Q

Previsão do tempo

7° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 11° C
7° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 11° C
7° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 11° C

Peniche e Nazaré fustigadas por ondas de sete metros

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Ondas de sete metros deixaram no passado dia 11 um rasto de destruição na costa de Peniche e Nazaré, inundando restaurantes e lojas, com vidros a ficarem partidos e portas a serem arrancadas com a força das marés, que galgaram estradas e barreiras artificiais. Os prejuízos são grandes e não estão cobertos pelos seguros por […]
Peniche e Nazaré fustigadas por ondas de sete metros

Ondas de sete metros deixaram no passado dia 11 um rasto de destruição na costa de Peniche e Nazaré, inundando restaurantes e lojas, com vidros a ficarem partidos e portas a serem arrancadas com a força das marés, que galgaram estradas e barreiras artificiais. Os prejuízos são grandes e não estão cobertos pelos seguros por se tratar de um “acidente natural”. Em Peniche, a fúria das ondas partiu a vedação em madeira de um bar junto à costa, na Praia da Gambôa. A estrutura da esplanada também foi afectada, havendo lajes de cimento levantadas. Numa escola de surf a água transportou areia para uma arrecadação onde estava o material. António Sales, pescador reformado, revelou que “a água passou a estrada, a cerca de 200 metros da costa, e as lanchas dos pescadores só não foram arrastadas porque estavam bem presas”. Na Praia do Quebrado, pedregulhos na estrada transportados pelas ondas tiveram de ser retirados por funcionários da Junta de Freguesia da Ajuda. “São as maiores marés do ano”, exclamou Hercílio Luís. Maria Celeste, proprietária há 30 anos de uma casa de produtos turísticos na marginal da Nazaré, nem queria acreditar no cenário para o qual foi chamada a ver de madrugada pela Polícia Marítima. “Eram duas e meia da manhã quando me bateram à porta de casa para me dizerem que tinha a água a encher-me a loja”, relatou. Ao chegar ao nº39 da Avenida da República, a água do mar inundava o imóvel, após ter destruído uma porta lateral. De nada valeram as protecções de madeira colocadas na frente da loja, à semelhança de outros comerciantes que em anos anteriores viram as ondas invadir-lhes os estabelecimentos, embora com menos prejuízos do que agora. “Ninguém esperava que houvesse estas ondas. Agora tenho muitos artigos estragados”, lamentou. No Restaurante Aleluia, o proprietário, António Estrelinha, também contabilizava os danos. “Uma porta e vidro partidos e inundação até à cave, mas não podemos fechar, porque isto já está mau só com as refeições que servimos, quanto mais pensar em encerrar”, comentou. Situações idênticas passaram outros estabelecimentos, como uma residencial, vários restaurantes e lojas. “Recebemos dez chamadas a pedir socorro para retirar a água em caves e rés-do-chão”, indicou o comandante dos bombeiros voluntários da Nazaré, Alberto Mendes, que fez deslocar para a marginal da Nazaré dez elementos e três viaturas da corporação. “É uma situação atípica e que apanhou as pessoas desprevenidas”, comentou. Francisco Gomes

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Detido jovem suspeito de esfaquear italiano

Um jovem de 20 anos suspeito de ter esfaqueado um turista italiano, de 44 anos, em agosto do ano passado, na cidade de Peniche, foi detido no dia 31 de janeiro pela Polícia Judiciária.

301892571 5511052978953498 1142509494542909660 n

Corpo dá à costa em São Martinho do Porto

Foi encontrado na manhã deste sábado um corpo a flutuar junto à costa, a sul da Ponta do Facho, em São Martinho do Porto, tendo sido resgatado após o alerta dado pelas 10h25, através de um popular que se encontrava naquela zona de pesqueiro a praticar pesca lúdica.

corpo