Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 19° C
14° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 19° C
14° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 21° C

Caldas bate Académica em Coimbra e lidera Liga 3

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Caldas Sport Clube venceu no passado domingo a Académica, em Coimbra, por 4-1, em jogo da 6ª jornada da Liga 3, e partilha a liderança da prova com o Sporting B, dando seguimento ao bom desempenho que está a ter esta época, onde não tem qualquer derrota.

O Caldas Sport Clube venceu no passado domingo a Académica, em Coimbra, por 4-1, em jogo da 6ª jornada da Liga 3, e partilha a liderança da prova com o Sporting B, dando seguimento ao bom desempenho que está a ter esta época, onde não tem qualquer derrota.

Embalado pela exibição frente ao Benfica, na Taça de Portugal, o Caldas deu espetáculo, num encontro muito emotivo de dois clubes centenários, a começar pelo minuto de silêncio cumprido pelo falecimento do pai do presidente do Caldas, Jorge Reis.

Os jogadores caldenses envergaram também nas suas camisolas o nome de Diogo Clemente, num ato de solidariedade para com o atleta que falhou a primeira grande penalidade frente ao Benfica.

“Somos todos Clemente. Foi com esta ideia que decidimos usar estas camisolas para defender o Diogo Clemente, após os insultos recebidos depois de falhar o penálti frente ao Sport Lisboa e Benfica. Valorizamos os nossos atletas e sabemos o compromisso que cada um tem perante o brasão que levam ao peito”, manifestou o clube.

Com Diogo Clemente a titular, o jogo foi equilibrado. Aos 4’ Luís Paulo evitou um desvio no segundo poste e aos 6’ André Perre rematou ao poste, momentos depois do guarda-redes da Académica ter feito uma boa defesa.

Aos 12’ Diogo Brás perdeu a oportunidade de ficar frente a frente com o guarda-redes caldense, ao deixar escapar a bola.

Aos 24’ Desmond Nketia cabeceou para grande defesa de Luís Paulo.

O Caldas respondeu aos 29’ e Nuno Januário tinha o golo nos pés quando foi desarmado por Francisco Lopes.

Os caldenses acabaram por marcar aos 35’ por João Silva, após assistência artística de João Rodrigues.

O intervalo fez bem à Académica, que empatou, por David Teles, aos 47´, numa penalidade assinalada pelo árbitro após lance confuso na área caldense.

João Rodrigues, aos 55´, passou de novo o clube das Caldas da Rainha para a frente do marcador. Desta vez João Silva retribuiu a assistência no primeiro golo.

Henrique Henriques saiu do banco aos 67’ e aos 75’ quase marcava, depois de assistido por João Rodrigues. Mas não falhou aos 79´ e fez o 1-3 para o Caldas. Novamente com passe de João Rodrigues. Até final a Académica podia ter marcado e quando já se preparavam os jogadores para regressarem ao balneário, Tuga lembrou que o jogo só termina com o apito do árbitro e fez o 1-4 aos 90+6´, depois do passe de Leandro Borges.

O homem do jogo foi João Rodrigues, do Caldas.

Com esta vitória, o Caldas atinge os mesmos doze pontos do líder Sporting B e os estudantes na última posição, com os mesmos três pontos do Moncarapachense.

Subida de divisão não é prioridade

“A primeira parte teve algum equilíbrio mas penso que o resultado era justo ao intervalo. Quando sofremos o golo de grande penalidade passámos uns dez a quinze minutos com alguns percalços e marcámos o segundo golo no melhor momento da Académica. A partir daí soubemos explorar os momentos de transição”, comentou o técnico caldense, José Vala.

Questionado se o Caldas é candidato a lutar pela subida, o treinador respondeu: “Podem falar nisso mas não é isso que nós queremos”.

José Vala sublinhou também que “ainda é muito cedo porque estamos na sexta jornada”, lembrando que “no ano passado fizemos uma primeira volta nos quatro primeiros, onde não conseguimos estar até ao final”. 

Contudo, apesar de não ser uma prioridade, o treinador reconheceu que “se continuarmos como estamos a jogar” será possível pensar noutros voos.

Na conferência de imprensa após o jogo, o técnico explicou que o grande trabalho feito antes do jogo com a Académica foi recuperar os atletas após a euforia da exibição frente ao Benfica. “Mais do que fisicamente, e fizemos quatro alterações, era necessário trazer os jogadores para a nossa realidade, porque a competição da Taça já passou”, manifestou.

Sobre as camisolas com o nome de Clemente, lembrou que após ter falhado a penalidade no encontro com o Benfica, o jogador foi “apelidado de ser adepto do Benfica”, pelo que houve necessidade de mostrar aos críticos que o clube não pensa assim e que acredita no amor do atleta pela camisola do Caldas.

6.ª jornada (série B)

Estádio Cidade de Coimbra

Árbitro: Tiago Neves

Árbitros assistentes: Aloísio Figueira e Norberto Calaça

4.º árbitro: João Santos

Académica: Bernardo Santos, Diogo Costa, Benny, David Caiado (cap.) (David Teles, 45´), Vasco Gomes (João Pais, 76´), Francisco Lopes (Pepo, 76´), Desmond Nketia (Diogo Ribeiro, 76´), Pedro Prazeres (Vasco Paciência, 66´), David Brás, Fábio Pala e Hugo Seco

Suplentes não utilizados: Nuno Hidalgo, João Tiago, Bernardo Ferreira e Rodrigo Guedes

Treinador: Miguel Valença

Disciplina: cartão amarelo para Desmond (29´)

Golo: David Teles, 47´

Caldas: Luís Lopes; Nuno Januário, Thomas Militão (cap.), André Sousa, Tiago Catarino, João Silva (Marcelo Marquês, 89´), João Rodrigues (Luís Farinha, 89´), André Perre (Henrique Henriques, 67´), Gonçalo Barreiras (Tuga, 75´), Leandro Borges e Diogo Clemente (Miguel Rebelo, 67´)

Suplentes não utilizados: Wilson Soares, André Simões, Chiquinho e Rafael Roque

Treinador: José Vala

Disciplina: cartão amarelo para Militão (62´), Diogo Clemente (65´) e Luís Farinha (92´)

Golos: João Silva, 35´, João Rodrigues, 55´, Henrique Henriques, 79´ e Tuga, 90+6´

Homem do jogo: João Rodrigues

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Feriado municipal celebrado com a população

Foi em frente ao Hospital Termal, no largo Rainha D. Leonor, que os dois principais representantes políticos do concelho, os presidentes da Assembleia e da Câmara Municipal, se dirigiram à população para evocar o Dia da Cidade e a sua fundadora.

15demaioHTermal3

Festas da Cidade com três concertos

Foram três noites com uma seleção musical muito eclética, da música clássica às cantigas em crioulo, que preencheram o programa das Festas da Cidade de 2024.

concerto1

ACCCRO inaugurou espaço de projeto “Aceleradoras Digitais”

A ACCCRO – Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste inaugurou no dia 14 de maio o seu novo espaço dedicado ao projeto “Acelerar 2030 – Para um Centro Mais Digital”, liderado pelo Conselho Empresarial do Centro e Câmara de Comércio e Indústria do Centro.

aceleradoraACCCRO