Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 27° C
  • Sunday 22° C
14° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 27° C
  • Sunday 23° C
14° C
  • Friday 24° C
  • Saturday 30° C
  • Sunday 24° C

ESAD.CR comemorou 30 anos transformando-se por uma semana em centro cultural

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR) comemorou 30 anos de existência com exposições, oficinas, aulas abertas, concertos, performances, seminários, lançamento de livros e concertos, entre os dias 23 e 29 de maio.
Inauguração da exposição do ano, “O eu na vida de todos os dias”

A Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR) comemorou 30 anos de existência com exposições, oficinas, aulas abertas, concertos, performances, seminários, lançamento de livros e concertos, entre os dias 23 e 29 de maio.

esadcr 2
Inauguração do cubículo desenvolvido por Fernando Brízio

A pandemia de Covid-19 adiou a celebração de três décadas de atividades e projetos da ESAD.CR. Mas agora que não há restrições a escola decidiu assinalar “30 anos de um processo educativo que tem formado milhares de alunos e que é uma referência a nível nacional e internacional”.

No dia 25 de maio foi inaugurada a exposição do ano, “O eu na vida de todos os dias”, com a presença de centenas de alunos, professores e convidados, que receberam uma explicação sobre todos os cursos da ESAD.CR.

Tratou-se de uma mostra coletiva de todos os estudantes finalistas dos cursos de licenciatura e mestrado da ESAD.CR. A exposição espalhou-se por diversos espaços públicos e não públicos, interiores e exteriores, do edifício principal da escola. A escola transformou-se por uma semana em ateliê e centro cultural, revelando o trabalho de 330 estudantes.

O diretor da ESAD.CR, João dos Santos, sublinhou que “era necessário este evento, tínhamos que abrir a escola toda porque foram dois anos muito cansativos de ansiedade e dificuldade para todos devido à pandemia”, apontando que “era altura de fazer uma grande festa para celebrar a escola”.

A exposição é um projeto organizado pelos alunos do curso de Licenciatura em Programação e Produção Cultural, em articulação com todos os outros cursos da escola. Carla Cardoso e Lígia Afonso, docentes do 2º ano deste curso, destacaram o papel dos alunos, que abraçaram este projeto “como um exercício”. “No fundo coordenamos uma equipa também de comissários de cada um dos cursos de professores e de subcomissários que eram alunos, que acabaram por decidir de que forma iriam fazer esta exposição”, explicaram as professoras, acrescentando que há muitas diferentes formas de apresentar as obras, objetos e ideias.

esadcr 3
ESAD.CR comemorou 30 anos de criatividade

Afonso Soeiro, de Ferreira do Zêzere, aluno do 2º ano do curso de Programação e Produção Cultural, que fez parte da curadoria da exposição, disse ao JORNAL DAS CALDAS que foi um trabalho “árduo”, que considera “um grande sucesso”. “Em vez de estar um grupo geral a fazer tudo, dividimos para ser mais prático e ir ao encontro das necessidades de cada curso”, explicou, acrescentando que foi um trabalho de equipa.

O estudante afirmou que gosta muito da área e que no futuro quer mesmo trabalhar na “organização de eventos”.

Já Tatiana Lucena, de Cascais, também aluna deste curso e que teve um papel importante na organização da mostra, reconheceu a “dificuldade” e, em “simultâneo”, o “entusiasmo”. É para esta aluna uma “boa experiência” e vai ser um “bom exemplo para o meu futuro porque quero trabalhar nesta área”, declarou, destacando a união da turma e de todos os colegas, tendo criado um grupo no WhatsApp para facilitar a comunicação. 

No âmbito da comemoração do aniversário da ESAD.CR foi ainda inaugurado neste dia o cubículo desenvolvido pelo designer e professor Fernando Brízio. Foi um projeto encomendado há quatro anos pelo curso de Programação e Produção Cultural, que precisava de um espaço de experimentação para performances e instalações específicas. O cubículo, que foi inaugurado com uma performance especial, está suspenso, sem nenhum elemento de fixação de pregos ao edifício, que é classificado.

Coube aos alunos Afonso Calixto e Afonso Prata, do 3º ano do curso de Design Gráfico, fazerem o design gráfico da semana temática dos 30 anos da escola, criando os cartazes, sinalética, entre outros. “Foi-nos pedido algo que representasse bem a nossa escola num aspeto arrojado, mais deconstrutivo, e explorámos o processo criativo e evolutivo do aluno de uma escola de artes”, explicou. Foi, segundo o estudante, uma abordagem que “dividiu a opinião, e eu adoro ver pessoas que não gostam e outras que adoram”.

Decorreram ainda a “Feira de Autor” e workshops sobre porcelana e eco-ourivesaria, cartografia coletiva e realidade virtual, bem como uma oficina de voz de teatro radiofónico.

Destaque para o projeto de identidade “Cozinhas Experimentais”, que resultou de uma parceria entre os alunos do 2º ano dos cursos de Design de Ambientes e Design Gráfico e Multimédia. Foi um projeto de identidade gráfica para estruturas dedicadas à confeção de uma receita culinária específica, no âmbito da unidade curricular de Projeto de Design de Ambientes III.

A escola esteve de porta aberta à comunidade até 29 de maio e presente esteve também o presidente do Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa.

esadcr 4
Projeto de identidade “Cozinhas Experimentais”
(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

162 quilos de lixo recolhidos por voluntários na cidade

Uma ação de limpeza nas duas freguesias urbanas das Caldas da Rainha, na passada quarta-feira, durante três horas (das 14h30 às 17h30), contou com 89 voluntários, que recolheram162 quilos de lixo.

limpeza

Real Combo Lisbonense regressa ao CCC

No dia 28 de outubro, pelas 21h30, o CCC — Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha será palco do regresso do Real Combo Lisbonense à cidade.

joao paulo feliciano 2

Assembleia Municipal faz balanço de um ano de governação do Vamos Mudar

Na sessão da Assembleia Municipal de 27 de setembro, o membro do Movimento Vamos Mudar (VM), António Curado, fez um balanço “positivo” da atividade do VM, uma vez que no dia 26 de setembro fez um ano que a candidatura liderada por Vitor Marques venceu as eleições “para a Câmara Municipal e para a Assembleia Municipal (AM) e também para as duas juntas de freguesia da cidade”.

assembleia 1