mas elas não me veem. Parece que quanto mais tempo passa mais invisível me torno.

Porque é que ninguém me tira daqui? Fui um bom cão toda a minha vida. Portei-me bem. Desempenhei todas as tarefas que me pediram. Nunca lhes pedi nada. Agora depois de velho disseram-me que não servia para nada e deixaram-me na rua. Fiquei com frio, fome e sobretudo com falta de carinho. Agora tenho teto e comida. Mas ainda falta o carinho… Os meus amigos humanos do abrigo dão-me sempre atenção, fazem-me festas na cabeça, os mais destemidos dão-me beijos no focinho…mas é tão pouco tempo! Eu percebo porque tenho muitos mais companheiros no abrigo e elas têm de dividir o carinho…por isso é que queria uma família só para mim! Serei egoísta? Oh mas eu gostava tanto… Estou tão farto dos quadradinhos desta box…parece que estou preso…mas tirando uma migalhita ou outra nunca roubei nada a ninguém… Ah! Mas quem me dera! Quem me dera roubar o coração a alguém! Roubava-o mas enchia-o de lambidelas e carinhos todos os dias… Fico à espera…quem sabe um dia tenha essa sorte!”.

A história do Carnaval é também a de muitos outros animais. Não abandone!

CRAPAA (crapaa.animal@gmail.com)

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Sardinha não vendida deitada para o chão

Dezenas de cabazes de sardinha foram descarregadas para o chão, no porto de pesca de Peniche, no passado dia 6, depois de não terem sido vendidas em lota.

sardinha

Arnal ganha ao Gaeirense em futsal

Na segunda jornada do Campeonato Nacional da III Divisão de Futsal, série E, o Gaeirense futsal não foi feliz na deslocação à Maceira, Leiria, no passado sábado, onde diante da equipa da ACR Arnal, perdeu por 0-3, registando a segunda derrota.