Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 19° C
14° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 19° C
15° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 21° C

Empresa Thomaz dos Santos homenageada com a medalha de honra da cidade

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Na sessão solene do dia da cidade, Thomaz dos Santos, com 101 anos de existência, uma das maiores empresas nacionais no seu setor, recebeu a mais alta distinção do município. A cerimónia, que decorreu a 15 de maio no CCC - Centro Cultural e Congressos das Caldas da Rainha, distinguiu ainda personalidades do concelho. O município das Caldas distribuiu este ano 16 medalhas de mérito cívico, associativo, científico, educativo, humanitário e de dedicação pública.
Entrega da medalha de honra da cidade a Tomás dos Santos e Alberto Emídio, administradores da empresa Thomaz dos Santos

Na sessão solene do dia da cidade, Thomaz dos Santos, com 101 anos de existência, uma das maiores empresas nacionais no seu setor, recebeu a mais alta distinção do município. A cerimónia, que decorreu a 15 de maio no CCC – Centro Cultural e Congressos das Caldas da Rainha, distinguiu ainda personalidades do concelho. O município das Caldas distribuiu este ano 16 medalhas de mérito cívico, associativo, científico, educativo, humanitário e de dedicação pública.

O presidente da câmara, Vitor Marques, fez a leitura da nota biográfica da empresa homenageada, que tem cerca de 100 colaboradores e as suas áreas de negócios incluem a importação, comercialização e distribuição de produtos siderúrgicos, ferragens e materiais de construção.

A empresa preserva o nome e o percurso do seu fundador, Thomaz dos Santos, nascido em 1899, nas Caldas.

A vida profissional de Thomaz dos Santos inicia-se logo após a instrução primária, como marçano (aprendiz de caixeiro) enquanto conclui, com aproveitamento, o curso noturno da Aula Comercial.

Em 1922, Thomaz dos Santos arranca a sua atividade por conta própria, com um estabelecimento comercial misto, que vendia ferro, ferragens, solas e cabedais, cordoaria, alfaias agrícolas, carvão de forja e miudezas. Na década de 40, devido ao grande desenvolvimento na utilização de produtos siderúrgicos, a empresa expande os seus negócios para outras zonas do país.

Em 1988, a empresa passou a Sociedade Anónima, mantendo sempre o seu cariz familiar, com a entrada de sócios da segunda e terceira geração da família.

Em 2018, todas as valências situadas nas Caldas foram transferidas para novas instalações situadas na Zona Industrial, onde inclusive passaram a funcionar os serviços administrativos e a sede da empresa. Em 2020, a Thomaz dos Santos foi distinguida pelo jornal “Expresso” e pela Caixa Geral de Depósitos, em parceria com a Informa D&B e a Deloitte, recebendo o Prémio Expresso PME | Caixa TOP como a melhor do setor grossista, distinção que voltou a receber em 2021.

Foi o presidente da Assembleia Municipal, Lalanda Ribeiro, quem entregou a medalha de honra da cidade a Tomás dos Santos e Alberto Emídio, administradores da empresa.

A sessão, apresentada pelo diretor técnico do CCC, José Ramalho, iniciou com uma homenagem a João Bonifácio Serra, que faleceu a 19 de abril de 2023. “Uma perda para o país, mas, sobretudo, para Caldas da Rainha, a quem nunca falhou, seja no ato de pensar a comunidade na construção de propostas para o seu desenvolvimento cultural e patrimonial – sempre com determinação, consistência e sabedoria, mas também com generosidade e altruísmo”, referiu o apresentador.

Depois de um momento musical com a atuação do grupo Jogralesca, que se dedica à interpretação do repertório musical original dos períodos medieval e renascentista, foi iniciada a entrega das medalhas.

Restantes medalhados

Fernando Xavier, administrador da Cooperativa Editorial Caldense, recebeu a medalha de mérito cívico. Formou-se em gestão bancária pelo Instituto de Formação Bancária e aposentou-se como diretor adjunto do Banco Comercial Português, após 40 anos de atividade,

António Colaço, antigo presidente da junta de freguesia de Carvalhal Benfeito, foi distinguido com a medalha de mérito cívico e associativo. Integrou a Associação Desportiva e Recreativa do Carvalhal Benfeito na área do desporto e fez parte dos órgãos sociais da Associação Recreativa, Desportiva e Cultural de Santana.

Jorge Varela, eleito presidente da União de Freguesias das Caldas da Rainha – Santo Onofre e Serra do Bouro em 2017, foi homenageado com a medalha de mérito cívico e associativo. Foi monitor de natação nos Pimpões, coletividade pela qual foi campeão nacional de Pentatlo Moderno em 1993. Presidiu à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens das Caldas da Rainha, entre 2007 e 2013. Atualmente é professor de Direito no Instituto Politécnico de Leiria.

Manuel Nunes, presidente da Associação de Futebol de Leiria, recebeu a medalha de mérito cívico e associativo. Licenciado em educação física, foi presidente da direção do Sporting Clube das Caldas, chefe de Divisão de Desporto da Câmara de Rio Maior e assessor desportivo na Câmara das Caldas. Integrou a Assembleia Municipal das Caldas da Rainha entre 1998 e 2021.

Rui Jacinto, que durante 16 anos exerceu funções na Junta de Freguesia de Salir de Matos e entre 2013 e 2021 foi o presidente desta autarquia, também foi distinguido com a medalha de mérito cívico e associativo.

A José Carvalho foi atribuída a medalha de mérito científico a título póstumo. Fundou a empresa de consultoria Terra, Ambiente e Recursos Hídricos, Lda. (TARH), em 1998. Ao longo do seu vasto percurso profissional, foi autor de mais de 150 artigos publicados em revistas nacionais e internacionais e coautor de três livros.

A primeira medalha de mérito educativo foi entregue à professora Cândida Calado, com 43 anos de serviço, dos quais 40 foram exercidos na Escola Secundária Raul Proença. Desempenhou ainda diversos cargos e funções diretivas.

Margarida Sobreiro foi também distinguida com a medalha educativa pela sua função de educadora de Infância em diversos estabelecimentos públicos do concelho e durante 17 anos exerceu funções na direção do Agrupamento de Escolas D. João II.

Outra distinção da área educativa coube a Maria do Céu Santos, professora do ensino secundário desde 1982. Em julho de 2018 foi eleita diretora do Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro. Cumpriu dois mandatos.

Paulo Vasques, a título póstumo, também foi homenageado com a medalha de mérito educativa por se ter destacado ao longo do seu percurso na área da educação, desempenhando vários cargos de docência e formação. Docente na Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, foi coordenador do Curso Profissional de Audiovisuais de Multimédia da instituição.

A medalha de mérito humanitário foi entregue a Luís Noivo, que apresenta um percurso exemplar enquanto promotor da dádiva de sangue e dador benévolo de sangue há mais de três décadas, com 88 dádivas doadas. É o atual presidente da Associação de Dadores Benévolos de Sangue das Caldas da Rainha.

A Associação de Solidariedade e Educação de Salir de Matos, fundada a 15 de setembro de 1969, que tem as valências apoio domiciliário, Estrutura Residencial Para Idosos e Centro de Dia, foi distinguida com a medalha de dedicação pública (50 anos).

A Banda Comércio e Indústria das Caldas da Rainha, foi fundada em 29 de dezembro de 1947, foi homenageada com a medalha de dedicação pública pelos seus 75 anos ao serviço da cultura. É dirigida pelo maestro Adelino Mota desde 2008.

O Caldas Rugby Clube também foi distinguido com a medalha de dedicação pública (25 anos).

O núcleo do Sporting Clube de Portugal das Caldas da Rainha, que teve a sua génese na comissão instaladora criada no dia 24 de junho de 1997, com o intuito de dar resposta à necessidade sentida pelos sportinguistas do concelho, recebeu a medalha de dedicação pública (25 anos).

No final da cerimónia José Ramalho assinalou o aniversário do CCC, salientando que “são quinze anos de muita atividade em prol da cultura da cidade e da região”.

(1)
Comentários
.

1 Comment

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Feriado municipal celebrado com a população

Foi em frente ao Hospital Termal, no largo Rainha D. Leonor, que os dois principais representantes políticos do concelho, os presidentes da Assembleia e da Câmara Municipal, se dirigiram à população para evocar o Dia da Cidade e a sua fundadora.

15demaioHTermal3

Festas da Cidade com três concertos

Foram três noites com uma seleção musical muito eclética, da música clássica às cantigas em crioulo, que preencheram o programa das Festas da Cidade de 2024.

concerto1

ACCCRO inaugurou espaço de projeto “Aceleradoras Digitais”

A ACCCRO – Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste inaugurou no dia 14 de maio o seu novo espaço dedicado ao projeto “Acelerar 2030 – Para um Centro Mais Digital”, liderado pelo Conselho Empresarial do Centro e Câmara de Comércio e Indústria do Centro.

aceleradoraACCCRO