Q

Previsão do tempo

17° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 21° C
17° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 21° C
18° C
  • Sunday 26° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 23° C

Jogo de futsal interrompido por “episódio de violência”

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O jogo de futsal do escalão de juvenis “b” entre o Peniche Amigos Clube (PAC) e a Associação Desportiva de Óbidos, realizado na tarde do passado dia 27, no Pavilhão da EB 2,3 D. Luís de Ataíde, em Peniche, não chegou ao fim, devido ao comportamento agressivo de um jogador, o que levou a dupla de árbitros a entender não existirem condições para prosseguir o jogo e disputar-se o último minuto que faltava.

O jogo de futsal do escalão de juvenis “b” entre o Peniche Amigos Clube (PAC) e a Associação Desportiva de Óbidos, realizado na tarde do passado dia 27, no Pavilhão da EB 2,3 D. Luís de Ataíde, em Peniche, não chegou ao fim, devido ao comportamento agressivo de um jogador, o que levou a dupla de árbitros a entender não existirem condições para prosseguir o jogo e disputar-se o último minuto que faltava.

Nesse encontro da quarta jornada do campeonato distrital da 1ª divisão, 1ª fase, série B, a ADO vencia por uma bola a zero e um jogador da equipa “b” do PAC assumiu uma postura agressiva para com um atleta adversário, recebendo ordem de expulsão. Reagiu com uma palmada no braço de um dos árbitros e a partida acabou por ali.

Após o jogo interrompido, as equipas técnicas e atletas das duas equipas juntaram-se, num abraço coletivo.

O Conselho de Disciplina da Associação de Futebol de Leiria (AFL), reunido no dia 30, instaurou um processo sumário, determinando processo disciplinar e suspensão preventiva do jogador Santiago, e processo disciplinar ao PAC.

O PAC emitiu um comunicado em que afirma que “lamenta e repudia o episódio de violência ocorrido” e anuncia que “em virtude do sucedido, irão ser apuradas as devidas responsabilidades junto do jogador e aplicadas as respetivas sanções disciplinares corretivas”.

“Vimos, por este meio, apresentar as nossas mais sinceras desculpas para com a nossa equipa adversária, a equipa de arbitragem nomeada pela AFL e todos os adeptos presentes no recinto desportivo”.  

“O PAC lamenta profundamente a situação e reitera a sua posição em prol de um espetáculo desportivo saudável, vivido em família e de apoio ao seu clube”, indica ainda o clube penichense.

Disputam este campeonato as equipas do Catarinense, Juncalense, Amorense, PAC, ADO e Mirense.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados