Q

Previsão do tempo

17° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
18° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
18° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 25° C

Curso pioneiro de turismo literário teve 36 alunos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
36 alunos acreditaram na riqueza e potencialidades do turismo literário e tornaram-se pioneiros ao frequentarem a primeira edição de um curso dedicado a esta temática organizado pela Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO) ao longo de três meses.
Alunos mostraram os diplomas de conclusão do curso

36 alunos acreditaram na riqueza e potencialidades do turismo literário e tornaram-se pioneiros ao frequentarem a primeira edição de um curso dedicado a esta temática organizado pela Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO) ao longo de três meses.

A sessão de entrega dos diplomas pela conclusão do curso aconteceu na passada quinta-feira, no restaurante pedagógico da EHTO, durante um jantar literário, marcado por apontamentos de “Os Maias”, de Eça de Queiroz.

No evento, para além de alguns alunos, estiveram o presidente da Câmara Municipal de Óbidos, Filipe Daniel, e a vereadora da cultura, Margarida Reis, tendo em conta a ligação do curso à Vila Literária certificada pela UNESCO desde 2015. Caldas da Rainha, cidade das artes, esteve representada pela vereadora da cultura, Conceição Henriques, e pela chefe de gabinete da Câmara, Sara Oliveira.

A diretora da Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril, Regina Madruga, foi outra das convidadas.

O jantar preparado e servido pelos alunos da EHTO fez o presidente da Câmara de Óbidos comentar que que “a ligação entre a literatura e a gastronomia casa muito bem”, sublinhando também a “estratégia diferenciadora de Óbidos” ao apostar na vertente literária.

A vereadora da cultura da Câmara das Caldas considerou ter sido um “jantar extraordinário”, fazendo uma associação da “arte de cozinhar com a literatura”, que permitiu “cruzar sentidos, numa relação artística”.

Daniel Pinto, diretor da EHTO, explicou que o curso “surgiu na sequência de um repto lançado pelo Turismo de Portugal às suas escolas no sentido de ser preparada uma oferta formativa especializada nesta área e logo a EHTO disse que tinha ser no Oeste devido à vertente cultural de Óbidos, estando agora outras escolas interessadas”.

A iniciativa insere-se no Programa de Ação para o Turismo Literário, que pretende contribuir para colocar o país no mapa dos destinos literários. Pretende-se valorizar e qualificar a oferta turística neste domínio nas suas diferentes vertentes, capacitar os profissionais de turismo neste segmento e afirmar os territórios e a sua riqueza natural, histórica e cultural, associando-os a escritores e obras literárias de referência, enaltecendo a língua portuguesa.

O reconhecimento de Óbidos pela UNESCO como Vila Literária, bem como, toda a estratégia do município de Óbidos à volta da literatura, como é exemplo o FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos, foram fatores determinantes para a escolha do Turismo de Portugal em realizar na EHTO a primeira edição do Curso de Turismo Literário.

Aliás, a primeira edição foi apresentada no FOLIO pela secretária de estado do Turismo, Rita Marques, que salientou que “tendo em conta o potencial de desenvolvimento do turismo literário em Portugal, prevê-se um impacto direto no reforço da coesão territorial, na promoção do turismo ao longo de todo o ano e no desenvolvimento de novos motivos de visita que proporcionem experiências inovadoras”.

Foi assim que a EHTO se tornou pioneira, atraindo a atenção de alunos com variadas profissões, relacionadas com o setor do turismo e da cultura, que pretenderam apreender conhecimentos para aprofundar o turismo cultural e desenvolver nas respetivas atividades.

Por exemplo, havia uma profissional de turismo com mais de vinte anos de carreira e que relatou que ainda não tinha tido uma experiência como esta proporcionada pelo curso. A proprietária de uma casa de turismo rural contou que pretendia desenvolver produtos de turismo literário.

O curso, orientado pela professora Marta Marques, decorreu entre 23 de novembro do ano passado e 24 de fevereiro deste ano, no total de sessenta horas, e incluiu módulos sobre literatura portuguesa e de viagens, oferta turística e marketing em turismo literário, storytelling, turismo literário cinematográfico, e produção e gestão de projetos. O formato de sessões online permitiu ter alunos de vários pontos do país.

A EHTO pretende realizar a segunda edição do curso ainda este ano.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Suspeito de esfaqueamento detido pela Judiciária

Um homem de 24 anos que tentou matar outro com uma faca, no ano passado em Rio Maior, foi detido no dia 24 de maio pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária em Ferrel, no concelho de Peniche.

pj

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

almeida 3