Q

Previsão do tempo

16° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 25° C
  • Wednesday 21° C
16° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 26° C
  • Wednesday 21° C
16° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 22° C

Ministério Público pede condenação de homem que fez ameaças de morte com machado

Francisco Gomes
19 de Maio, 2015
Um homem de 42 anos está a ser julgado em Leiria sob a acusação de violência doméstica, coação sobre funcionário e dois crimes de homicídio na forma tentada. O caso passou-se no concelho das Caldas da Rainha, em novembro de 2014.
Homem de 42 anos ameaçou GNR com um machado

O arguido, que já tinha antecedentes por violência doméstica (pena suspensa por dois anos), encontra-se em prisão preventiva em Leiria, porque, segundo o Ministério Público, tentou matar a mulher, de 45 anos, e uma militar da GNR, de 31 anos, com recurso a um machado.

Uma patrulha da GNR das Caldas da Rainha deslocou-se à residência do casal, nos Casais da Boavista, na Serra do Bouro, devido a queixas de violência doméstica. Quando lá chegou deparou-se com os dois no exterior da casa, junto a uma carrinha.

Os ânimos estavam exaltados e o homem perseguia a companheira com um machado, tendo a carrinha servido de obstáculo. Quando um dos dois militares da GNR que se dirigiram ao local deu ordem para o indivíduo parar, ele voltou-se contra a guarda e ameaçou-a que a matava.

O homem acabou por se refugiar em casa, vindo reforços da GNR de São Martinho, que tentaram forçá-lo a entregar-se. Acabaram por fazê-lo sair de casa e imobilizaram-no. O machado, que servia para cortar lenha, foi apreendido.

Em tribunal, o arguido confessou-se arrependido, mas negou que tivesse intenção de atentar contra a vida da militar da GNR. O Ministério Público pediu a condenação com pena de prisão efetiva, enquanto a defesa pediu pena suspensa.

A alegada vítima de violência doméstica morreu numa altura em que o arguido estava em prisão preventiva. Foi encontrada morta em casa.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Deco Ribatejo e Oeste já é um centro Eusoudigital

A Deco (associação de defesa do consumidor) aceitou o convite do programa Eusoudigital e promove a capacitação dos consumidores da região Ribatejo e Oeste para a transição digital.

deco

VASP desrespeita decisão do tribunal e continua a cobrar taxas aos seus agentes

A Associação Nacional de Vendedores de Imprensa (ANVI) vem divulgar o desrespeito total da VASP - Distribuidora de Publicações, SA, ao cumprimento das ordens do tribunal, providência cautelar de 9 de julho de 2021 e despacho do dia 9 de setembro de 2021, que suspendeu a taxa diária de distribuição.