Q

Previsão do tempo

19° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 27° C
20° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 28° C
19° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 30° C

Ideias de negócio de alunos incentivam Câmara a introduzir empreendedorismo na carta educativa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Doze projetos foram premiados no passado dia 21 na gala de entrega de prémios do Concurso de Empreendedorismo nas Escolas - Caldas da Rainha, que decorreu no CCC.

Doze projetos foram premiados no passado dia 21 na gala de entrega de prémios do Concurso de Empreendedorismo nas Escolas – Caldas da Rainha, que decorreu no CCC.

Este evento marcou a 15ª edição da promoção do empreendedorismo nas escolas pelo Município de Caldas da Rainha e pela AIRO (Associação Empresarial da Região Oeste), iniciada em 2007.

concurso 2
EB de Santa Catarina reconhecida pelo maior número de projetos apresentados

Concorreram 65 ideias de negócio e projetos pelos estudantes de 11 estabelecimentos de ensino, do 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário, nas Caldas da Rainha. Na cerimónia de entrega de prémios foram apresentados 12 projetos dos alunos finalistas.

Para além disso, centenas de estudantes participaram nas sessões de estímulo ao empreendedorismo como oficinas e visitas a empresas promovidas na semana de 2 a 6 de maio, no âmbito da semana do empreendedorismo promovida pela OesteCIM, também com o apoio da AIRO.

Apesar das contrariedades provocadas pela pandemia as entidades organizadoras decidiram conjuntamente com as escolas manter a iniciativa, tendo ao longo do ano sido realizadas diversas atividades online e presenciais junto dos alunos.

Jorge Barosa, presidente da AIRO, recordou que mesmo com a pandemia nunca deixaram de realizar o concurso, só que decorreu no formato online, verificando-se um decréscimo de participantes em relação a 2019, onde chegaram à final cerca de 100 projetos.

“A retoma não é imediata, vamos no próximo ano letivo motivar mais os docentes e alunos e dar um novo alento a esta iniciativa”, salientou Jorge Barosa, acrescentando que “é um dos concursos de empreendedorismo com maior longevidade a nível nacional e queremos que volte a ser um evento com mais participação”.

Destacou ainda o papel fundamental das escolas para o desenvolvimento da região e daí a AIRO desde a sua criação ter tido um dos seus pilares assentes na educação e formação, vendo o “empreendedorismo algo que a AIRO trabalha desde sempre como uma base para o sistema de ensino atual, sendo fundamental o mesmo estar nas cartas educativas municipais e programas curriculares de todas as escolas”.

A gala de entrega de prémios iniciou com a vereadora responsável pela educação, Conceição Henriques, que falou para os jovens referindo que “tudo o que aprenderem na escola e fora dela que desenvolva o vosso empreendedorismo será uma ferramenta que vos diferenciará decisivamente, seja no mundo dos negócios como empresários ou gestores, seja enquanto trabalhadores do mercado de iniciativa privada, ou enquanto funcionários públicos”.

Ciente de que a pandemia afetou o concurso de empreendedorismo, considera digno de nota “que as escolas tenham feitos esforços no sentido de manter a iniciativa”.

“O desenvolvimento do empreendedorismo merece que haja um esforço adicional, mesmo em situações excecionais como têm sido os últimos anos”, afirmou. Por essa razão expressou aqui o “desejo de aprofundar esta dimensão da formação dos jovens”, revelando que a autarquia está preparada “para revisitar o concurso de empreendedorismo nas escolas e alargar o seu escopo, num programa que integre outra valência”.

Para esse fim, deixou um repto aos interlocutores diretos para um “almoço de trabalho, antes ainda do final do ano letivo, para uma avaliação do trabalho desenvolvido e o lançamento de bases para uma reestruturação do trabalho futuro”.

O vice-presidente da câmara das Caldas, Joaquim Beato, encerrou a iniciativa, sublinhando que “somos empreendedores em cada circunstância”, querendo mais envolvência das escolas porque “estas sementes são importantes para o pensamento futuro”. Revelou que o Município pretende introduzir empreendedorismo na carta educativa, 

O evento contou ainda com atividades de animação com Duarte Dias com música de autor, dança por Martim Codinha, do 10º ano do Colégio Rainha D. Leonor, momento de poesia com interpretação de António Maia Pardal, do 12º Ano da Escola Rafael Bordalo Pinheiro, momento musical “Cantar em Alemão” de um grupo de alunos da Escola Raul Proença e dança pela Risa Dance School.

 Resultados do concurso

Do 1º ciclo ficou em 1º lugar a ideia de negócio “Relvbot”, da Escola Básica de Santa Catarina, da autoria de Inês da Silva e Miguel Lourenço. Trata-se de um projeto de um robô que corta, arranja e trata a relva do jardim. Tem ainda dois recipientes, um com água para regar e outro para a relva cortada. 

Em 2º lugar do 1º ciclo ficou o projeto Armário Deslizante – Escola de Santa Catarina e em 3º “Mug Master”, da mesma escola.

Do 2º ciclo, ganhou o projeto “Trash”, de Diana Alves (a empreendedora acumulou o 1º lugar em Caldas da Rainha e na final regional do Oeste), da Escola de Santa Catarina. Trata-se de um robô barco que tem um sensor para detetar os lixos aquáticos, não afetando os seres vivos. O robô é comandado por um comando por um controlo remoto através de via rádio ou GPS. À medida que o robô vai recolhendo o lixo e enchendo o seu depósito, será comandado para libertar o lixo em depósitos distribuídos pela empresa e que se situam junto das margens dos rios e lagoas.

Em 2º lugar ficou a ideia de negócio “Lyfon X”, da Escola de Santa Catarina, e em 3º “Vision”, da mesma escola. 

Do 3º ciclo, recebeu a principal distinção a ideia “Riscos e Rabiscos”, de Catalin Botea, Salvador Casimiro e Santiago Maceno, alunos do Agrupamento de Escolas D. João II. O projeto consiste na criação de uma linha de cadernos decorados com fotos das pichagens feitas nas paredes, muros e mobiliário urbano das cidades.

No 2º lugar ficou a ideia “Compotas dos Irmãos”, do Agrupamento de Escolas D. João II. O 3º lugar não foi atribuído. 

Do secundário ficou em 1º lugar o projeto “Waterflush”, de Maria Branco (a empreendedora acumulou o primeiro lugar em Caldas da Rainha e na final regional do Oeste), da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro. A empresa tem como principal objetivo comercializar serviços técnicos que permitam desenvolver e implantar circuitos de saneamento doméstico em edificado já existente e a construir que aproveitem integralmente as águas provenientes dos duches, banhos e lavatórios (águas limpas) para abastecimento hidráulico dos sistemas de autoclismo existentes nas instalações sanitárias (águas sujas).

Alcançou o 2º prémio o projeto “Lagoa”, da Escola Secundária Raúl Proença, e em 3º a ideia de negócio “Óleo do Cenfim” (3º lugar na final regional do Oeste).

Houve um 4º lugar para “Espaço Virtual”, da ETEO – Escola Técnica Empresarial do Oeste, e 5º para “Focus“ (2º lugar na final regional do Oeste), da EHTO – Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste.

Pelo maior número de projetos e ideias apresentados foi atribuído à Escola Básica de Santa Catarina o prémio de escola mais empreendedora, pela inovação e criatividade das ideias a concurso o prémio de escola mais criativa à EHTO, e ainda uma menção honrosa ao Colégio Rainha D. Leonor pela valorização do trabalho desenvolvido.

A professora Susana Silva foi ainda reconhecida, tendo recebido uma menção de distinção pelo seu empreendedorismo e manutenção do espírito empreendedor junto dos alunos em Santa Catarina. Em declarações ao JORNAL DAS CALDAS disse que “o empreendedorismo é um bichinho que tenho” e que “ando sempre atrás dos alunos para participarem e serem mais ativos” e depois dá todo o apoio necessário para desenvolverem os projetos.

Houve ainda um agradecimento e reconhecimento à ETEO pelo seu apoio à organização do evento.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Festival das Adiafas nos Vidais

Música, gastronomia, fogo de artifício, showcooking, demonstrações de alfaias e equipamentos agrícolas no terreno, palestras sobre agricultura, artesanato, aula de zumba, missa campal, bênção de colheitas, passeio de tratores e bênção dos mesmos, fizeram parte da primeira edição do Festival das Adiafas Vidais'2022, um novo evento nesta localidade do concelho das Caldas da Rainha.

vidais3

Dia Internacional do Idoso festejado na Misericórdia

A mesa administrativa da Santa Casa da Misericórdia das Caldas da Rainha celebrou no passado sábado o Dia Internacional do Idoso com uma missa e lanche-convívio no edifício sede da instituição, com a participação de utentes e familiares, e animado pelos Cavaquinhos das Gaeiras.

santa1

Grupo Académico da ESAD.CR dinamiza evento solidário

“#CALDASSempreLimpa” é uma iniciativa cívica que “pretende sensibilizar a população para a importância da limpeza urbana e de como esta reside não apenas no ofício da recolha do lixo, mas acima de tudo no exemplo que podemos dar aos outros”, descreve o Grupo...