Q

Previsão do tempo

17° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 23° C
17° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
16° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 28° C
  • Sunday 25° C

Bombeiros celebraram 126 anos com condecorações, homenagens e novo veículo

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha celebrou no passado domingo o seu 126º aniversário, tendo como momentos altos da festa a apresentação do novo veículo de transporte de doentes, a entrega de medalhas de assiduidade, a passagem de um bombeiro ao quadro de honra e homenagem uma funcionária que se aposentou.
Homenagem a João Plácido e a Eugénia Francisco

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha celebrou no passado domingo o seu 126º aniversário, tendo como momentos altos da festa a apresentação do novo veículo de transporte de doentes, a entrega de medalhas de assiduidade, a passagem de um bombeiro ao quadro de honra e homenagem uma funcionária que se aposentou.

Foi tempo de lembrar o passado, nomeadamente recordando os fundadores da associação e os que ao longo dos anos a mantiveram em atividade e participaram no seu crescimento, e numa abordagem aos tempos mais recentes o comandante da corporação, Nelson Cruz, declarou que 2021 “foi um ano em que apesar da terrível pandemia e das suas nefastas consequências ao nível económico, continuámos com o ambicioso projeto de requalificar e melhorar as condições operacionais”.

“Remodelámos dois veículos florestais, um veículo totalmente encarroçado de novo, reparámos e modernizámos o nosso desencarceramento, restaurámos a sala de formação e criámos mais uma camarata masculina”, relatou.

“Foi o ano que adquirimos mais um veículo dedicado ao transporte de doentes não urgentes, que aqui apresentamos”, prosseguiu Nelson Cruz, agradecendo à Câmara Municipal das Caldas da Rainha pela comparticipação em todas as requalificações e também na aquisição desta nova viatura, que custou perto de 39 mil euros, investimento suportado em 50% pela autarquia e a restante metade pela empresa DP Soluções e pela associação humanitária.

Paulo Ferreira e Dinon Silva, da empresa DP Soluções, “aceitaram ser os patronos” deste veículo, ato que ficou assinalado numa placa descerrada na viatura. Diverso equipamento informático já tem sido oferecido à associação pela empresa.

O comandante deixou uma palavra de “muito apreço” à funcionária operacional durante 39 anos que se aposentou. Eugénia Francisco (“Gena”) teve “um coração de bombeira, com uma disponibilidade de voluntária”, manifestou Nelson Cruz.

Outra homenagem foi prestada a João Plácido, bombeiro que depois de 37 anos de serviço passou a integrar o quadro de honra. “Esta passagem não é uma despedida, é o culminar de uma carreira exemplar”, disse o comandante, que terminou elogiando o trabalho dos soldados da paz da corporação em tempos de pandemia. “Foi notável a vossa entrega, socorreram e transportaram centenas de pessoas positivas com Covid-19”, referiu.

“Os anjos da guarda estão aqui”

O vice-presidente da assembleia geral da associação humanitária, Vasco Batista, sustentou que a mesma “tem evoluído na qualidade e em estabilidade”. Luís Botelho, presidente da direção, agradeceu aos bombeiros “pelo desempenho e abnegação que têm desempenhado as funções”.

Adelino Gomes, representante da Liga dos Bombeiros Portugueses, destacou que a população “pode dormir descansada porque os anjos da guarda estão aqui”.

Lalanda Ribeiro, presidente da Assembleia Municipal, afirmou que “estamos habituados a que o corpo de bombeiros das Caldas mantenha um patamar alto de profissionalismo, embora voluntários”.

“Respeitamos e reconhecemos esta instituição”, disse Tinta Ferreira, presidente da Câmara Municipal, salientando que o monumento ao bombeiro que está a ser preparado para ser instalado numa rotunda na cidade se deve ao facto “do percurso dos bombeiros merecer ser reconhecido”.

Condecorações

Foram atribuídas medalhas de assiduidade grau cobre (cinco anos de serviço) aos bombeiros de 3ª Natália Teodósio, Joana Duarte, Tiago Mendes, João Lourenço, André Jacinto, Rui Alves e Marcelo Santos.

Com grau prata (dez anos de serviço) foram agraciados os bombeiros de 2ª Cláudio Ventura e Telmo Jacinto, e a bombeira de 3ª Tânia Soares.

O grau ouro (quinze anos) foi entregue aos bombeiros de 2ª Ernesto Marques, Hugo Almeida, Daniel Ventura, Ricardo Neves, Sónia Henriques, Marcelo Santos, Ruben Castanheira e Abílio Nazaré, e aos bombeiros de 3ª Daniel Pereira e Nuno Albano.

A medalha de assiduidade grau ouro (20 anos – 2 estrelas) foi atribuída à adjunta do comando Bruna Simões e ao bombeiro de 2ª João Cabral, enquanto que o grau ouro dedicação (25 anos – 3 estrelas) agraciou os bombeiros de 1ª António Soares e Nuno Maria, os bombeiros de 2ª José Almeida, Pedro Matos, Pedro Santos, Eusébio Carvalho e José Monteiro, e o bombeiros de 3ª João Palmeirão.

A medalha de altruísmo grau ouro (30 anos) distinguiu o sub-chefe João Silva, os bombeiros de 1ª Pedro Marques e Emanuel Simões, o bombeiro de 2ª Carlos Tomé e o bombeiro de 3ª José Faustino.

Pela passagem ao quadro de honra, o bombeiro de 2ª João Plácido foi promovido à categoria de bombeiro de 1ª, para além de lhe ter sido atribuída a medalha do quadro de honra da Liga dos Bombeiros Portugueses.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Suspeito de esfaqueamento detido pela Judiciária

Um homem de 24 anos que tentou matar outro com uma faca, no ano passado em Rio Maior, foi detido no dia 24 de maio pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária em Ferrel, no concelho de Peniche.

pj

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

almeida 3