Q

Previsão do tempo

27° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 22° C
27° C
  • Wednesday 26° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 23° C
27° C
  • Wednesday 29° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 24° C

Tinta Ferreira acredita que o PSD continua com muita força nas Caldas

21 de Setembro, 2021
No meio de uma arruada pela cidade, Tinta Ferreira reforçou que o PSD “continua com muita força no concelho e cresceu com mais militantes a aderirem”.
Arruada da candidatura do PSD “Caldas Primeiro”

No meio de uma arruada pela cidade, Tinta Ferreira reforçou que o PSD “continua com muita força no concelho e cresceu com mais militantes a aderirem”.

Eram muitas as bandeiras e pessoas com t-shirts da candidatura “Caldas Primeiro” em tons laranja com os candidatos à Câmara, Assembleia Municipal e Juntas de Freguesia a liderar a comitiva.

Perto do mercado do peixe e depois de percorrida a Praça da Fruta e várias ruas da cidade, o candidato do PSD à Câmara descreveu que “estamos todos unidos com alegria e simpatia a fazer coisas em prol da nossa sociedade”. “Temos muitos jovens aqui com ideias e que acreditam no nosso projeto”, adiantou.

“É um momento de avaliação e as pessoas concluem que temos feito um bom trabalho e sinto que estão com vontade de dar continuidade a esse mesmo empenho”, afirmou Tinta Ferreira, depois do contacto com as pessoas durante a arruada.

No entanto, reconheceu que “o trabalho não está acabado e ainda falta fazer várias coisas”.

“Continuaremos com os nossos projetos e dedicação e é este comportamento que vai continuar a dar frutos, porque as pessoas já conhecem a nossa capacidade de trabalho”, referiu.

O candidato recordou que “há muita gente nova e listas renovadas nas freguesias, permitindo a envolvência de um conjunto de pessoas que não nos acompanhava e que agora está a engrossar as nossas fileiras”. 

Quanto ao jantar de campanha que iria organizar na Expoeste Tinta Ferreira disse que foi cancelado devido a terem verificado que tinham “seguramente mais de mil inscrições e isso teria como consequência um efeito contrário, que era as pessoas acharem que nós não estávamos a ter um comportamento adequado em contexto de pandemia”. “Do ponto de vista de organização era possível porque teríamos testes à Covid-19 mas nós sabemos como são os jantares, as pessoas levantam-se e cumprimentam-se e em mil pessoas podíamos ter um ativo e que poderia originar um efeito negativo na avaliação que as pessoas fizessem do nosso registo de campanha”, explicou.

Tinta Ferreira disse que vão terminar a campanha na sexta-feira com a tradicional caravana em festa pelo concelho.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Praxe solidária vai vender mil exemplares do JORNAL DAS CALDAS

No dia 20 de outubro voltará à vida uma nova edição da praxe solidária na cidade caldense. Organizada pelo Grupo Académico das Caldas da Rainha, vai consistir na venda de jornais à população, realizada a pé pelos alunos da Escola Superior de Artes e Design, novos e antigos, sendo que o valor vai reverter para uma associação sem fins lucrativos local.

praxe

“Caldas Levanta-te”

No dia 23 de outubro todas as paróquias da Diocese de Lisboa irão dar a conhecer à sua comunidade juvenil paroquial a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de Lisboa em 2023. Assim, também a paróquia de Caldas da Rainha está a preparar um encontro para este dia, com o projeto Say Yes, intitulado “Caldas Levanta-te".

“Tradições da Vila” recriou costumes antigos ligados à vida rural

No passado sábado, a cidade das Caldas da Rainha voltou a ser palco de um conjunto de recriações históricas e de vivências do final do séc. XIX e princípio do séc. XX, depois de um ano de interregno devido à pandemia de Covid-19. Nesta 5ª edição do projeto “Retrato - Tradições da Vila”, que juntou cerca de 140 elementos dos grupos etnográficos e folclóricos e não só, houve um desfile que retratou com rigor o quotidiano, as tradições, os trabalhos e ofícios de outros tempos, por vários pontos da cidade. Entre folclore, fandangos e teatro de rua houve ainda quem recordasse a antiga tradição popular das “pulhas” na Rua das Montras.

tradicoes1