Q

Previsão do tempo

15° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 19° C
15° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 19° C
15° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 24° C
  • Saturday 20° C

Caldas Rugby Clube mantém invencibilidade

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Em jogo da 3ª jornada do campeonato nacional - Fase Apuramento Zona Sul, o Caldas Rugby Clube deslocou-se ao sintético do GD Direito, em Monsanto, para defrontar o ER Galiza, com bastante público afeto às duas equipas.
Equipa caldense

Em jogo da 3ª jornada do campeonato nacional – Fase Apuramento Zona Sul, o Caldas Rugby Clube deslocou-se ao sintético do GD Direito, em Monsanto, para defrontar o ER Galiza, com bastante público afeto às duas equipas.

Aos 4 minutos, uma penalidade jogada rapidamente à mão pelo médio de formação Tommy Lamboglia, a impor um ritmo elevado, foi bem aproveitada pelo pilar Gio Turabelidze que entrou com tudo e concretizou o toque de meta. Pontapé de transformação difícil e Carlos Prieto, a chutar aos postes, não foi feliz. Resultado em 0-5.

Reagiram os da Galiza e aproveitaram dois ensejos de tentar o pontapé aos postes, aos 10 minutos e 13 minutos. Ambas as tentativas bem concretizadas pelo “arrier” Francisco Afonso, colocando os visitados na frente do marcador por 6-5.

Avisados, os caldenses voltaram a impor-se na formação ordenada e uma conquista resultou num ensaio de Diogo Vasconcelos, após uma circulação rápida da oval, aos 16 minutos. Carlos Prieto não transformou, de novo, um pontapé difícil. Placard em 6-10.

O Caldas acelerou e aos 19 minutos marcou pela terceira vez. Jogada de compêndio de Tommy Lamboglia, desde os seus 22 metros, pontapé a seguir, receção em corrida e endosso magnífico para Diogo Vasconcelos, que acompanhou e concretizou entre os postes. Carlos Prieto não teve dificuldades na transformação. Marcador em 6-17 e o vencedor parecia encontrado.

Aos 35 minutos uma sucessão de faltas foi penalizada pela arbitragem com o ensaio de penalidade, passando o resultado para 6-24.

Aos 57 minutos uma conquista no alinhamento foi prosseguida com um moule e a oval foi aberta para Cristóvão Monteiro, que concretizou. Carlos Prieto não conseguiu transformar e o placard ficou em 6-29.

Aos 70 minutos, o recém-entrado pilar Lasha Bzhalava arrancou para mais um ensaio. A tentativa de transformação por Tomás Melo não resultou e o jogo acabaria em 6-34. A equipa pelicana venceu mais uma vez com ponto bónus ofensivo e de novo sem conceder qualquer ensaio ao seu adversário.

O troféu de MVP da partida foi atribuído a Tommy Lamboglia.

O Caldas RC alinhou com Agustin Capoccetti, Bruno Martins, Caetano Perez, Carlos Prieto (1T), Cristiano Manuel, Cristóvão Monteiro (1E), David Esteves, Diogo Vasconcelos (2E), Dorin Plameadala, Filipe Nobre, Giorgi Turabelidze (1E), Gonçalo Sampaio, Gonçalo Silva, Gustavo Moura, José Contreras, Lasha Bzhalava (1E), Luis Gaspar, Manuel Carriço, Ricardo Correia, Ricardo Marques (cap.), Rui Santos, Tomás Lamboglia, Tomas Melo.

Treinador: Patrício Lamboglia; Diretor de Equipa: António Ferreira Marques; Fisioterapeuta: José M. Monteiro (Physioclem). O campeonato sofre agora uma pausa de duas semanas. No dia 6 de novembro, o Caldas RC recebe no seu campo o RC Setúbal para a 2ª eliminatória da Taça de Portugal.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

José Vala renova com o Caldas

O mister José Vala renovou para a sua nona temporada a comandar a equipa técnica do Caldas Sport Clube.

vala

João Almeida corre na Suíça

O ciclista caldense João Almeida está a correr a Volta à Suíça, tendo na 1ª etapa ficado em 4º lugar, seguindo-se a 45ª e 24ª posições nas etapas seguintes da prova, e repetindo o 4º lugar na 4ª etapa, que lhe conferem o 2º lugar da geral nesta quarta-feira, 12 de junho.

almeida