Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 22° C
15° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 27° C
  • Sunday 23° C
15° C
  • Friday 24° C
  • Saturday 30° C
  • Sunday 24° C

Caldense Edmundo Carvalho é o novo vice-presidente distrital do Chega

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Tomaram posse os novos órgãos distritais de Leiria do Partido Chega para o quadriénio 2022-2026, no passado dia 4, na sede do partido em Leiria, numa cerimónia presidida pelo presidente do Chega, André Ventura.
Tomada de posse da nova direção distrital do Chega com a presença de André Ventura

Tomaram posse os novos órgãos distritais de Leiria do Partido Chega para o quadriénio 2022-2026, no passado dia 4, na sede do partido em Leiria, numa cerimónia presidida pelo presidente do Chega, André Ventura.

O empresário Luís Paulo Fernandes, de Pedrogão Grande, volta assim a ocupar o cargo de líder do Chega no distrito de Leiria, lugar que ocupa desde 2019.

Os caldenses Edmundo Carvalho e Vasco Morgado, coordenador e subcoordenador da Concelhia das Caldas da Rainha, foram eleitos vice-presidente e adjunto da nova direção distrital.

Segundo Edmundo Carvalho, a direção sai “reforçada em competências e valências académicas e profissionais”. “Tem pessoas capazes de continuar o trabalho anterior, mas fazendo ainda melhor”, relatou, acrescentando que, contudo, é uma “equipa homogénea na humildade e vontade de trabalhar para dignificar o Chega e defender os valores e princípios que constam da sua matriz política e nos quais acreditamos”.

O vice-presidente diz que respeitam todos os “militantes e autarcas eleitos pelo Chega, trabalhando em conjunto e espírito de união, promovendo os valores e a coesão do Chega”. “Iremos apoiar e acompanhar as concelhias, ajudando-as na sua organização e crescimento, de modo a prepará-las para eleições a realizar no prazo máximo de um ano”, referiu.

A captação de novos militantes e simpatizantes é outra das prioridades.

O caldense diz que a direção está atenta e será “interventiva junto das empresas, organizações e instituições, autarquias e sociedade civil em geral, de modo a, em colaboração com o grupo parlamentar, poder ajudar a resolver os problemas e ultrapassar os obstáculos que afetam as empresas e os cidadãos do distrito”.

Edmundo Carvalho considera que Leiria é um distrito de enormes “potencialidades”. “Tem um tecido empresarial de excelência, com setores de atividade muito diversificados. Temos agricultura, pesca, indústria, comércio e turismo”, referiu, alegando, no entanto, que Leiria tem um problema de baixa produtividade, traduzido num rendimento médio de apenas 1073 euros, enquanto que a média nacional é 1206 euros. “Significa que no distrito o poder de compra é só 89% da média nacional”, apontou, defendendo uma análise profunda e tomar as “medidas necessárias de modo a corrigir e gerar mais riqueza”. “E o Chega quer participar nessa construção de melhores condições de vida para a população de todo o distrito”, afirmou.

O vice-presidente da direção distrital do Chega quer que o partido conquiste a confiança dos eleitores e seja a voz da direita em Portugal. “Só através do trabalho sério e competente das distritais e concelhias, apoiadas na base de militantes e simpatizantes, poderá atingir esse objetivo. E Leiria está cá para dar a sua contribuição”, salientou.

Além de André Ventura, estiveram presentes na sessão de tomada de posse, os deputados parlamentares Pedro Pinto, Diogo Pacheco de Amorim e Jorge Valsassina Galveias, este também como presidente da Mesa do Congresso e do Conselho Nacional, que presidiu à cerimónia.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

162 quilos de lixo recolhidos por voluntários na cidade

Uma ação de limpeza nas duas freguesias urbanas das Caldas da Rainha, na passada quarta-feira, durante três horas (das 14h30 às 17h30), contou com 89 voluntários, que recolheram162 quilos de lixo.

limpeza

Real Combo Lisbonense regressa ao CCC

No dia 28 de outubro, pelas 21h30, o CCC — Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha será palco do regresso do Real Combo Lisbonense à cidade.

joao paulo feliciano 2

Assembleia Municipal faz balanço de um ano de governação do Vamos Mudar

Na sessão da Assembleia Municipal de 27 de setembro, o membro do Movimento Vamos Mudar (VM), António Curado, fez um balanço “positivo” da atividade do VM, uma vez que no dia 26 de setembro fez um ano que a candidatura liderada por Vitor Marques venceu as eleições “para a Câmara Municipal e para a Assembleia Municipal (AM) e também para as duas juntas de freguesia da cidade”.

assembleia 1